Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
MEDICINA TRANSLACIONAL (33009015069P4)
AVALIAÇÃO DOS NÍVEIS SÉRICOS DE sCD40, sCD40L E s4-1BB NA INSUFICIÊNCIA CARDÍACA AVANÇADA E APÓS O TRANSPLANTE CARDÍACO
VERONICA SOARES MONTEIRO
TESE
20/12/2017

Introdução: Insuficiência cardíaca (IC) é um dos principais problemas de saúde pública em todo o mundo. Embora grandes avanços tenham sido alcançados no tratamento, o prognóstico da IC avançada é reservado, sendo o transplante cardíaco a principal terapia para esse estágio de doença. A rejeição tem grande responsabilidade na mortalidade dos pacientes transplantados e o método de diagnóstico é invasivo por meio de biópsia endomiocárdica. Sabe-se da associação da resposta inflamatória tanto na doença cardiovascular como no desenvolvimento de rejeição de órgãos. Objetivo: Avaliar os níveis séricos de sCD40, sCD40L e s4-1BB na insuficiência cardíaca avançada e após o transplante cardíaco. Métodos: Foram estudados prospectivamente 38 pacientes com IC e submetidos a transplante cardíaco no período de setembro de 2015 a setembro de 2016 no Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP). Quinze pacientes tiveram marcadores inflamatórios dosados antes e após o transplante e vinte e três tiveram a dosagem apenas no pós-tranplante. Destes, seis pacientes foram incluídos no estudo pela suspeita de rejeição ao enxerto. O grupo controle foi composto por 19 indivíduos saudáveis com idade entre 18 e 49 anos sem história clínica de doença cardiovascular ou outras comorbidades. A dosagem no plasma de s4-1BB, sCD40L e sCD40 foi realizada por enzyme linked immunosorbent assay (ELISA). Testes de Mann-Whitney foram usados para análise de medianas entre os grupos e de Wilcoxon para análise pareadas. As variáveis de distribuição normal foram apresentadas em média e desvio padrão. Foi utilizado o teste t para a comparação das médias entre grupos. Foi considerado significante valores de p<0.05. A análise estatística foi realizada através do GraphPadPrism v6.0 Resultado: A rejeição ocorreu em 2 (6,26%) dos pacientes estudados dentro dos primeiros 30 dias após o transplante cardíaco e em 4 pacientes após este período. Não houve diferença significativa entre idade, sexo, comorbidades como hipertensão ou diabetes e etiologia da miocardiopatia dilatada nos grupos com e sem rejeição. Níveis séricos de sCD40, sCD40L e s4-1BB foram significativamente maiores nos pacientes com IC avançada com relação aos controles saudáveis (p < 0,0001 para todos). Em relação ao diagnóstico de rejeição, não houve diferença nos níveis séricos sCD40 (p = 0,74) e sCD40L (p = 0,44) entre os grupos com e sem rejeição. Os níveis de s4-1BB foram reduzidos de forma significativa nos pacientes com rejeição aguda quando comparados ao grupo sem rejeição (p = 0,02). Os índices sCD40/PCR e s4-1BB/PCR foram significativamente elevados no grupo com rejeição (p = 0,02 e p = 0,0001). Conclusão: Concluiu-se que o sCD40, sCD40L e s4-1BB são marcadores de doença cardíaca descompensada. O 4-1BB pode ser um potencial biomarcador de rejeição aguda ao enxerto. A associação de sCD40 e s4-1BB com a proteína C reativa apresenta ser um boa estratégia para a análise de rejeição no pós transplante cardíaco.

Insuficiência cardíaca;Antígenos CD40;Ligante de CD40;Antígenos CD137;Rejeição de enxerto;Transplante de coração
Heart failure is one of the most important problems in public health. Although big advances had been reached in treatment, the prognosis of advanced heart failure is still reserved and the heart transplant is the main therapy for this stage of disease. Allograft rejection is responsible for mortality in transplantation patients and the diagnosis of this complication is made through an invasive diagnostic method – the cardiac biopsy. The inflammatory response has been described in cardiovascular disease and in allograft rejection process. The objective of this study is to evaluate levels of sCD40, sCD40L and s4-1BB in advanced heart failure and post heart transplant. The study population comprised 38 patients undergoing heart transplant between September, 2015 and September, 2016 at Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP), Recife, Pernambuco, Brazil. Fifteen patients had biomarkers dosed before heart transplant and twenty three patients had dosed just after procedure. In this group, four patients were enrolled in the study for clinical suspicion of rejection confirmed by cardiac biopsy and other two patients were submitted to biopsy before 30 days of transplant because had clinical suspicion of rejection. Nineteen health persons composed the control group with age between 18 and 49 years. Plasma dosage of sCD40, sCD40L e s4-1BB was made by enzyme linked immunosorbentassay (ELISA). Mann-Whitney test, Wilcoxon and t test were used to analyse dates. Statistical analysis used GraphPad®Prism6 and the value p< 0,05 was considered statistical significant. Allograft rejection occurred in 6,26% of studied patients. There was no statistical difference in age, sex, comorbities as hypertension, diabetes or etiology of cardiomyopathy. Serum levels of sCD40, sCD40L e s4-1BB were higher in patients with advanced heart failure comparing to controls (p< 0,0001). There was no difference in these levels of sCD40 (p = 0,74) e sCD40L (p = 0,44) between groups with and without rejection. Levels of s4-1BB were significantly lower in patients with allograft rejection (p= 0,02).The sCD40/PCR and s4-1BB/PCR indexs were significantly higher in the group of patients with allograft rejection (p = 0,02 e p = 0,0001). We concluded that sCD40, sCD40L e s4-1BB are biomarkers of severe heart failure. The serum level of s4-1BB could be a potential biomarker of allograft rejection and the association of sCD40 and s4-1BB with PCR could be a better strategy to this.
Heart faliure;sCD40;CD40L;CD-137;Allograft rejection;Heart transplant
55
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

IDENTIFICAÇÃO E MONITORAÇÃO DE PROCESSOS PATOLÓGICOS
INVESTIGAÇÃO FUNCIONAL E IMAGÉTICA DOS ÓRGÃOS E SISTEMAS
-

Banca Examinadora

ANGELO AMATO VINCENZO DE PAOLA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
FLAVIO ROBERTO AZEVEDO DE OLIVEIRA Participante Externo
DANIELLE MENOR VASCONCELOS Participante Externo
SANDRO GONCALVES DE LIMA Participante Externo
SILVIA MARIA LUCENA MONTENEGRO Participante Externo

Vínculo

CLT
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim