Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA
MEDICINA VETERINÁRIA (42002010011P0)
Controle da coccidiose em ovinos utilizando o toltrazuril
FERNANDO DE SOUZA RODRIGUES
TESE
08/02/2018

A coccidiose em pequenos ruminantes é uma infecção causada por protozoários do gênero Eimeria. Atualmente pelo menos onze espécies parasitam ovinos, sendo E. ovinoidalis e E. crandallis consideradas as mais patogênicas. A importância econômica da coccidiose nos rebanhos ovinos decorre principalmente da diminuição do ganho de peso relacionada à doença clínica e às infecções subclínicas, especialmente em criações intensivas e com alta densidade animal. O controle da coccidiose pode ser realizado com a utilização de fármacos que interrompam o ciclo do parasito e através de práticas sanitárias, ambas visando diminuir a contaminação ambiental. Atualmente, a coccidiose em ovinos é considerada uma doença negligenciada; a despeito das consideráveis perdas econômicas que causa à produção ovina. Diante do exposto acima, esta tese apresenta três capítulos, nos quais foram avaliados: (1) a eficácia, o custo/benefício e o ponto de equilíbrio econômico de dois diferentes regimes de tratamento utilizando o toltrazuril a 5% em cordeiros em lactação naturalmente expostos à reinfeção por Eimeria spp. em sistema de pasto; (2) o efeito do tratamento com toltrazuril a 5% quatro e duas semanas antes do parto na excreção de oocistos por ovelhas prenhas, bem como a influência na dinâmica de infecção pelo parasito nos seus cordeiros criados em sistema extensivo; e (3) a avaliação do efeito do tratamento com toltrazuril a 5% em cordeiros mantidos em condições naturais favoráveis ao desenvolvimento de coccidiose. Com base nos resultados obtidos, ressaltamos que o toltrazuril, na concentração avaliada, apresenta eficácia em cordeiros em lactação e mantidos em condições para o desenvolvimento de coccidiose. Utilizando o esquema de tratamento com intervalos a cada 14 dias os cordeiros permanecem protegidos da reinfecção por Eimeria spp. e uma dose única em cordeiros mantidos em condição de risco reduz a excreção de oocistos por até 35 dias. A utilização de toltrazuril a 5% quatro e duas semanas antes do parto em ovelhas reduziu significativamente a excreção de oocistos 21 dias antes do parto e 14 dias após o parto; entretanto, não influenciou na dinâmica de infecção dos cordeiros. E. ovinoidalis, E. crandallis, E. parva e E. ahsata foram as espécies mais frequentes causando principalmente infecção subclínica. Cordeiros em lactação e em condição de risco tratados com toltrazuril a 5% não apresentaram ganho de peso significativo em relação aos mantidos naturalmente infectados. O tratamento com toltrazuril na concentração testada apresenta alto custo quando os animais apresentam infecção subclínica, porém na ocorrência de casos clínicos e morte, a utilização deste medicamento pode ser economicamente viável. A viabilidade econômica do tratamento pode ser avaliada com a utilização do modelo econômico apresentado neste trabalho, modelo este que visa determinar o ponto de equilíbrio (breakeven point) a partir do qual o tratamento torna-se viável economicamente pela prevenção de perdas produtivas. Desta forma o controle da coccidiose em ovinos deve avaliar a situação específica de cada propriedade, bem como os riscos de desenvolvimento da doença e os potenciais prejuízos decorrentes dela e, assim, a necessidade de utilizar o toltrazuril

Eimeriose;. Coccidiose. Apicomplexa. Eimeria ovinoidalis. Ovino
Coccidiosis in small ruminants is an infection caused by protozoan of genus Eimeria. Currently, at least eleven species parasite sheep, being E. ovinoidalis and E. crandallis the most pathogenic. The economic importance of coccidiosis in sheep livestock, mainly in intensive system and with high stock density, is related with losses caused by clinical and subclinical infection, causing decrease of the weight gain. Coccidiosis control can be accomplished using treatment that interrupt the life cycle of the parasite and with sanitary practices, both aiming decrease the environment contamination. Currently, coccidiosis is considering a neglected disease, however coccidia infection cause economic losses to ovine production. In this context, this thesis presents three chapters, which evaluated: (1) the efficacy, cost-benefit ratio, and economic break-even point of two different toltrazuril treatment regimens for suckling lambs naturally exposed to Eimeria spp. re-infection in a grazing system; (2) evaluated the effect of treatment with toltrazuril 5%, four and two weeks before the parturition in pregnant ewes, as well as the influence of it in the dynamics of infection of lambs naturally infected by Eimeria spp. in an extensive breeding system; (3) and evaluated the effect of toltrazuril 5% in a single dose in lambs maintained in a natural condition favorable to the development coccidiosis. Based on results, we emphasize that toltrazuril at the concentration assessed, has efficacy in lactating lambs and kept in condition to developmente coccidiosis. Treatment with toltrazuril at 14-day intervals was effective in controlling re-infection of lambs and a single dose can reduce the excretion of oocysts in lambs kept in conditions favorable to development coccidiosis. The use of toltrazuril 5% four and two weeks before the parturition reduced significantly oocyst excretion 21 days before the parturition and 14 days postpartum but did not influence the dynamics of lamb infection. E. ovinoidalis, E. crandallis, E. parva and E. ahsata were the frequently species identified causing mainly subclinical infection. Lambs kept in conditions favorable to development coccidiosis and lactating lambs treated with toltrazuril did not have a significant weight gain (p>0.05) than animals maintained naturally infected. Treatment with toltrazuril at the concentration assessed may be costly when the animals have subclinical infection, but where there are clinical cases and death, the use of this medicine may be economically viable. Economic viability of the treatment can be evaluated with the use of the economic model that aims to determine the point where the treatment becomes economically feasible. To control coccidiosis in sheep, should evaluate the specific situation of each property, the risks of developing the disease and if is necessary to use toltrazuril.
Eimeriosis;Coccidiosis. Apicomplexa. Eimeria ovinoidalis.Ovine
01
69
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

SANIDADE E REPRODUÇÃO ANIMAL
DOENÇAS BACTERIANAS, FÚNGICAS, PARASITÁRIAS E VÍRICAS
EPIDEMIOLOGIA, DIAGNÓSTICO, TRATAMENTO, CONTROLE E BASES MOLECULARES DAS DOENÇAS BACTERIANAS NOS ANIMAIS

Banca Examinadora

SONIA DE AVILA BOTTON
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
FERNANDA SILVEIRA FLORES VOGEL Docente - PERMANENTE
ALFREDO SKREBSKY CEZAR Participante Externo
DANIELA ISABEL BRAYER PEREIRA Participante Externo
MARTA LIZANDRA DO REGO LEAL Docente - PERMANENTE

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim