Governo Federal

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
PLANEJAMENTO E DINÂMICAS TERRITORIAIS NO SEMIÁRIDO (23002018070P0)
PERÍMETRO IRRIGADO TABULEIRO DE RUSSAS - CE: IMPACTOS NA CONFIGURAÇÃO DA TERRITORIALIDADE LOCAL
MAXILON RUFINO DA SILVA
DISSERTAÇÃO
30/10/2017

O estudo aqui apresentado parte de dois questionamentos, a saber: o primeiro está diretamente ligado à necessidade de compreender os reais propósitos sociais, políticos e econômicos que está por traz da implantação do Perímetro Irrigado do Tabuleiro de Russas – CE. O referido perímetro está localizado entre os municípios de Russas, Limoeiro e Morada Nova, ambos localizados no Estado do Ceará. O segundo questionamento busca entender como as comunidades locais foram atingidas de forma direta e indireta, discutindo os impactos na configuração territorial provocada pela implantação do perímetro. Dentro dessa mesma discussão, este estudo, busca discutir como essas comunidades se organizaram para promover a resistência quanto à forma de conceber e praticar as politicas do Estado. Para buscar compreender o primeiro questionamento foi necessário entender que um projeto dessa natureza atende a um propósito vinculado ao contexto dos anos 70, que por sua vez tinha como objetivo, através da intervenção do Estado, transferir a modernidade ao setor agrícola, com o advento de novas técnicas de irrigação. No limiar dessa discussão, buscamos entender de fato quem são os verdadeiros beneficiados com essa modernização. Afinal de contas, até que ponto essa modernização promove o advento do novo, sem transformar as velhas estruturas, promovendo o que alguns autores chamam de “modernização conservadora”? Partindo da premissa, apontada pelas pesquisas já existentes, (FREITAS, 2010; ALVES, 2012; BRAGA, 2010), que tais projetos causam profundos impactos territoriais, tendo em vista que os mesmos foram concebidos pela perspectiva territorial econômica (HASBAERT, 2001; FERNANDES, 2007), gerando assim a tensão natural de atores sociais com interesses divergentes, o foco dessa pesquisa é a dimensão social desses impactos, mais precisamente a expropriação sofrida pelos moradores locais. Para o levantamento de dados da pesquisa em fontes primárias, foi realizada uma entrevista semiestruturada, com representante de dois segmentos sociais locais: pequenos agricultores e representantes dos sindicatos e associações de moradores e produtores. As fontes secundárias têm como base os livros, revistas impressas e eletrônicas, periódicos, jornais, sites, teses e dissertações, artigos, monografias, entre outros. Tais pesquisas nos propiciaram diversas constatações, entre elas destacamos o enorme abismo entre a proposta do projeto de irrigação e o seu real impacto na vida dos moradores locais. Constatamos ainda que a comunidade local demonstrou ao longo dos anos de implantação do projeto de irrigação uma enorme capacidade de organização social e resistência através de mobilizações e pressões junto aos órgãos governamentais, bem como através das formas alternativas de se organizarem para promover a produção econômica e social.

politica de irrigação;perímetro irrigado;conflitos territoriais;movimentos sociais de resistência.
The study presented here is based on two questions, namely: the first one is directly related to the need to understand the real social, political and economic purposes behind the implantation of the Irrigated Perimeter of Tabuleiro de Russas - CE. This perimeter is located among the cities of Russas, Limoeiro and Morada Nova, all of them located in the State of Ceará. The second question seeks to understand how the local communities were affected directly and indirectly, discussing the impacts on the territorial configuration caused by the implantation of the perimeter. Within this same discussion, this study seeks to discuss how these communities organized themselves to promote the resistance in the way of conceiving and practicing the policies of State. In order to understand the first question, it was necessary to understand that a project of this type, meets a purpose bound to the context of the 1970s, which had in turn, as its objective, through intervention of State, to transfer the modernity to the agricultural sector, with the advent of new irrigation techniques. At the threshold of this discussion, we seek understand actually who will be the real beneficiaries of this modernization. After all, to what extent does this modernization promote the advent of the new, without transforming the old structures, promoting what some authors call "conservative modernization"? Based on the premise, as pointed out by the already existing researches (FREITAS, 2010; ALVES, 2012; BRAGA, 2010), these projects cause profound territorial impacts, considering that they were conceived by the economic territorial perspective (HASBAERT, 2001; FERNANDES, 2007), thus generating the natural tension of social actors with divergent interests, the focus of this research is the social dimension of these impacts, more precisely the expropriation suffered by the local residents. In order to collect data from the primary sources, a semi-structured interview was conducted with representatives of two local social segments: small farmers and representatives of unions and associations of residents and producers. Secondary sources are based on books, printed and electronic magazines, periodicals, newspapers, websites, theses and dissertations, articles, monographs, among others. Such research has provided us with a number of findings, including the enormous gulf between the irrigation project proposal and its real impact on the lives of local residents. We also note that the local community has demonstrated through the years of implementation of the irrigation project an enormous capacity for social organization and resistance through mobilizations and pressures with government agencies, as well as through alternative ways of organizing to promote economic production and social.
irrigation policy;irrigated perimeter;territorial conflicts;social movements of resistance.
ÚNICO
143
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

Contexto

Território do Semiárido
DINÂMICAS TERRITORIAIS NO SEMIÁRIDO
-

Banca Examinadora

JOAO FREIRE RODRIGUES
Sim
Nome Categoria
CICERO NILTON MOREIRA DA SILVA Docente
LUDIMILLA CARVALHO SERAFIM DE OLIVEIRA Participante Externo

Vínculo

Servidor Público
Empresa Pública ou Estatal
Ensino e Pesquisa
Sim