Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
ESTUDOS ÉTNICOS E AFRICANOS (28001010048P5)
"Trabalhar é tá na luta": vida, morada e movimento entre o povo da luna, Chapada Diamantina
ITAMAR RANGEL VIEIRA JUNIOR
TESE
29/05/2017

Esta tese trata do processo de regularização do território da comunidade quilombola de Iuna, situada em Lençóis, Chapada Diamantina, Bahia, Brasil. A partir do trabalho que desenvolvi enquanto servidor público do INCRA, apresento o território onde o povo da Iuna vive e resiste: o mundo-tempo, uma teia de tramas onde se desenvolvem suas vidas e os eventos a elas relacionados. Nessas tramas emergem a peregrinação que as famílias empreenderam ao longo de décadas para o conjunto de imóveis rurais que constituem seu território, além da mobilização que engendraram por meio da crença do jarê, das empreitadas de trabalho e pelo associativismo recente, e que fomentaram a formação da comunidade quilombola tal qual se apresenta nos dias atuais. A partir dessa descrição etnográfica, conceitos despontam como fundamentais nesta leitura com o intuito de nos aproximar da ontologia com que o grupo expressa suas histórias e intenções: terra, morada, trabalho, luta, sofrimento e movimento. São conceitos fundamentais para compreender suas vivências: sinalizam como mobilizam seus discursos, além de evidenciar suas referências políticas e de como expressam o domínio do mundo em que vivem.

Comunidade Quilombola;morada;movimento;Trabalho e Luta
This thesis deals with the process of regularization of the territory of the quilombolacommunity of Iuna, located in Lençóis, Chapada Diamantina, Bahia, Brazil. From the workthat I developed as a public employee of INCRA, I present the territory where the people ofthe Iuna live and resist: their weather-world, a web of plots where their lives and the eventsrelated to them. In these plots emerges the journeys that the families have undertaken over decades to get ownership of the rural properties that constitute their territory, the mobilization carried out through their belief in the religious practice jarê, the work contracts and the recent associativism that contributed, decisively, to the formation of the quilombola community in the present day. From the ethnography emerge fundamental concepts that bring us closer to the ontology through which the group expresses its histories and intentions, such as earth, dwelling, work, struggle, suffering and movement. These are indispensable concepts for understanding their experiences, as they present themselves as interpretive keys for the mobilizing character of their discourses, their political references aand the domain of the world in which they live.
Quilombola Community;Household;Movement;Work and Struggle
1
293
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

ESTUDOS ÉTNICOS E AFRICANOS
ESTUDOS ÉTNICOS
Fontes estatísticas vitais contínuas na porção sul do Recôncavo Baiano (Diocese de Amargosa e seu entorno)

Banca Examinadora

MARIA ROSARIO GONCALVES DE CARVALHO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
CLAUDIO ALVES FURTADO Docente - PERMANENTE
FELIPE FERREIRA VANDER VELDEN Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Não