Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ
CIÊNCIAS FISIOLÓGICAS (40004015071P7)
“O treinamento concorrente remodela a matriz extracelular do tecido adiposo subcutâneo em pacientes vivendo com HIV?”
BRUNO FERRARI SILVA
DISSERTAÇÃO
21/07/2017

Objetivo: analisar aspectos morfológicos do tecido adiposo subcutâneo em pessoas vivendo com HIV submetidos a 12 semanas de treinamento concorrente. Métodos: Participaram do estudo indivíduos saudáveis (HIV-, n=11) com idade média de 45,31 anos, peso de 73,47 quilos IMC de 26,62 e indivíduos vivendo com HIV (HIV+, n=8) com idade média de 40,10 anos, peso de 71,39 quilos e IMC de 24,42, submetidos a um programa de treinamento concorrente (aeróbico + resistido) com duração de doze semanas. Antes e após o treinamento os indivíduos foram submetidos a avaliações físicas, coletas sanguíneas e biópsias do tecido adiposo subcutâneo da região supra ilíaca. Resultados: ao comparar o perfil bioquímico dos participantes foi verificado que o grupo HIV+ apresentaram significante redução no nível de HDL, e aumentos significativos no VLDL e TGL comparado ao grupo HIV- (P<0,05). O treinamento concorrente melhorou para ambos os grupos as capacidades físicas avaliadas pela carga total levantada e a Vpico (P<0,05). Na análise morfométrica do tecido adiposo subcutâneo o treinamento concorrente reduziu significativamente o tamanho dos adipócitos em ambos os grupos e o grupo HIV+ apresentou características heterogêneas quanto ao tamanho das células comparado ao grupo HIV-, antes e após o treinamento (P<0,05). Ao verificar a deposição de colágenos tipo I e III, notou-se uma redução não significativa de colágeno I para o grupo HIV+ e tipo III para ambos os grupos, com uma redução significativa da razão entre o colágeno III:I para o grupo HIV- (P<0,05). Ao analisar a deposição de fibras elásticas verificou que ao início do treinamento o grupo HIV+ apresentou uma área ocupada maior que o grupo HIV- (P<0,05) e essa área reduziu significativamente após o treinamento que a diferença em relação ao outro grupo deixou de existir. Conclusão: o treinamento concorrente foi eficaz em melhorar a capacidade física dos pacientes, em reduzir a área dos adipócitos e a heterogeneidade do tamanho celular para os pacientes HIV+ e apresentou características de remodelamento na deposição de colágeno, assim como, uma redução significativa na deposição de fibras elásticas no tecido adiposo subcutâneo em pacientes vivendo com HIV que fazem o uso contínuo da terapia antirretroviral (TARV).

HIV;Lipodistrofia;Treinamento concorrente;Adipócitos;Matriz extracelular
Objective: Analyze the morphologic aspects of subcutaneous adipose tissue in people living with HIV submitted at 12 weeks of concurrent training. Methods: Participate of the study healthy individuals (HIV-, n=11) with median age of 45.31 years, weight of 73.47 kilos and BMI of 26.62; and individuals living with HIV (HIV+, n= 8) with median age of 40.10 years, weight of 71.39 kilos and BMI of 24.42. Submitted in a concurrent training program (aerobic + resistance) for 12 weeks. Before and after the training all individuals were submitted to physical tests, blood collection and adipose tissue biopsies in suprailiac subcutaneous region. Results: after to compare the biochemical profile of participants was verified that the HIV+ showed significant decrease in HDL levels, and significant increase in VLDL and TGL compared with HIV- group (P<0.05). The concurrent training showed improve both groups to the total weight lift (TWL) and peak velocity (Vpeak) (P<0.05). In morphometric analyze of subcutaneous adipose tissue was verified that the concurrent training decreased significant the adipocytes size in both groups and the HIV+ group showed heterogeneity characteristics of cell size compared with HIV- group, before and after training (P<0.05). When verifying the collagen deposition type I and III to both groups, it was noted a big decrease not significant in type I collagen to HIV+ group and type III to both groups, with a significant decrease in type III to I ratio for the HIV- group (P<0.05). After analyzing the deposition of elastic fibers verified that, at start the training, the HIV+ group showed an occupied area much higher than the HIV- group (P<0,05) and this area significantly reduced after the training that the difference in relation to the other group ceased to exist. Conclusion: it can be concluded that the concurrent training was effective to improve the physical performance, and in decrease the adipocytes size in both groups similarly and heterogeneity of cell size to HIV+ group, and showed characteristics of a possible, but not conclusive, remodeling in subcutaneous adipose tissue collagen deposition and significate reduction in occupied area of elastic fibers of patients living with HIV undergoing the Antiretroviral Therapy (ART).
HIV;Lipodystrophy;concurrent training;adipocytes;Extracellular matrix
1
99
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

FISIOLOGIA
FISIOLOGIA DO EXERCICIO
Efeito de um programa de exercício físico na composição corporal, sistema imune e respostas hemodinâmicas de pessoas vivendo com HIV/AIDS: Um ensaio clínico aleatório.

Banca Examinadora

SIDNEY BARNABE PERES
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
LUZMARINA HERNANDES Participante Externo
SOLANGE MARTA FRANZOI DE MORAES Docente - PERMANENTE

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUNDACAO DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO FADEC - Curso de Especialização em Fisiologia 12

Vínculo

-
-
-
Não