Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA
ARQUITETURA E URBANISMO (53001010042P8)
O frágil limiar entre espaços públicos e vazios urbanos: Uma análise das condições para assegurar a vitalidade nos assentamentos.
ANDRE LUIZ TEIXEIRA E SILVA TORRES
DISSERTAÇÃO
21/11/2017

O presente estudo aborda questões relativas ao fenômeno dos vazios urbanos, problema cada vez mais recorrente nas grandes cidades brasileiras. A discussão se associa à crescente perda de qualidade dos espaços públicos e se mostra necessária para a compreensão dos impactos dos vazios para a qualidade de vida, a considerar o processo acelerado de dispersão e aumento da periferia nas últimas décadas, enquanto grandes áreas permanecem ociosas em zonas centrais da malha urbana. A pesquisa tem como objeto de investigação a cidade de Goiânia, e em particular a área delimitada pelo Setor Sul, bairro residencial projetado quando da concepção do plano para a nova capital do Estado de Goiás, em 1933. Concebido sob as influências do conceito das cidades jardins, o bairro abriga hoje 24 das 29 praças internas pensadas como locais de convergência e acesso de serviços, atualmente conformando, entretanto, grandes vazios urbanos. A partir destas premissas, é intenção explorar os atributos de configuração do bairro, com o intuito de: a) identificar os aspectos que levaram à perda do uso e vitalidade destes espaços e b) verificar como os aspectos sociais foram e são afetados pelas alterações ocorridas ao longo do tempo. Para tanto, são analisados cinco momentos considerados importantes para a concepção e consolidação do Setor Sul: 1º) o projeto elaborado por Attílio Corrêa Lima e revisado por Armando de Godoy em 1947; 2º) a implantação e consolidação do bairro, de 1950 a 1975; 3º) a implementação do projeto CURA, visando o resgate das praças internas, em 1980, 4º) as alterações configuracionais ocorridas pela criação da Av. Cora Coralina, em 2000; e 5º) o bairro hoje, que vivencia os reflexos da expansão de suas áreas limítrofes e a intensa alteração do uso do solo.

Espaço público;vazios urbanos;configuração espacial;urbanidade;vitalidade;Goiânia;Setor Sul
The present study addresses issues related to the phenomenon of urban voids, an increasingly recurring problem in large Brazilian cities. The discussion is associated to the growing loss of quality of public spaces and is necessary to understand the impacts of the voids to the quality of life, to consider the accelerated process of dispersion and increase of the periphery in the last decades, while large areas remain in urban areas. The research has as object of investigation the city of Goiânia, and in particular the area delimited by the South Sector, a residential district projected when the conception of the plan for the new capital of the State of Goiás, in 1933. Conceived under the influences of the concept of the cities gardens, the residential neighborhood have nowadays 24 of the 29 intern squares thought as places of convergence and access to services, but nowadays they form large urban voids. Based on these premises, it is intended to explore the configuration attributes of the neighborhood in order to: a) identify the aspects that led to the loss of the use and vitality of these spaces and b) to verify how the social aspects were and are affected by the changes that occurred over time. For that, five moments considered important for the design and consolidation of the South Sector are analyzed: 1º) the project elaborated by Attílio Corrêa Lima and revised by Armando de Godoy in 1947; 2) the implantation and consolidation of the neighborhood, from 1950 to 1975; 3) the implementation of the CURA’s project, aiming the redemption of the internal squares, in 1980; 4) the configurational transformations that occurred due to the creation of Av. Cora Coralina, in 2000; and 5th) the neighborhood today, which experiences the reflexes of the expansion of its border areas and the intense change of land use.
Public space;urban voids;spatial configuration;urbanity;vitality;Goiânia;Setor Sul
1
159
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

PROJETO E PLANEJAMENTO
PROJETO E PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL
UMA HERANÇA DO ULTRAMAR: ANÁLISE DA CONFIGURAÇÃO URBANA EM CIDADES LUSÓFONAS (FASES 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7 e 8))

Banca Examinadora

VALERIO AUGUSTO SOARES DE MEDEIROS
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
VALERIO AUGUSTO SOARES DE MEDEIROS Docente - PERMANENTE
TATIANA MAMEDE SALUM CHAER Participante Externo
ANA ELISABETE DE ALMEIDA MEDEIROS Docente - PERMANENTE

Vínculo

CLT
Empresa Privada
Ensino e Pesquisa
Sim