Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL
CIÊNCIAS VETERINÁRIAS (42001013030P5)
Comparação da esplenectomia laparoscópica usando pneumoperitônio e técnica de elevação da parede abdominal (lift laparoscopy) em cadáveres de gatos
GABRIELA FRIEDRICH LOBO D AVILA
DISSERTAÇÃO
23/03/2018

A esplenectomia laparoscópica, na medicina, foi introduzida em 1992. Desde então, diversos estudos tem demonstrado que a esplenectomia laparoscópica leva a menor tempo de hospitalização, menor perda sanguínea e recuperação mais rápida quando comparada a esplenectomia convencional. A laparoscopia convencional é realizada através do pneumoperitônio adquirido por meio do CO2, o que aumenta a pressão intra-abdominal (PIA) e pode causar complicações cardiorrespiratórias. Em humanos, estas alterações foram reduzidas ou eliminadas com a laparoscopia com elevação da parede abdominal (gasless ou lift laparoscopy). Os felinos apresentam uma parede abdominal delgada e maleável, podendo esta espécie ser favorecida pela técnica de elevação da parede abdominal. O presente estudo teve como objetivo comparar a técnica cirúrgica de esplenectomia laparoscópica convencional com a mesma cirurgia utilizando o dispositivo de elevação da parede abdominal (gancho) em cadáveres de gatos, avaliando o tempo cirúrgico, curva de aprendizado e espaço de trabalho. Foram utilizados 40 cadáveres de gatos, distribuídos em dois grupos (G1 – pneumoperitônio, G2 – elevação da parede abdominal) e realizada a técnica de esplenectomia laparoscópica com três portais. Na análise dos tempos cirúrgicos não foram encontradas diferenças significativas entre os dois grupos, mas a esplenectomia com elevação da parede abdominal mostrou menor espaço de trabalho. Em relação a curva de aprendizado, em ambos os grupos observou-se tempo cirúrgico total decrescente. O estudo demonstrou que a esplenectomia laparoscópica com três portais com elevação da parede abdominal é factível em cadáveres de gatos, apresentando tempo cirúrgico semelhante ao mesmo procedimento com o uso do neumoperitônio.

baço;videocirurgia;felinos
In medicine, laparoscopic splenectomy was introduced in 1992. Since then, several studies have demonstrated that laparoscopic splenectomy leads to shorter hospitalization time, lower blood loss and faster recovery when compared to conventional splenectomy. Conventional laparoscopy is performed through the pneumoperitoneum acquired through CO2, this technique increases the intra-abdominal pressure (IAP), which can cause cardiorespiratory complications. In humans, these changes have been reduced or eliminated with gasless or lift laparoscopy. The felines present a thin and malleable abdominal wall and can be favored by lift laparoscopy. The present study aimed to compare the surgical technique of conventional laparoscopic splenectomy with the same surgery using lift laparoscopy in cat cadavers, evaluating surgical time, learning curve and working space. A total of 40 cat cadavers were used, distributed in two groups (G1 - pneumoperitoneum, G2 – lift laparoscopy) and laparoscopic splenectomy with three portals was performed. In the analysis of surgical times, no significant differences were found between the two groups, but splenectomy with lift laparoscopy showed a smaller working space. In relation to the learning curve, in both groups, a total decreasing surgical time was observed. The study demonstrated that laparoscopic splenectomy with three portals with lift laparoscopy is feasible in cat cadavers, presenting similar surgical time with the same procedure using pneumoperitoneum.
spleen;videosurgery;feline
1
51
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

MORFOLOGIA, CLÍNICA, CIRURGIA E REPRODUÇÃO ANIMAL
ANATOMIA ANIMAL, CIRURGIA E FARMACOLOGIA
APLICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA CIRURGIA MINIMAMENTE INVASIVA NA MEDICINA VETERINÁRIA

Banca Examinadora

CARLOS AFONSO DE CASTRO BECK
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
MARCELO MELLER ALIEVI Docente - PERMANENTE
FABIANA SCHIOCHET Participante Externo
ALINE SILVA GOUVEA Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 24

Vínculo

CLT
Empresa Privada
Profissional Autônomo
Sim