Governo Federal

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
SAÚDE COLETIVA (33009015067P1)
O caminho das pedras: cultura de uso de crack em Pernambuco
RENATA BARRETO FERNANDES DE ALMEIDA
TESE
10/02/2017

Nas últimas décadas, o consumo de drogas tem tomado dimensões preocupantes, com graves consequências para o indivíduo, sua família e comunidade, comprometendo as diversas interfaces da vida cotidiana. O crack emergiu no Brasil no final da década de 1980, apresentando-se como um fenômeno de rápida expansão. Várias pesquisas veem apontando para uma estreita relação entre o uso dessa droga e situações de vulnerabilidade vivida por essas pessoas. Considerando a relevância da questão, o presente trabalho objetivou descrever a cultura de uso do crack no Estado de Pernambuco, considerando o conjunto de conhecimentos, práticas e visões de mundo compartilhadas por esses usuários. Para o desenvolvimento do estudo foi utilizada uma metodologia qualitativa por meio de entrevistas semiestruturadas realizadas com 39 pessoas maiores de 18 anos, que faziam uso de crack atendidas no Programa ATITUDE – Programa de atenção integral aos usuários de drogas e seus familiares, da Secretaria Executiva de Políticas sobre Drogas de Pernambuco. Trata-se de um estudo exploratório acerca dos diversos aspectos relacionados à cultura de uso de crack. A análise dos dados coletados foi realizada com base na técnica de análise de conteúdo, utilizando o software NVivo 10.0. Os resultados revelaram como os aspectos relacionados ao contexto social do consumo do crack têm estreita relação com o aumento de situações de vulnerabilidade vividas por esses usuários. Vários são os fatores que levam as pessoas a usarem o crack, porém a curiosidade e a influência dos amigos foram os mais presentes. Os entrevistados descreveram preferir usar o crack sozinhos, em cachimbos artesanais, sem a mistura com outras drogas. A dependência do crack foi vivenciada por quase todos os entrevistados. Poucos participantes acreditam na possibilidade de um uso controlado do crack. A compulsão é uma característica bem presente nos relatos. Diante do consumo abusivo do crack percebeu-se o grande envolvimento com atos ilícitos para obter a droga. Sob efeito da fissura e com o objetivo de continuar o uso, foi comum a descrição de atividades ilícitas de rápido retorno financeiro, gerando, além de significativo comprometimento moral e social, importante risco à vida dos entrevistados. Situações conflitantes entre os usuários e riscos eminentes de morte ou prisão estiveram presentes em vários relatos, apontando para a necessidade de intervenções do poder público. Finalmente, é importante destacar que as pesquisas qualitativas relacionadas ao consumo de crack no Brasil ainda são escassas. Diante da complexidade dessa problemática, maiores investimentos científicos precisam ser priorizados para que políticas públicas de atenção aos usuários de crack possam ser repensadas e melhor elaboradas para atender todas as particularidades relacionadas à atenção integral dessas pessoas.

Cocaína/crack;Cultura de uso;Vulnerabilidade;Exclusão Social
In the last decades, drug use problems had became worrying, with serious consequences for the individual, his family and community, compromising the daily life of hundreds. Crack cocaine consumption emerged in Brazil in the late 1980's, and rapidly the phenomenon expanded and spreaded in whole country. Several researches point to a close relationship between the use of this drug and situations of vulnerability experienced by users. Considering the relevance of the issue, our work aimed to describe the culture of crack cocaine use in the State of Pernambuco, taking into account the set of knowledge, practices and worldviews shared by these users. For the development of this study we used a qualitative approach in which 39 semi-structured interviews of people over 18 years who used crack cocaine attended in the ATTITUDE Program – Comprehensive Care Program for Drug Users and their Families, managed by the Executive Secretary on Drug Policy of Pernambuco. It is an exploratory research on various aspects related to the culture of crack cocaine use. The analysis of the narrative data was performed based on the technique of content analysis, using the software NVivo v. 10.0. The results revealed the relationship between the social context in crack cocaine use and the increase of vulnerability situations experienced by these users. Several factors lead people to use the drug, but the curiosity and influence of friends were the most common. The interviewees described preference to use crack cocaine by oneself, in handmade pipes, without mixing of other drugs. The addiction on crack cocaine was observed in almost all the interviewees. Just few participants believed in the possibility of a controlled use of the drug. Compulsive use in binge pattern, and evolving with illicit or criminal acts to obtain the drug was recorded. Some criminal activities were informed to be realized on craving behavior to get fast financial return and to obtain the drug. Conflictive situations among users and imminent threats of death or imprisonment were observed in several reports. Finally, it is important to note that qualitative research related to crack consumption in Brazil is still scarce. Given the complexity of this problem, larger scientific investments need to be done to subsidize public policies on care and treatment turned to crack cocaine users attention to crack users.
Crack/cocaine;Drug use culture;Vulnerability;Social exclusion
1
172
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO

Contexto

CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS EM SAÚDE
CORPO, SAÚDE E DOENÇA.
TECNOLOGIA E SAÚDE

Banca Examinadora

SOLANGE APARECIDA NAPPO
Sim
Nome Categoria
MARCELO DALLA VECCHIA Participante Externo
LUCIO GARCIA DE OLIVEIRA Participante Externo
MARISTELA DE MELO MORAES Participante Externo
EROY APARECIDA DA SILVA Participante Externo

Vínculo

Servidor Público
Empresa Pública ou Estatal
Ensino e Pesquisa
Não