Dados do Trabalhos de Conclusão

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS
CIÊNCIA ANIMAL TROPICAL (16003012002P0)
Níveis dietéticos de suplementação de vitaminas lipossolúveis e hidrossolúveis para frangos de corte
FLAVIA LUZIA RODRIGUES FONSECA
TESE
12/09/2017

Objetivou-se avaliar os níveis de suplementação de vitaminas lipossolúveis e hidrossolúveis sobre o desempenho e qualidade de carne de frangos de corte de 8 a 37 dias de idade. Foram utilizados 1080 frangos de corte machos, Cobb 500, composto por 5 tratamentos, 12 repetições e 18 aves por unidade experimental e adotado o delineamento em blocos casualizado, considerando o princípio do controle do local por não apresenta uniformidade em relação à luminosidade e temperatura. Os tratamentos foram constituídos por cinco níveis de suplementação de vitaminas (25; 50; 100; 200; 400%), onde o nível de 100% correspondeu as recomendações das tabelas brasileiras para aves e suínos do ano de 2011. Foram avaliados o desempenho (ganho de peso, consumo de ração e conversão alimentar), a viabilidade, índice de eficiência produtiva e qualidade de carne (perdas liquidas de água por descongelamento e cocção, coloração e oxidação lipídica). Os níveis de suplementação de vitaminas lipossolúveis e hidrossolúveis influenciaram de modo quadrático (p<0,05) o ganho de peso, o consumo de ração, a conversão alimentar, o peso aos 37 dias, o índice de eficiência produtiva e a viabilidade dos 8 a 37 dias de idade, não havendo efeito (p>0,05) sobre a viabilidade das aves nas fases de 8 a 22 e 22 a 37 dias de idade. Observou-se efeito linear sobre o peso de carcaça e peso de peito e de forma quadrática sobre o rendimento de peito. Os níveis de suplementação de vitaminas não influenciaram (p>0,05) as perdas liquidas de água por descongelamento e cocção da carne do peito, os valores de vermelho (a*) e a luminosidade (*L), havendo efeito (p<0,05) sobre o teor de amarelo (b*). Da mesma forma, não foram observados interação (p>0,05) entre os níveis de suplementação de vitaminas e o tempo de prateleira sobre a oxidação lipídica, porém houve diferença (p<0,05) no tempo de armazenagem do processo de oxidação lipídica na carne do peito. A recomendação de vitaminas lipossolúveis e hidrossolúveis foi de 169,68% nas rações de frangos de corte de 8 a 37 dias, correspondendo a 20362 UI de vitamina A; 5158 UI de vitamina D; 76,36 UI de vitamina E; 4,07 mg de vitamina K; 5,43 de vitamina B1; 13,57 mg de vitamina B2; 81,45 mg de vitamina de Ácido Nicotínico; 27,15 mg de vitamina de Ácido Pantotênico; 7,60 mg de vitamina de B6; 0,03 mg de vitamina B12; 1,90 mg de Ácido Fólico e 0,190 mg de Biotina por kg de ração.

desempenho, micronutrientes, oxidação, qualidade de carne
The objective of this study was to evaluate the levels of fat-soluble and water-soluble vitamins on the performance and quality of broiler meat from 8 to 37 days of age. A total of 1080 male broiler, Cobb 500, composed of 5 treatments, 12 replicates and 18 birds per experimental unit were used and the randomized block design was used, considering the principle of site control because it does not show uniformity in relation to luminosity and temperature. The treatments consisted of five levels of vitamin supplementation (25, 50, 100, 200, 400%), where the 100% level corresponded to the recommendations of the Brazilian tables for poultry and pork of the year 2011. The performance weight gain, feed intake and feed conversion), viability, production efficiency index and meat quality (net losses of water by thawing and cooking, coloration and lipid oxidation). Supplementation levels of liposoluble and water soluble vitamins influenced in a quadratic manner (p <0.05) the weight gain, feed intake, feed conversion, weight at 37 days, the productive efficiency index and the viability of the 8 to 37 days of age, with no effect (p> 0.05) on the viability of the birds in the phases of 8 to 22 and 22 to 37 days of age. There was a linear effect on carcass weight and breast weight and quadratic form on chest yield. Vitamin supplementation levels did not influence (p> 0.05) the net losses of water by thawing and cooking of the meat, the values of red (a *) and luminosity (* L) 0.05) on the yellow (b *) content. Likewise, no interaction (p> 0.05) was observed between vitamin supplementation levels and shelf life on lipid oxidation, but there was a difference (p <0.05) in the storage time of the oxidation process in the flesh of the breast. The recommendation of liposoluble and water-soluble vitamins was 169.68% in broiler diets of 8 to 37 days, corresponding to 20362 IU of vitamin A; 5158 IU of vitamin D; 76.36 IU of vitamin E; 4.07 mg of vitamin K; 5.43 vitamin B1; 13.57 mg of vitamin B2; 81.45 mg Nicotinic acid vitamin; 27.15 mg of vitamin Pantothenic acid; 7.60 mg vitamin B6; 0.03 mg of vitamin B12; 1.90 mg of Folic Acid and 0.190 mg of Biotin per kg of feed.
performance, micronutrientes, oxidation, meet quality
1
59
PORTUGUES
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

PRODUÇÃO ANIMAL
TECNOLOGIAS PARA PRODUÇÃO ANIMAL NO BIOMA AMAZÔNIA
Alb - Avaliação das Recomendações do Níveis Dietéticos de Vitaminas para Frangos de Corte

Banca Examinadora

LUIZ FERNANDO TEIXEIRA ALBINO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
ROBERTA GOMES MARCAL VIEIRA VAZ Docente - PERMANENTE
IBERE PEREIRA PARENTE Participante Externo
KENIA FERREIRA RODRIGUES Docente - PERMANENTE
VALDIR RIBEIRO JUNIOR Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 48

Vínculo

Colaborador
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim