Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
MEDICINA VETERINÁRIA ( CLÍNICA e REPRODUÇÃO ANIMAL) (31003010024P0)
Estudo da infecção por Giardia duodenalis em seres humanos, cães e gatos na cidade de Niterói, RJ através de métodos morfológicos, imunológicos e caracterização molecular multilocus de genótipos.
FLAVIA FERNANDES DE MENDONCA UCHOA
TESE
08/05/2017

A giardíase, doença negligenciada causada pelo protozoário Giardia duodenalis, é uma siginificante causa de doença diarreica em diversas espécies hospedeiras, tanto em países desenvolvidos quanto em desenvolvimento. Apesar de sua alta prevalência e importância em saúde pública, a caracterização molecular deste parasito ainda é escassa nas mais diversas regiões do Brasil. Prévios estudos demonstraram nesta espécie a existência de grupos genéticos distintos, que diferem em sua predileção por hospedeiros, sendo os genótipos A e B encontrados frequentemente em seres humanos e outras espécies de animais. No entanto, o seu papel como fontes de infecção humana permanece inexplicado, a despeito do reconhecimento do potencial zoonótico do parasito pela Organização Mundial de Saúde há mais de 30 anos. O presente trabalho objetivou realizar o estudo da infecção por Giardia duodenalis em seres humanos, cães e gatos na cidade de Niterói, RJ, através da avaliação de duas metodologias de coleta seriada de amostras fecais submetidas ao método de Faust et al. (1939), da detecção da presença de antígenos do protozoário em espécimes fecais através do ensaio imunoenzimático e do método imunocromatográfico, da detecção do DNA de Giardia duodenalis por técnica de Nested-PCR para os genes-alvo β-g, gdh e tpi e da caracterização “multilocus” dos isolados obtidos nestas amostras. Para a comparação dos métodos de coleta fecal, amostras de 133 pacientes (52 seres humanos, 60 cães e 21 gatos) colhidas em triplicada foram submetidas à técnica microscópica. Para a avaliação do desempenho dos métodos imunológicos de detecção, amostras pertencentes a 54 pacientes humanos, 24 cães e 18 gatos foram submetidas aos testes de ELISA e imunocromatografia. Para a caracterização genética do parasito foram utilizados espécimes fecais pertencentes a 53 seres humanos, 23 caninos e 17 felinos. O método de coleta seriado propiciou o aumento no número de amostras positivas em ambos os esquemas preconizados, concluindo-se que a sua utilização é capaz de aumentar a sensibilidade do método de Faust et al. (1939) em todas as espécies estudadas. A utilização de técnicas de detecção de antígeno fecal apresentou- se como uma boa opção diagnóstica. Após a realização das reações de PCR, foram obtidas sequências para pelo menos um locus genético em 16 amostras, sendo 12 humanas, três caninas e uma felina. As sequências obtidas das amostras humanas revelaram a presença das infecções pelos genótipos A e B nesta espécie hospedeira. Entre as amostras dos cães, apenas uma era pertencente ao genótipo espécie-específico (D), sendo as demais pertencentes ao genótipo A, assim como a amostra proveniente do gato. Desta forma, a ocorrência de amostras pertencentes ao mesmo genótipo em animais de companhia e seres humanos reforça a correlação entre as infecções em ambos os hospedeiros e a possibilidade da transmissão interespécies. Cistos; genotipagem; giardíase; imunodiagnóstico; Nested-PCR; zoonose;

Cistos;genotipagem;giardíase;imunodiagnóstico;Nested-PCR;zoonose
Giardiasis, a neglected disease caused by the protozoan Giardia duodenalis, is a significant cause of diarrheal disease in several host species in both developed and developing countries. Despite its high prevalence and importance in public health, the molecular characterization of this parasite is still scarce in the most diverse regions of Brazil. Previous studies have shown that there are distinct genetic groups that differ in their predilection for hosts, with genotypes A and B frequently found in humans and other animal species. However, their role as sources of human infection remains unexplained despite recognition of the zoonotic potential of the parasite by the World Health Organization for more than 30 years. The present work aimed to study Giardia duodenalis infection in human beings, dogs and cats in the city of Niterói, RJ Brazil, through the evaluation of two methodologies for serial collection of fecal samples submitted to the method of Faust et al. (1939), detecting the presence of protozoan antigens in fecal specimens using the immunoenzymatic assay and the immunochromatographic method and detecting Giardia duodenalis DNA by Nested-PCR technique targeting β-g, gdh and tpi genes and providing the multilocus characterization of the isolates obtained in these samples. For the comparison of fecal collection methods, samples of 133 patients (52 humans, 60 dogs and 21 cats) collected in triplicate were submitted to the microscopic technique. For the evaluation of the performance of the immunological methods of detection, samples from 54 human patients, 24 dogs and 18 cats were submitted to ELISA and immunochromatography tests. For the genetic characterization of the parasite, fecal specimens belonging to 53 humans, 23 canines and 17 felines were used. The serial collection method provided an increase in the number of positive samples in both schemes, concluding that its use is capable of increasing the sensitivity of the Faust et al. (1939) method in all species studied. The use of fecal antigen detection techniques was a good diagnostic option. After the PCR reactions, sequences were obtained for at least one genetic locus in 16 samples, 12 human, 3 canine and 1 feline. Sequences obtained from human samples revealed the presence of infections by genotypes A and B in this host species. Among the samples of the dogs, only one belonged to the speciesspecific genotype (D), the others belonging to genotype A, as well as the sample from the cat. Thus, the occurrence of samples belonging to the same genotype in companion animals and humans reinforces the correlation between infections in both hosts and the possibility of interspecies transmission. Cysts; genotyping; giardiasis; immunodiagnostic; Nested-PCR; zoonosis;
Cysts;genotyping;giardiasis;immunodiagnostic;Nested-PCR;zoonosis
01
212
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

CLÍNICA E REPRODUÇÃO ANIMAL
CLÍNICA DIAGNÓSTICA, PREVENTIVA E TERAPÊUTICA EM MEDICINA VETERINÁRIA.
GENOTIPAGEM DA GIARDIA LAMBLIA E SEU PERFIL ZOONÓTICO

Banca Examinadora

NADIA REGINA PEREIRA ALMOSNY
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
DANIELA LELES DE SOUZA Participante Externo
TERESA CRISTINA BERGAMO DO BOMFIM Participante Externo
HELENA KEIKO TOMA Participante Externo
ALOYSIO DE MELLO FIGUEIREDO CERQUEIRA Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 40

Vínculo

CLT
Empresa Privada
Ensino e Pesquisa
Sim