Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ
ZOOTECNIA (40004015006P0)
Compostos naturais sobre o desempenho, comportamento, resposta imune e características de carcaça de bovinos terminados em confinamento
KENNYSON ALVES DE SOUZA
TESE
26/02/2018

Atualmente persiste uma polêmica relacionada à utilização dos antibióticos, os quais têm o objetivo na nutrição de ruminantes de moduladores fermentativos. Mas o seu uso frequente na alimentação de bovinos de corte promoveu um possível surgimento de bactérias resistentes que, consequentemente, pode ser grande ameaça à saúde humana. Deste modo, no atual contexto a cadeia produtiva da carne bovina necessita adequar à produção para poder atender o mercado consumidor, com o uso de ingredientes de qualidade alimentar alternativos que não promovam perdas ao sistema. Por meio dos estudos realizados, os objetivos foram avaliar o efeito de ingredientes de origem natural sobre o desempenho animal, resposta fisiológica, bem-estar animal, resposta imune e características de carcaça de bovinos de corte. No primeiro estudo foram utilizadas 40 novilhas Nelores (peso corporal inicial 297,6 ± 31,2 kg) distribuídas aleatoriamente às dietas testadas, sendo CON - Sem óleo essencial; ROS - Óleo essencial de alecrim; BLE - Mistura protegida de eugenol, timol e vanilina; BCL - Mistura protegida + óleo essencial de cravo; e BRC - Mistura protegida + óleo essencial de alecrim + óleo essencial de cravo. Foram quantificados o desempenho animal e as características de carcaça, digestibilidade in situ, comportamento ingestivo e composição de tecido da carcaça. Os pesos corporais iniciais e finais não mostraram efeito. Entretanto, o ganho médio diário e o consumo de matéria seca foram maiores em novilhas alimentadas com dietas BLE, BCL e BCR do que novilhas alimentadas com dietas CON e ROS. A eficiência alimentar e a digestibilidade in situ foram melhores para as novilhas alimentadas com as três dietas misturadas e o pior para as novilhas alimentadas com a dieta ROS. Os pesos de carcaça e suas características, bem como as percentagens de músculo, gordura ou osso da carcaça não mostraram alteração. Para o comportamento ingestivo, os dados sobre ruminação e ócio tendem a ser alterados pela dieta. No segundo estudo foram utilizados 40 novilhos Nelores designados aleatoriamente para quatro dietas experimentais, sendo TEST - sem ingredientes de suplemento; BAC05 - Folhas de Baccharis dracunculifolia in natura (5 g/animal/dia); BAC10 - Folhas de Baccharis dracunculifolia in natura (10 g/animal/dia); e BAC15 – Folhas de Baccharis dracunculifolia in natura (15 g/animal/dia). Foram quantificados o desempenho animal, o comportamento ingestivo e os parâmetros sanguíneos. O uso das folhas da Baccharis não afetou o peso corporal final, ganho médio diário, ingestão de matéria seca, eficiência alimentar e comportamento ingestivo. Para as concentrações plasmáticas de ureia, creatina, aspartato aminotransferase, gamma glutamil transferase e creatina quinase, nenhum efeito foi detectado entre os tratamentos testados. No terceiro estudo foram utilizados 105 bezerros Angus x Hereford (63 novilhos + 42 novilhas). Os animais foram designados aleatoriamente às baias (7 baias/tratamento) e distribuídos aos tratamentos, sendo PC - lasalocida (360 mg/animal/dia de Bovatec, Zoetis, Florham Park, NJ, EUA) + clorotetraciclina (350 mg/animal de Aureomicina em ciclos de inclusão de cinco dias e remoção de dois dias da dieta, Zoetis) do dia 0 a 32 e apenas monensina (360 mg/animal/dia de Rumensin, Elanco Animal Health, Greenfield, IN, EUA) do dia 33 ao 60; EG - edulcorante à base de sacarina de sódio (Sucram a 0,04 g/kg, Pancosma SA, Genebra, Suíça) + extratos de plantas contendo eugenol, cinamaldeído e capsicum (800 mg/animal dia de XTRACT Ruminants 7065; Pancosma SA) do dia 0 a 32, e XTRACT apenas (800 mg/animal/dia) do dia 33 a 60; CON - nenhum ingrediente suplementar do dia 0 a 60. Diariamente os bezerros foram avaliados quanto aos sinais da doença respiratória bovina durante todo período experimental, bem como analises sanguíneas foram quantificados. O ganho médio diário de bezerros foi maior em PC vs. EG e tendeu a ser maior em PC vs. CON. A eficiência alimentar também tendeu a ser maior no PC vs. CON, embora o efeito principal do tratamento para esta resposta não tenha sido significativo. Os títulos séricos médios contra o vírus sincitial respiratório bovino foram maiores em EG vs. PC e CON apresentando uma tendência. Os resultados desses estudos sugerem que os ingredientes de origem natural podem ser utilizados como substituintes aos antibióticos utilizados na alimentação de animais confinados.

Dieta alto grão, Extrato natural, Imunidade, Modulador fermentativo, Nutrição, Qualidade de carcaça
Actually, there is a controversy related to the use of antibiotics, which have the objective in the nutrition of ruminants of fermentative modulators. But its frequent use in feed of beef cattle has promoted a possible emergence of resistant bacteria, which can be a great threat to human health. Thus, in the current context, the beef production chain needs to adapt to production in order to attend the consumer market, with the use of alternative feed quality ingredients that do not promote losses to the system. The objective of these studies was to evaluate the effect of natural ingredients on animal performance, physiological response, animal welfare, immune response and carcass characteristic of beef cattle. In the first study 40 Nellore heifers (initial body weight 297.6 ± 31.2 kg) were randomly distributed to the diets tested, CON - no essential oil; ROS - essential oil of rosemary; BLE - protected blend of eugenol, thymol and vanillin; BCL - protected blend + clove essential oil; and BRC - protected blend + rosemary essential oil + clove essential oil. Animal performance and carcass characteristics, in situ digestibility, ingestive behavior and carcass tissue composition were quantified. Initial and final body weights showed no effect. However, average daily gain and dry matter intake were higher in heifers fed BLE, BCL and BCR diets than heifers fed with CON and ROS diets. Feed efficiency and in situ digestibility were better for heifers fed with the three mixed diets and worse for heifers fed the ROS diet. The carcass weights and their characteristics, as well as the percentages of muscle, fat, and bone showed no change. For ingestive behavior, data of rumination and idleness tend to be altered by diet. In the second study, 40 Nellore steers randomly assigned to four experimental diets were used, TEST – no supplement ingredients; BAC05 – Leaves of Baccharis dracunculifolia in nature (5 g/animal/day); BAC10 – Leaves of Baccharis dracunculifolia in nature (10 g/animal/day); and BAC15 – Leaves of Baccharis dracunculifolia in nature (15 g/animal/day). Animal performance, ingestive behavior and blood parameters were quantified. The use of Baccharis leaves did not affect final body weight, average daily gain, dry matter intake, feed efficiency and ingestive behavior. For plasma concentrations of urea, creatine, aspartate aminotransferase, gamma glutamyl transferase and creatine kinase, no effect was detected among the treatments tested. In the third study, 105 Angus x Hereford calves (63 steers + 42 heifers) were used. The animals were randomly assigned to the pens (7 pens/treatment) and distributed to the treatments, PC - lasalocid (360 mg/calf daily of Bovatec; Zoetis, Florham Park, NJ, USA) + chlortetracycline (350 mg/calf of Aureomycin in cycles of 5-day inclusion and 2-day removal from diet; Zoetis) from day 0 to 32 , and monensin only (360 mg/calf daily of Rumensin; Elanco Animal Health, Greenfield, IN, USA) from day 33 to 60; EG - sodium saccharin-based sweetener (Sucram at 0.04 g/kg, Pancosma SA, Geneva, Switzerland) + plant extracts containing eugenol, cinnamaldehyde, and capsicum (800 mg/calf daily of XTRACT Ruminants 7065; Pancosma SA) from day 0 to 32, and XTRACT only (800 mg/calf daily) from day 33 to 60; CON - no supplemental ingredients from day 0 to 60. Calves were evaluated for signs of bovine respiratory disease daily throughout the experimental period, as well as blood tests were quantified. Calf average daily gain was greater in PC vs. EG and tended to be greater in PC vs. CON. Feed efficiency also tended to be greater in PC vs. CON, although main treatment effect for this response was not significant. Mean serum titers against bovine respiratory syncytial virus were greater in EG vs. PC and CON showing a tendency. The results of these studies suggest that ingredients of natural origin may be used as substituent for the antibiotics used in feed of feedlot animal.
Carcass quality, Fermentative modulator, High-grain diet, Immunity, Natural extract, Nutrition
1
100
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

PRODUÇÃO ANIMAL
1. AVALIAÇÃO DE EXIGÊNCIAS NUTRICIONAIS E DE ALIMENTOS PARA ANIMAIS
-

Banca Examinadora

IVANOR NUNES DO PRADO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
LUIZ PAULO RIGOLON Participante Externo
ANA GUERRERO BARRADO Participante Externo
ROBERTO MONTANHINI NETO Participante Externo
POLYANA PIZZI ROTTA COSTA E SILVA Participante Externo

Vínculo

CLT
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Não