Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA
ARQUITETURA E URBANISMO (53001010042P8)
Estratégias de mitigação das ilhas de calor urbanas: estudo de caso em áreas comerciais em Brasília – DF
DANIELA ROCHA WERNECK
DISSERTAÇÃO
07/02/2018

Os padrões de desenvolvimento urbano produzem muitos impactos relacionados ao clima urbano, destacando o fenômeno de ilha de calor urbana (ICU). Este estudo investiga áreas destinadas ao comércio local com enfoque na mitigação de ICU de superfície na escala microclimática. Os locais selecionados para estudos de casos estão no Plano Piloto de Brasília-DF, localizado em uma região de clima Tropical de Altitude com estações quente-úmida e quente-seca. Esta proposta se insere na discussão da importância dos espaços públicos na escala do pedestre, mais precisamente onde se desenvolve as atividades da vida urbana, entre o nível térreo dos edifícios e as áreas públicas, também chamado de plinths. Os usuários estão sujeitos às variações tanto de conforto quanto desconforto ambiental, em particular o térmico. Os procedimentos metodológicos deste trabalho se baseiam na revisão de literatura (clima urbano, espaço público, materiais frios, ICU e simulação microclimática), na análise de temperaturas superficiais intra-urbanas com utilização de imagens do satélite Landsat 8 (banda termal) para delimitação dos locais de estudo e simulação microclimática com o software ENVI-met 4. O programa foi validado com base em medições em campo de temperatura do ar e umidade relativa do ar, apresentando desempenho satisfatório quando comparados os dados simulados com os dados medidos em campo. Três cenários hipotéticos foram simulados com uso de materiais frios (alto refletância e emitância térmica) e vegetação para análise de impacto na temperatura do ar, temperatura de superfície e temperatura média radiante. Os resultados mostraram uma redução média máxima de -0,38 °C na temperatura do ar, evidenciando que as estratégias mitigadoras tiveram maior impacto na redução pontual da temperatura do ar que, foi de no máximo -1,13 °C. A estratégia que combinou pavimentos frios e sombreamento com arborização respondeu melhor à variação da temperatura média radiante. Já o cenário com coberturas frias teve um impacto muito pequeno na redução da temperatura do ar no nível do pedestre nas condições analisadas.

ilha de calor urbana;calibração Envi-met 4, simulação microclimática, materiais frios, plinths
The patterns of urban development produce many impacts related to urban climate, notably the urban heat island (UHI) phenomenon. This study investigates designated areas of local commerce with focus on mitigation of surface UHI and their effect on microclimatic aspects at the pedestrian level. The selected places for study cases are located at the Pilot Plan of Brasilia, DF, Brazil, a region of tropical altitude climate with hot-humid and hot-dry seasons. This proposal is related with the discussion of the importance of public spaces at pedestrian scale, more precisely where the activities of urban life take place, also known as plinths. Users are subject to variations of both comfort and discomfort, particularly thermal comfort. The methodological procedures of this study are based on literature revision (urban climate, public space, cool materials, UHI and computer simulation), analysis of intra-urban surface temperatures supported by Landsat 8 satellite imagery (thermal band) for delimitation of study areas and microclimatic simulations with ENVI-met 4.2. Different hypothetical scenarios were simulated with usage of cool materials (high thermal reflectance and emittance) and vegetation for effect analysis on air temperature reduction. Results showed a maximum average air temperature decrease of -0.38°C, pointing that mitigating strategies had greater impact in local air temperature reduction, which was, at maximum, -1.13°C. The strategy that combined cool pavements and tree shading presented better response to mean radiant temperature variation. On its turn, the scenario of cool roofs presented a slight reduction in terms of air temperature at the pedestrian level for the analyzed conditions.
urban heat island;Envi-met 4 calibration, microclimate simulation, cool materials, plinths
1
118
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

TECNOLOGIA, AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE
SUSTENTABILIDADE, QUALIDADE E EFICIÊNCIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO
PARAMETRIZAÇÃO DOS ESPAÇOS ABERTOS. ESTUDO DE CONFIGURAÇÃO URBANA E DESEMPENHO AMBIENTAL PARA A REABILITAÇÃO AMBIENTAL SUSTENTÁVEL - FASE 2

Banca Examinadora

MARTA ADRIANA BUSTOS ROMERO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
CAIO FREDERICO E SILVA Docente - PERMANENTE
GUSTAVO DE LUNA SALES Participante Externo
MARTA ADRIANA BUSTOS ROMERO Docente - PERMANENTE

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 24

Vínculo

CLT
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim