Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
SAÚDE ANIMAL NA AMAZÔNIA (15001016057P4)
Utilização do exame endoscópico e sua interface clínica-laboratorial em animais de companhia portadores de doenças gastrointestinais
DEBORA COSTABILE SOIBELMAN
DISSERTAÇÃO
14/02/2017

As avaliações endoscópicas do trato digestório podem se dividir na avaliação do trato digestório superior, avaliando esôfago, estômago e duodeno; e avaliação do trato digestório inferior, avaliando reto e segmentos do cólon e ceco. A avaliação endoscópica do trato digestório também possui a função terapêutica como a retirada de corpos estranhos e, colocação de sonda enteral gástrica. Em ambos, o procedimento permite avaliar em tempo real a integridade das mucosas, observar a presenças de alterações, além da obtenção de fragmentos de biópsia para estudo histopatológico de forma segura e minimamente invasiva. Esse estudo histopatológico é considerado padrão-ouro para o diagnóstico definitivo de doenças crônicas do trato gastrointestinal bem como neoplasias. As principais indicações em cães e gatos são a presença dos sinais clínicos de distúrbios gastrointestinais, sendo o vômito e a diarreia os sinais mais comumente reportados; seguido de dor abdominal, inapetência e perda de peso. Apesar de ser uma ferramenta de grande importância, há escassez de trabalhos sobre a ocorrência das doenças diagnosticadas. O objetivo do trabalho foi compilar os achados nos exames endoscópicos realizados em cães e gatos, com sinais clínicos compatíveis com doenças do sistema digestório, realizados entre Janeiro de 2014 e Junho de 2016, totalizando 182 exames. Para esse trabalho foram tabulados os achados macroscópicos e histopatológicos, além dos registros dos principais sinais clínicos reportados pelos tutores. A espécie em que se mais requisitou exames endoscópicos foi a canina com 86,3% (156 exames) dos casos. Dos 182 exames utilizados, 114 foram para finalidade diagnóstica (63%). Os animais acima dos sete anos de idade foram os que mais realizaram as endoscopias; sendo o paciente mais novo com dois meses e o mais idoso com 18 anos. Para finalidade diagnóstica, o sexo masculino (50,5%) foi um pouco mais representativo que o feminino. A êmese crônica foi o sinal clínico mais reportado pelos tutores, seguido de diarreia e perda de peso. Os pacientes sem raça definida, tanto na espécie canina como na felina foram os mais representativos. Na espécie canina, as raças Yorkshire, Bulldog francês e Poodle também tiveram boa amostragem. E na espécie felina, além dos sem raça definida somente a raça Siamês esteve presente. Hiperemia e edema foram as alterações mais observadas em estômago, duodeno e cólon sendo compatíveis com o diagnóstico endoscópico de inflamação crônica. Nas avaliações histopatológicas das amostras de biópsia o infiltrado linfoplasmocitário foi o mais diagnosticado. Através da endoscopia foi possível o diagnóstico histopatológico de Helicobacter spp em 17% dos estômagos avaliados, e o diagnóstico de linfangiectasia intestinal em 20% dos duodenos avaliados. O linfoma tipo MALT foi a neoplasia mais diagnostica pela histopatologia. E, através da endoscopia foi possível retirar os corpos estranhos em 79,6% dos casos sendo o tricobenzoar o material mais visualizado e retirado. A colocação de sonda gástrica enteral percutânea para alimentação enteral foi realizada em quatro pacientes.

Endoscopia;diagnóstico;histopatologia;vômito e diarreia
The endoscopic evaluations of digestive tract may be divided into the evaluation of the upper digestive tract, evaluating the esophagus, stomach and duodenum; and evaluation of the lower digestive tract, evaluating rectum, colon segments and cecum. The endoscopic evaluation of the digestive tract also has the therapeutic function as the removal of foreign bodies and placement of gastric enteral feeding tube. In both, the procedure allows to evaluate in real time the mucosal integrity, to observe the presence of alterations, besides obtaining fragments of biopsy for histopathological study in a safe and minimally invasive way. This histopathological study is considered gold standard for the definitive diagnosis of chronic diseases of the gastrointestinal tract as well as neoplasms. The main indications in dogs and cats ate the presence of clinical signs of gastrointestinal disorders, with vomiting and diarrhea being the most commonly reported signs, followed by abdominal pain, inappetence and weight loss. Despite being a tool of great importance, there is a shortage of article about the occurrence of the diagnosed diseases. The goal of this study was to compile the findings of endoscopic examinations performed in dogs and cats with clinical signs compatible with diseases of the digestive tract performed between January 2014 and June 2016, totaling 182 procedures. Macroscopic and histopathological findings were tabulated for this study, besides the data of the main clinical signs reported by the tutors. The species in which endoscopic examination was most requested was the canine with 86,3% of the cases (156 exams). Of the 182 examinations made, 114 were for diagnostic purposes (63%). Animals over seven years old were the ones who performed the most procedures; being the youngest patient with two months and the oldest patient with 18 years. For the diagnostic purpose, the male gender (50,5%) was slightly more representative than the female one. Chronic emesis was the most commonly reported clinical sign by tutors, followed by diarrhea and weight loss. Patient non-defined breed, both in canine and feline species, was the most representative one. In canine species, the Yorkshire, French Bulldog and Poodle also had sampling. And, in feline specie, in addition to non-defined breed, only Siameses breed ones was present. Hyperemia and edema were the most observed alterations in the stomach, duodenum and colon being compatible with the endoscopic diagnosis of chronic inflammation. In the histopathological evaluations of the biopsy specimens the lymphoplasmocytic infiltrate was the most diagnosed. Through the endoscopic exams was possible the histopathological diagnosis of Helicobacter spp in 17% of the stomach evaluated, and the diagnosis of intestinal lymphangiectasia in 20% of the duodenum evaluated. MALT-like lymphoma was the neoplasm most diagnosed by histopathology. And, through endoscopic exams it was possible to remove the foreign bodies in 79,6% of the cases, being the tricobenzoar the most visualized and removed. Placement of the percutaneous gastric enteral tube for feeding purpose was performed in four patients.
Endoscopy;diagnosis;histopathology;vomiting and diarrhea
01
88
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

SÁUDE ANIMAL
PROCESSO SAÚDE-DOENÇA NOS ANIMAIS
Enfermidades que acometem os animais domésticos e silvestres na região Amazônica

Banca Examinadora

JULIO ISRAEL FERNANDES
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
CRISTIANO CHAVES PESSOA DA VEIGA Participante Externo
JONIMAR PEREIRA PAIVA Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 24

Vínculo

-
-
-
Não