Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE
Ciência e Saúde Animal (24009016011P0)
Bloqueio Anestésico do Plexo Braquial por Via Supraclavicular e Avaliação Eletrocardiográfica em Sapajus libidinosus (Spix, 1823) sob Contenção Química com Tiletamina-Zolazepam e Propofol
ANA YASHA FERREIRA DE LA SALLES
DISSERTAÇÃO
26/02/2018

Dentre os protocolos necessários para auxiliar à manipulação e reduzir os riscos de vida para o animal, a anestesia, em particular a anestesia local, se torna uma excelente ferramenta farmacológica. Dentre as técnicas de anestesia local, a anestesia do plexo braquial visa o bloqueio de determinada região do membro torácico para procedimentos cirúrgicos com maior margem de segurança, podendo ser realizada por cinco vias, dentre as quais, a via supraclavicular demonstra ser a mais viável no macaco-prego, segundo a literatura. Além disso, o monitoramento da função cardiorrespiratória durante procedimentos anestésicos promove segurança ao animal. Objetivou-se determinar o padrão eletrocardiográfico de macacos-prego (Sapajus libidinosus) e avaliar a técnica do bloqueio do plexo braquial pela via supraclavicular desses animais. Para tanto foram utilizados oito animais para o estudo de bloqueio de plexo e nove para o estudo do eletrocardiograma. Inicialmente os animais foram sedados com tiletamina-zolazepam por via intramuscular (5 mg/kg), sendo realizado o ECG que durou aproximadamente três minutos, em único registro. A interpretação do eletrocardiograma determinou: frequência cardíaca (FC) em bpm e ritmo cardíaco, onda P (ms/mV), intervalo P-R (ms), onda R (mV), complexo QRS (ms), onda T (mV), intervalo Q-T (ms), intervalo QT corrigido (ms) e eixo elétrico (°). Posteriormente, a anestesia foi induzida por via intravenosa, com bolus de propofol (0,5-1,5 mg/kg), sendo os animais mantidos em plano de hipnose. Estes foram submetidos ao bloqueio de plexo braquial com auxílio de neurolocalizador, utilizando lidocaína 2% sem vasoconstrictor (5 mg/kg). Foram avaliados parâmetros fisiológicos, nocicepção por meio de aparelho de eletroterapia, a resposta ao estímulo elétrico e a sensibilidade cutânea, antes da injeção do plexo braquial e aos 5, 10, 15, 20, 30, 40 e 50 minutos após. Os grupos foram comparados pelo teste de Tukey ou Friedman a 5% de significância, usando o programa estatístico Bioestat 5.0. No traçado eletrocardiográfico, a maioria dos macacos apresentaram ritmo sinusal normal, seguido de um animal com taquicardia sinusal. Durante avaliação do bloqueio, a temperatura corporal apresentou redução a partir de 5 minutos e não houve diferença significativa dentre as demais variáveis fisiológicas. O tempo médio de retorno do movimento espontâneo dos membros ultrapassou os 50 minutos de avaliação. Nenhum animal mostrou marcha anormal após o experimento. Todos os animais apresentaram recuperação anestésica silenciosa, sem excitação, vocalização ou movimentos catalépticos.

analgesia;cardiologia;eletrofisiologia;primata;bloqueio regional
Among the protocols required to aid handling and reduce animal life risks, anesthesia, in particular local anesthesia, becomes an excellent pharmacological tool. Among the techniques of local anesthesia, anesthesia of the brachial plexus is aimed at blocking a specific region of the thoracic limb for surgical procedures with a greater margin of safety, and can be performed by five routes, among which the supraclavicular route proves to be the most viable in the capuchin monkeys, according to the literature. In addition, monitoring of cardiorespiratory function during anesthesia procedures is essential. The aim of this study was to determine the electrocardiographic pattern of black striped capuchin monkeys (Sapajus libidinosus) and to evaluate the technique of brachial plexus block through the supraclavicular way of these animals. Eight animals were used for the study of plexus block and nine for the electrocardiogram study. Initially the animals were sedated with tiletamine-zolazepam intramuscularly (5 mg/kg) and the ECG was performed, which lasted approximately three minutes, in single registration. The interpretation was performed by determining the following parameters: heart rate (HR) in bpm and heart rate, P wave (ms/mV), PR interval (ms), R wave (mV), QRS complex (ms), T wave (mV), Q-T interval, corrected QT and electric axis (°). Subsequently, anesthesia was induced intravenously, with propofol bolus (0.5-1.5 mg/kg), and the animals were kept on a hypnosis plane. These patients underwent brachial plexus block with the aid of a neurolocalizer, using lidocaine 2% without vasoconstrictor (5 mg/kg). Physiological parameters, nociception by means of electrotherapy apparatus, response to electrical stimulation and cutaneous sensitivity were evaluated before brachial plexus injection and at 5, 10, 15, 20, 30, 40 and 50 minutes after. The groups were compared by the Tukey or Friedman test at 5% significance, using the statistical program Bioestat 5.0. In the electrocardiographic tracing, most of the monkeys presented normal sinus rhythm, followed by an animal with sinusal tachycardia. During the evaluation of the block, the rectal temperature presented reduction after 5 minutes and there was no significant difference among the other physiological variables. The average time of return of the spontaneous movement of the limbs exceeded 50 minutes of evaluation. No animals showed abnormal gait after the experiment. All animals presented silent anesthetic recovery, without excitation, vocalization or cataleptic movements.
analgesia;cardiology;electrophysiology;primate;regional block
1
70
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

SAÚDE, PRODUÇÃO E NUTRIÇÃO ANIMAL
MORFOFISIOLOGIA ANIMAL
2016 - Bloqueio anestésico do plexo braquial por via supraclavicular e avaliação eletrocardiográfica em Sapajus libidinosus sob contenção química com tiletamina-zolazepam e propofol

Banca Examinadora

DANILO JOSE AYRES DE MENEZES
DOCENTE - COLABORADOR
Sim
Nome Categoria
ALMIR PEREIRA DE SOUZA Docente - PERMANENTE
ANA LUCELIA DE ARAUJO Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO - Bolsa de Mestrado no País GM 24

Vínculo

-
-
-
Não