Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
PEDIATRIA E CIÊNCIAS APLICADAS À PEDIATRIA (33009015019P7)
MARCHA EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM DOR MUSCULOESQUELÉTICA IDIOPÁTICA
MARIA DA CONCEICAO RODRIGUES GONCALVES DA COSTA
DISSERTAÇÃO
24/11/2017

Objetivo: Estudar a marcha de crianças e adolescentes com dor musculoesquelética idiopática (DMEI) por meio de baropodometria dinâmica. Metodologia: Foram incluídos 32 pacientes com DMEI acompanhados em uma clínica especializada em dor e 32 controles sem história de dor musculoesquelética, homogêneos por idade, gênero, classe social e Índice de Massa Corpórea (IMC). Todos os participantes foram avaliados quanto à intensidade da dor musculoesquelética mediante a Escala Visual Analógica (EVA), sendo 0 (zero) = nenhuma dor e 10 (dez) = muita dor, e foram submetidos à avaliação da marcha por meio da baropodometria dinâmica (FootWalk Pro, AMcube®, Gargas, França). Resultados: A média de idade do grupo DMEI foi de 13,6 anos (DP = 2,1; variação 9,8 – 16,9) e a média de idade do grupo controle foi de 13,5 anos (DP = 2,0; variação 9,6 – 16,5). A média da nota da escala de dor dos pacientes foi de 5,4. Com relação à marcha, foi observado que a velocidade média do pé direito do grupo DMEI foi significativamente menor que a do grupo controle (p = 0,034), o tempo do passo do grupo DMEI foi significativamente maior que o do grupo controle (p = 0,003) e a cadência do grupo DMEI foi significativamente menor que a do grupo controle (p = 0,001). Conclusão: Crianças e adolescentes com DMEI apresentam alterações da marcha quando submetidos à baropodometria dinâmica.

Dor Musculoesquelética;Crianças;Adolescentes;Marcha
Objective: To study the gait of children and adolescents with idiopathic musculoskeletal pain (IMSP) through dynamic baropodometry. Method: We included 32 patients with IMSP followed at a specialized pain clinic and 32 controls with no history of musculoskeletal pain, matched by age, sex, social class and Body Mass Index (BMI). All participants have been evaluated for the intensity of musculoskeletal pain through a Visual Analogue Scale (VAS), with 0 (zero) = no pain and 10 (ten) =, much pain and have undergone gait evaluation through dynamic baropodometry (FootWalk Pro, AMcube®, Gargas, France). Results: The mean age of the IMSP group was 13.6 years (SD = 2.1; variation 9.8–16.9) and the mean age of the control group was 13.5 years (SD = 2.0; variation 9.6–16.5). The mean pain scale for the patients was 5.4. Regarding gait, we observed that the mean right foot velocity of the IMSP group was significantly lower than that of the control group (p = 0.034), the step time of the IMSP group was significantly higher than that of the control group (p = 0.003) and the cadence of the IMSP group was significantly lower than that of the control group (p = 0.001). Conclusion: Children and adolescents with IMSP present gait alterations when submitted to dynamic baropodometry.
Musculoskeletal pain;children, adolescents;gait
01
33
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

PEDIATRIA E CIÊNCIAS APLICADAS À PEDIATRIA
FISIOLOGIA, EPIDEMIOLOGIA DAS AFECÇOES RESPIRATORIAS, ALERGICAS, IMUNOLOGICAS E INFLAMATORIAS
DOENÇAS AUTO-IMUNES E DO APARELHO LOCOMOTOR EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES -

Banca Examinadora

CLAUDIO ARNALDO LEN
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
ANA LUCIA GOULART Participante Externo
CLOVIS ARTUR ALMEIDA DA SILVA Participante Externo

Vínculo

CLT
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim