Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE PAULISTA
Patologia Ambiental e Experimental (33063010005P2)
Extrato de Malassezia pachydermatis modula a atividade de macrófagos infectados com Encephalitozoon cuniculi
JESSICA FELICIANA CODECEIRA
DISSERTAÇÃO
19/12/2017

Malassezia (M.) sp. é um gênero amplo de fungos que faz parte da microbiota da pele em muitos animais, incluindo o homem. Estudos têm demonstrado que Malassezia são capazes de modular a produção de citocinas pro e anti-inflamatória por queratinócitos e monócitos humanos. Encephalitozoon (E.) cuniculi são fungos intracelulares obrigatórios que determinam doenças emergentes em humanos e outros animais, com relevância econômica. Ante essa capacidade imunomoduladora, foi objetivo deste estudo avaliar a atividade do extrato de M. pachydermatis na resposta de macrófagos ante a infecção pelo E. cuniculi. Para tanto, uma suspensão de M. pachydermatis foi submetida à fervura por 30 minutos, filtrada e utilizada como extrato para estimular macrófagos da linhagem Raw 264.7. Posteriormente, os macrófagos foram infectados com esporos de E. cuniculi (2:1) e avaliados aos 15, 30, 60 minutos e 48 horas. Foi dosada nas culturas de macrófagos a quantidade de peróxido de hidrogênio. O sobrenadante foi submetido à análise de óxido nítrico. Com a coloração de Calcoflúor foi realizada a contagem de esporos de E. cuniculi fagocitados e determinados o índice fagocítico (IF) e capacidade fagocítica (CF). Foi avaliada a atividade microbicida e fagocítica pela microscopia eletrônica de transmissão (MET). Os macrófagos não tratados tiveram CF, IF e quantidades de esporos fagocitados maiores que os tratados, porém pela MET observou-se que nos macrófagos tratados a atividade microbicida foi mais rápida, já que nos vacúolos fagocíticos havia poucos esporos em diferentes graus de degeneração e pouca quantidade de material amorfo. Os macrófagos tratados tiveram maior produção de peróxido de hidrogênio e apresentaram aumento na secreção das citocinas, excetuando-se o TNF-α que teve diminuição em 15 minutos. Em conjunto, esses resultados demonstraram que o tratamento com o extrato de M. pachydermatis foi capaz de aumentar a atividade microbicida e fagocítica de macrófagos infectados com E. cuniculi.

Encephalitozoon cuniculi;Extrato de Malassezia;Macrófagos;Fagocitose;Citocinas
Malassezia (M.) sp. is a broad genus of fungi that is part of the skin's microbiota in many animals, including man. Studies have shown that Malassezia are able to modulate the production of pro and anti-inflammatory cytokines by keratinocytes and human monocytes. Encephalitozoon (E.) cuniculi, are obligate intracellular fungi that determine emerging diseases in humans and other animals, with economic relevance. Faced with this immunomodulatory capacity, the objective of this study was to evaluate the activity of M. pachydermatis extract in the response of macrophages to infection by E. cuniculi. To this end, a suspension of M. pachydermatis was boiled for 30 minutes, filtered and used as an extract to stimulate macrophage of the Raw 264.7 lineage. Subsequently, macrophages were infected with spores of E. cuniculi (2: 1) and evaluated at 15, 30, 60 minutes and 48 hours. The amount of hydrogen peroxide was measured in macrophages cultures. The supernatant was subjected to nitric oxide analysis. Calcofluor was stained with phagocytic E. cuniculi spores and the phagocytic index (IF) and phagocytic capacity (CF) were determined. Microbicidal and phagocytic activity was evaluated by transmission electron microscopy (MET). The untreated macrophages had CF, IF, and larger amounts of phagocytosed spores than those treated, but by MET it was observed that in macrophages treated the microbicidal activity was faster, since in the phagocytic vacuoles there were few spores in different degrees of degeneration and few amount of amorphous material. The treated macrophages had higher production of hydrogen peroxide and increased cytokine secretion, with the exception of TNF-α, which decreased in 15 minutes. Taken together, these results demonstrated that treatment with the extract of M. pachydermatis was able to increase the microbicidal and phagocytic activity of macrophages infected with E. cuniculi.
Encephalitozoon cuniculi;Malassezia extract;macrophages;phagocytosis;cytokines
01
26
PORTUGUES
UNIVERSIDADE PAULISTA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

PATOLOGIA AMBIENTAL E EXPERIMENTAL
PATOGENIA DAS ENFERMIDADES INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS
AVALIAÇÃO DA IMUNIDADE CONTRA MICROSPORÍDIOS EM MODELOS BIOLÓGICOS EXPERIMENTAIS

Banca Examinadora

MARIA ANETE LALLO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
ANUSKA MARCELINO ALVARES SARAIVA Participante Externo
DIVA DENELLE SPADACCI MORENA Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Sim