Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS
ARQUITETURA E URBANISMO (32001010049P0)
Belo Horizonte underground: os sistemas de saneamento e as canalizações dos cursos d'água da Nova Capital de Minas Gerais
DANILO DE CARVALHO BOTELHO ALMEIDA
DISSERTAÇÃO
26/03/2018

Belo Horizonte completou recentemente 120 anos de sua inauguração, sendo a primeira cidade no Brasil em que o ideário republicano se fez presente, associado a um processo de ruptura com o passado colonial, e ao início de um projeto de modernização do país. A hipótese desta dissertação é que a escolha do sistema de saneamento para Belo Horizonte, feita pela Comissão Construtora da Nova Capital - CCNC foi fator determinante para um processo recorrente de canalização e tamponamento dos cursos d’água em meio urbano, hoje quase em sua totalidade suprimidos da paisagem. Assim, a pesquisa se debruçou sobre as disputas teóricas e técnicas acerca da escolha do sistema de saneamento para a Nova Capital mineira. A investigação, entretanto, demostrou que tais disputas se dão num contexto de uma concepção urbana pré-determinada, a tábula rasa, sendo a escolha um dentre os diversos fatores atuantes na consolidação de tal prática. A fim de se estudar as intervenções nos cursos d’água de Belo Horizonte, tomei como estudo de caso o processo de canalização da microbacia hidrográfica do Córrego do Acaba Mundo. Esta microbacia se configura como uma amostra significativa do processo de urbanização de Belo Horizonte compreendendo grande parte das formas de urbanização: tipos de ocupação e usos, intervenções e ações do Estado e, principalmente, o processo de canalização de cursos d’água. Entendendo que a construção de Belo Horizonte se configura como a gênese de um modelo de cidade no Brasil, este trabalho conclui com uma reflexão sobre o papel da gênese ao longo do tempo.

Belo Horizonte;saneamento urbano;canalização;retificação;supressão;cursos d’água
Belo Horizonte completed recently 120 years of its inauguration, being the first city in Brazil in which the republican ideology will be present, associated with a process of rupture with the colonial past, and the beginning of a project of modernization of the country. In this dissertation, I work with the hypothesis that the choice of the sanitation systems for Belo Horizonte, made by the Comissão Construtora da Nova Capital - CCNC, was a determining factor for a recurrent process of channeling and buffering urban waterways, now almost entirely suppressed from the landscape. The investigation, however, has shown that such disputes take place in a context of a pre-determined urban conception, the slate, and the choice is one of several factors that are involved in the consolidation of such practice. In order to study the interventions in the watercourses of Belo Horizonte, I took as a case study the process of channeling the watershed of Córrego do Acaba Mundo. This microbasin is a significant sample of the urbanization process of Belo Horizonte comprising a large part of the urbanization forms: types of occupation and uses, interventions and actions of the State and, mainly, the channeling process of watercourses. Understanding that the construction of Belo Horizonte is configured as the genesis of a city model in Brazil, this work concludes with a reflection on the role of genesis over time.
Belo Horizonte;urban sanitation;channelization;rectification;suppression;water courses
1
251
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

TEORIA, PRODUÇÃO E EXPERIÊNCIA DO ESPAÇO
PRODUÇÃO, PROJETO E EXPERIÊNCIA DO ESPAÇO
UM SÉCULO DE OBRAS PÚBLICAS:CRONOLOGIA GEOREFERENCIADA DOS RELATÓRIOS DOS PREFEITOS DE BELO HORIZONTE (1889-2005)

Banca Examinadora

ROBERTO EUSTAÁQUIO DOS SANTOS
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
MARGARETE MARIA DE ARAUJO SILVA Participante Externo
ANTONIO PEREIRA MAGALHAES JUNIOR Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Sim