Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC
NANOCIÊNCIAS E MATERIAIS AVANÇADOS (33144010006P9)
SÍNTESE E CARACTERIZAÇÃO DE NANOPARTÍCULAS DE Ni EM MATRIZ DE CROMITA DE LANTÂNIO
VICTOR BURATTO TINTI
DISSERTAÇÃO
04/09/2017

A obtenção de nanopartículas por exsolução é uma técnica que tem sido extensivamente pesquisada e aprimorada recentemente. As partículas exsolvidas apresentam propriedades superiores quando comparadas às depositadas. O método de exsolução consiste na redução de íons previamente solubilizados em uma matriz, dando origem a partículas fortemente ligadas ao substrato. Materiais com composições (La1-xSrx)z(Cr1-yNiy)O3-δ (x e y = 0%, 5%, 10%, 15% e 20%; z = 100% e 80%) foram sintetizados, utilizando o método de polimerização de complexos. A resina produzida no processo de síntese foi analisada utilizando técnicas de análise térmica, tal que a temperatura de calcinação foi determinada sendo igual a 900 °C. Foi utilizada a técnica de difração de raios X para caracterização estruturas e identificação das fases presentes. Todas as amostras foram reduzidas com objetivo de criar, através de exsolução, nanopartículas de níquel metálico. Análises magnéticas foram conduzidas para determinar o comportamento magnético dos materiais produzidos. Materiais não estequiométricos foram sintetizados para verificar a influência de diferentes estequiometrias no processo de exsolução. O sitio A não estequiométrico prejudicou a solubilização do Ni e Sr na estrutura da cromita de lantânio. Todas as amostras com dopantes apresentaram uma diminuição da temperatura de Néel da cromita de lantânio. Entretanto, o tratamento de redução provocou um aumento da temperatura de Néel, se comparado com as amostras oxidadas. Esse é um indicativo da diminuição de concentração de níquel em solução sólida, um resultado condizente com o mecanismo de exsolução. Utilizando as medidas de magnetismo foi possível verificar o mecanismo de exsolução e fração mássica de níquel metálico para cada amostra. Utilizando técnicas de microscopia eletrônica foi possível detectar a presença de nanopartículas após o tratamento de redução com diâmetro de aproximadamente 20 nm. Ao realizar uma análise química local utilizando um microscópio eletrônico de transmissão, foi possível verificar que as partículas em questão são de níquel metálico.

cromita de lantânio;exsolução;magnetismo;refinamento Rietveld
The production of nanoparticles by exsolution is a technique that has been extensively researched and improved recently. Exsolved particles have superior properties when compared to deposited particles. The method of exsolution consists in the reduction of previously solubilized ions in a matrix, giving rise to particles strongly attached to the substrate. Materials with compositions (La1-xSrx)z(Cr1-yNiy)O3-δ (x and y = 0%, 5%, 10%, 15% and 20%, z = 100% and 80%) were synthesized using the polymerization of complexes technique. The resin produced in the synthesis process was analysed using thermal analysis and the calcination temperature was determined to be 900 ° C. The X-ray diffraction technique was used to characterize structures and identify the present phases. All samples were reduced in order to create nanoparticles of metallic nickel by exsolution. Magnetic analysis was conducted to determine the magnetic behaviour of the produced materials. Non-stoichiometric materials were synthesized to verify the influence of different stoichiometry in the exsolution process. Non-stoichiometric A site impaired the solubilisation of Ni and Sr in the lanthanum chromite structure. All samples with dopants showed a decrease in the temperature of Neel of the lanthanum chromite. However, the reduction treatment caused an increase in the Neel temperature when compared to the oxidized samples. This is indicative of the decrease in nickel concentration in solid solution, a result consistent with the exsolution mechanism. Using the measurements of magnetism it was possible to verify the mechanism of exsolution and mass fraction of metallic nickel for each sample. Using electron microscopy techniques it was possible to detect the presence of nanoparticles after the reduction treatment with a diameter of approximately 20 nm. When performing a local chemical analysis using a transmission electron microscope, it was possible to verify that the particles in question are of metallic nickel.
lanthanum chromite;exsolution;magnetism;Rietveld refinement
1
97
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

NANOCIÊNCIAS E MATERIAIS AVANÇADOS
MATERIAIS FUNCIONAIS AVANÇADOS
-

Banca Examinadora

DANIEL ZANETTI DE FLORIO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
ALEXANDRE JOSE DE CASTRO LANFREDI Docente - COLABORADOR
FABIO CORAL FONSECA Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - Pró reitoria de Pós Graduação 7
FUNDACAO DE AMPARO A PESQUISA DO ESTADO DE SAO PAULO - Bolsa de Mestrado 17

Vínculo

-
-
-
Não