Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA
CIENCIA ANIMAL (41002016008P3)
IDENTIFICAÇÃO DOS FATORES DE RISCO ASSOCIADOS A OCORRÊNCIA DE HIPERQUERATOSE NA EXTREMIDADE DOS TETOS EM REBANHOS LEITEIROS
LEONARDO LEITE CARDOZO
TESE
31/08/2017

CARDOZO, Leonardo Leite. Identificação dos fatores de risco associados a ocorrência de hiperqueratose na extremidade dos tetos em rebanhos leiteiros. 2017. 167p. Tese (Doutorado em Ciência Animal) – Universidade do Estado de Santa Catarina. Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV/UDESC), Lages, SC, 2017. Atualmente a melhoria da qualidade do leite é uma das principais prioridades da cadeia produtiva leiteira. Dentre os indicadores de qualidade, a elevada contagem de células somáticas (CCS), consequente das infecções intramamárias, apresenta-se como um dos maiores desafios. Um dos fatores relacionados à ocorrência destas infecções é a presença de hiperqueratose na extremidade dos tetos, cujos fatores causais ainda são poucos pesquisados, destacando-se ainda a falta de estudos mais aprofundados. Desta forma, para melhorar a razão da adoção de medidas de controle e consequentemente a redução na incidência de casos clínicos e subclínicos de mastite, é importante definir estratégias de melhoria da qualidade do leite, com foco principal na saúde da glândula mamária. O objetivo desta pesquisa foi identificar os principais fatores de risco associados à ocorrência de hiperqueratose na extremidade dos tetos em rebanhos leiteiros. Foram realizados quatro estudos: fatores associados a ocorrência de hiperqueratose; fatores relacionados a conformação dos tetos e saúde da glândula mamária; dinâmica da hiperqueratose; e fatores relacionados à ordenha robótica. A pesquisa foi realizada em 17 rebanhos leiteiros, localizados nas mesorregiões do Sul, Meio-oeste, Oeste e Serrana de Santa Catarina e no município de Castro/PR. Na avaliação sobre os fatores associados a ocorrência de hiperqueratose foram colhidas informações sobre a caracterização das propriedades leiteiras e seus programas de manejo a partir de questionário aplicado aos produtores, bem como através do acompanhamento das propriedades. No estudo dos fatores relacionados a conformação dos tetos e saúde da glândula mamária foram realizadas avaliações da conformação dos tetos, assim como, a identificação dos principais agentes patogênicos envolvidos com a presença de hiperqueratose, através de coletas de amostras de leite e swabs da extremidade dos tetos. Para determinar a dinâmica da hiperqueratose foi realizado estudo longitudinal da ocorrência de hiperqueratose entre uma lactação e a subsequente. Na avaliação da ordenha robótica e a relação da ocorrência da hiperqueratose foram avaliados neste estudo fatores relacionados à ordenha, aspectos fisiológicos das vacas, saúde da glândula mamária e profundidade do úbere em sistema de ordenha robotizada (SOR). Os dados foram avaliados através de análise uni e multivariada, utilizando-se o pacote estatístico SAS (SAS INSTITUTE, 1999). Propriedades que adotam esquema periódico de manutenção dos equipamentos de ordenha, assim como, aquelas que possuem extrator automático das unidades de ordenha e não usam selante interno dos tetos apresentam menor ocorrência de hiperqueratose na extremidade dos tetos. Vacas com estágio de lactação e idade avançados e com elevada produção individual de leite apresentam maior ocorrência de hiperqueratose na extremidade dos tetos. Não ocorre relação da hiperqueratose com as características de conformação dos tetos e com infecções por agentes patogênicos da mastite. Ocorre resolução da hiperqueratose entre uma lactação e a subsequente. Vacas com duração de ordenha mais longa e com maior número de ordenhas diárias apresentam maior escore de hiperqueratose e vacas com úberes mais profundos apresentam menores escore médio de hiperqueratose e intervalos de ordenha maiores. Desta forma, para melhorar a razão da adoção de medidas de controle e consequentemente a redução na incidência de casos clínicos e subclínicos de mastite, é importante definir estratégias de melhoria da qualidade do leite, com foco principal na saúde da glândula mamária.

Qualidade do leite;Contagem de células somáticas;Mastite;Esfíncter do teto;Glândula mamária
CARDOZO, Leonardo Leite. Identification of the risk factors associated with the occurrence of teat end hyperkeratosis in dairy herds. 2017.167. 167P. Thesis (Doctorate in Animal Science) - University of the State of Santa Catarina. Agroveterinárias Science Center (CAV/UDESC), Lages, SC, 2017. Currently the improvement of milk quality is one of the main priorities of the milk production chain. Among the quality indicators, the high somatic cell count (SCC), as a result of intramammary infections, is one of the major challenges. One of the factors related to the occurrence of these infections is the presence of teat end hyperkeratosis, whose causal factors are still poorly researched, as well as the lack of more depth studies. Thus, to improve the reason for the adoption of control measures and consequently the reduction in the incidence of clinical and subclinical cases of mastitis, it is important to define strategies to improve milk quality, with a primary focus on mammary gland health. The objective of this research was to identify the main risk factors associated with the occurrence of teat end hyperkeratosis in dairy herds. Four studies were performed: factors associated with the occurrence of hyperkeratosis; factors related to the teat conformation and the mammary gland health; dynamics of hyperkeratosis; and factors related to robotic milking. The research was carried out in 17 dairy herds, located in the mesoregions of the South, Midwest, West and Serrana of Santa Catarina State and in the county of Castro/PR. In the evaluation of the factors associated with the occurrence of hyperkeratosis, information on the characterization of dairy farms and their management programs was collected from a questionnaire applied to producers, as well as by monitoring the properties. In the study of the factors related to the teat conformation and the mammary gland health, the evaluation of the teat conformation was carried out, as well as the identification of the main pathogens involved in the presence of hyperkeratosis through milk samples and swabs from the teat end. To determine the dynamics of hyperkeratosis, a longitudinal study of the occurrence of hyperkeratosis between one and subsequent lactation was performed. In the evaluation of robotic milking and the relation of the occurrence of hyperkeratosis, factors related to milking, physiological aspects of cows, mammary gland health and udder depth were evaluated in this study in automatic milking system (AMS). The data were evaluated through uni and multivariate analysis, using the statistical package SAS (SAS INSTITUTE, 1999). Properties that adopt a periodic scheme of maintenance of the milking equipment, as well as those that have automatic cluster removers of the milking units and do not use internal sealant of the teat present less occurrence of teat end hyperkeratosis. Cows with advanced stage of lactation and age and with high individual milk production present a higher occurrence of teat end hyperkeratosis. There is no relation of hyperkeratosis with the teat conformation traits and with infections by pathogens of mastitis. There is resolution of hyperkeratosis between one lactation and subsequent lactation. Cows with longer milking duration and higher number of daily milks present higher hyperkeratosis scores and cows with deeper udders present lower average hyperkeratosis scores and larger milking intervals. Thus, to improve the reason for the adoption of control measures and consequently the reduction in the incidence of clinical and subclinical cases of mastitis, it is important to define strategies to improve milk quality, with a primary focus on mammary gland health.
Milk quality;Somatic cell count;Mastitis;Sphincter of teat;Mammary gland
1
167
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

PRODUÇÃO ANIMAL
GENÉTICA MELHORAMENTO E REPRODUÇÃO ANIMAL
Aspectos relacionados à qualidade do leite e sua relação com o manejo, alimentação e melhoramento genético em raças especializadas e seus cruzamentos

Banca Examinadora

ANDRE THALER NETO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
ELIANA KNACKFUSS VAZ Participante Externo
JOSE CARLOS DE FIGUEIREDO PANTOJA Participante Externo
VAGNER MIRANDA PORTES Participante Externo
IVAN PEDRO DE OLIVEIRA GOMES Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa Acordo Capes/FAPESC 46

Vínculo

CLT
Empresa Privada
Empresas
Sim