Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC
FÍSICA (33144010001P7)
Crescimento e caracterização de monocristais dos sistemas intermetálicos MGa3 (M = Fe, Co) e YIn3
MICHAEL CABRERA BAEZ
DISSERTAÇÃO
31/01/2014

Numa área tão abrangente como é a física da matéria condensada, surgem fenômenos complexos e portanto muito interessantes. Dois exemplos claros disto são a criticalidade quântica e a recém reportada supercondutividade filamentar, que apresentam sistemas com uma correlação considerável de seus elétrons. Para esta dissertação foram escolhidos dois sistemas que permitirem esclarecer, ou pelo menos avançar no entendimento que geram essas propriedades dos mecanismos desconhecidos. O sistema MGa3(M=Fe,Co) é um bom sistema para ser estudado encaminhando esforços no entendimento da criticalidade quântica a partir da sintonia química (dopagem). O sistema YIn3 foi reportado como um material que apresenta o fenômeno da supercondutividade filamentar. Para explorar os fenômenos citados, usou-se medições de susceptibilidade magnética dc, magnetização em função do campo, calor específico, resistividade e ressonância paramangética eletrônica (EPR). No sistema FeGa3 confirmou-se o reportado na bibliografia de que a dopagem com Ge em lugar do Ga gera uma mudança do estado fundamental para os estados paramagnético e ferromagnético, partindo de seu estado diamagnético original. A dopagem com buracos (dopagem com Zn), em termos do calor especifico, não modifica significativamente a estrutura eletrônica, baseado no coeficiente de Sommerfeld. Para o caso CoGa3 mostrou-se que o dopagem com Ge no lugar do Ga também não altera ƴ, mas com a dopagem com buracos (substituição de Ga por Zn) o sistema apresenta um aumento anômalo em ƴ, contrário ao esperado pela despopulação do nível de Fermi ao tirar elétrons do sistema. No sistema YIn3 encontrou-se que, no nível de Fermi, estão presentes elétrons do tipo s, p e d, permitindo estimar os parâmetros de troca entre o íon magnético que serviu como sonda na técnica de EPR (Gd3+) e os diferentes tipos de elétrons presentes. Este composto apresenta o fenômeno de exchange bottleneckoriginado pelos elétrons de condução tipo s. Devido ao acomplamento fraco de spin-orbita dos elétrons de condução tipo s, considera-se que eles estão num acoplamento fraco com a rede, e os elétrons tipo p e d tem um acoplamento forte com a rede.

Paramangética; Sommerfeld
In an area as broad as is condensed matterphysics, complex phenomena arise and therefore are very interesting. Two clear examples of this are the quantum criticality and the recently reported filamentary superconductivity, which present systems with a significant correlation of its electrons. For this thesis two systems that enable clear,or at least to advance understanding of some properties of the unknown mechanisms were chosen. The MGa3(M=Fe,Co)system is a good system to be studied directing efforts in the understanding of quantum criticality from the chemical tunning (doping). The YIn3system was reported as a material that exhibits the phenomenon of filamentary superconductivity. To explore the phenomena mentioned, we used measurements of DC magnetic susceptibility, magnetization as a function of the field, specific heat, resistivity and electronic paramangetic resonance (EPR). In the system FeGa3weconfirmed the reported in the literature that doping with Ge in place of Ga generates a shift of the ground state for paramagnetic and ferromagnetic states,starting from its original state diamagnetic. The hole doping (dopingwith Zn)in terms of the specific heat not significantly modifiedelectronic structure based on the Sommerfeld coefficient.In the case CoGa3showed that the doping with Ge in place of Ga did not change ƴ, but the doping with holes (Gasubstitution of Zn), the system presents an anomalous increase in ƴ, contrary to expectations the depopulation of the Fermi level by taking electrons from the system. In YIn3systemwefound that in the Fermi level, are present electrons of type s, pand d, allowing to estimate the parameters of exchange between the magnetic ion which served as a probe in the technique of EPR (Gd3+) and the different types of electrons present. This compound exhibits the phenomenon of exchange bottleneck originated bytype sconduction electrons. Due to the weak spin-orbit couplingof type sconduction electrons, it is considered that they are in a weak coupling to the lattice, and thepand dtype electrons are tightly coupled with the lattice.
-
1
82
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

FÍSICA
-
-

Banca Examinadora

MARCOS DE ABREU AVILA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
EDUARDO MATZENBACHER BITTAR Participante Externo
PASCOAL JOSE GIGLIO PAGLIUSO Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - Pró reitoria de Pós Graduação 24

Vínculo

-
-
-
Não