Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ
Zootecnia (40001016082P0)
COMPORTAMENTO INGESTIVO E CONFORTO TÉRMICO DE BOVINOS EM SISTEMAS EM INTEGRAÇÃO: AVALIAÇÃO VISUAL E BIOACÚSTICA
DENISE VOLPI
DISSERTAÇÃO
22/02/2017

Entre os vários benefícios dos sistemas em integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF), destaca-se o maior conforto térmico aos animais. O comportamento ingestivo, aliado às variáveis e aos índices microclimáticos, permite inferir sobre este estado. Porém, a observação visual, comumente utilizada para a mensuração do comportamento, apresenta limitações que podem comprometer a qualidade dos dados. Por isso, a bioacústica tornou-se alvo de estudos por potencialmente minimizar e/ou eliminar tais problemas. Objetivou-se avaliar o uso do método acústico para a mensuração do comportamento ingestivo e o conforto térmico de 38 novilhas Nelore (Bos taurus indicus) em dois sistemas de produção em integração. Os sistemas avaliados foram: sistema em integração lavoura-pecuária (ILP) com 5 árvores/ha remanescentes do Cerrado, e sistema ILPF com Eucalyptus urograndis de oito anos de idade dispostos em linhas de 22 m x 2 m, resultando em densidade de 227 árvores/ha; ambos com pastagem de Brachiaria brizantha cv. BRS Piatã. O microclima dos sistemas foi avaliado por meio de termohigrômetros dataloggers, alocados ao sol e à sombra, no qual registravam temperaturas ambiente, de globo negro e de ponto de orvalho e umidade relativa do ar a cada hora. A velocidade do vento, mensurada de forma manual com anemômetro digital, também foi realizada a cada hora. Para a avaliação do comportamento ingestivo por meio de bioacústica, nove novilhas Nelore foram equipadas com gravador de áudio e microfone de lapela. Simultaneamente, realizou-se observação visual instantânea das atividades comportamentais (pastejo, ruminação e outras atividades), das 8h00 às 16h00 (GMT +4h00), em intervalos de dez minutos. Para a avaliação do desempenho, os animais foram pesados a cada 30 dias. O período experimental compreendeu janeiro a maio de 2016, em dois dias consecutivos de cada mês. O componente arbóreo reduz a temperatura de globo negro, a carga térmica radiante e a velocidade do vento, porém não altera as demais variáveis climáticas. Novilhas Nelore no sistema em ILPF, em relação à ILP, despendem maior tempo pastejando e menor tempo ruminando, assim como utilizam locais de sol e sombra de maneira semelhante. Não houve diferença significativa de desempenho animal entre os sistemas, exceto para a maior taxa de lotação do sistema em ILP. Em relação à bioacústica, os tempos médios, em minutos, das atividades de pastejo, ruminação e outras atividades, obtidos pelos métodos visual (334,8; 62,52; 82,69, respectivamente) e acústico (311,4; 62,46; 106,2, respectivamente), foram semelhantes entre si (p<0,05). A bioacústica possui precisão igual ao método visual e pode ser utilizada para a avaliação do comportamento ingestivo de bovinos à pasto por períodos maiores que oito horas.

ambiência;bem-estar animal;ILPF
Among the many benefits of the integrated crop-livestock-forestry systems (ICLF), the greatest thermal comfort to animals stands out. The ingestive behavior associated with variables and microclimatic indexes allows inferring about this state. However, visual observation, generally used for measure behavior has limitations that can compromise data quality. Therefore, bioacoustics began to be study for potentially minimize or eliminate such limitations. The objective of this study was to evaluate the use of the acoustic method to measure the ingestive behavior and thermal comfort of 38 Nellore (Bos taurus indicus) heifers in two integrated systems production. The systems evaluated were: integrated crop-livestock system (ICL) with 5 trees ha-1 Cerrado’s remnants, and ICLF system with Eucalyptus urograndis, eight years old, arranged in lines of the 22 m x 2 m resulting in density of 227 trees ha-1; Both with pasture of Brachiaria brizantha cv. BRS Piatã. The system’s microclimate was evaluated by thermohygrometer dataloggers located in the sun and in the shade. These measured the ambient, the black globe and the dew point temperatures and relative humidity every hour. The wind speed, measured manually by digital anemometer, also was evaluated every hour. For the evaluation of ingestive behavior by bioacoustics, nine Nellore heifers were equipped with audio recorder and lapel microphone. Simultaneously, visual observation of behavioral activities (grazing, rumination and other activities) was performed from 8:00 am to 4:00 pm (GMT +4h00) at ten minutes intervals. For the performance evaluation, the animals were weighed every 30 days. The experimental period occurred from January to May 2016, on two consecutive days of each month. The arboreal component reduces the black globe temperature, radiant heat load and wind speed but not change the other climatic variables. Nellore heifers in ICLF system, in relation to the ICL, spend more time grazing and less time ruminating, as well as uses the sun and shade equally. There was no significant difference in animal performance between systems, except for the higher stocking rate in ICL system. In relation to bioacoustics, the average times in minutes on grazing, rumination and other activities obtained by visual (334.8, 62.52, 82.69, respectively) and acoustic methods (311.4, 62.46, 106.2, respectively) were similar (p<0.05). Bioacoustics has accuracy equal to the visual method and can be used for the evaluate cattle ingestive behavior at pasture in periods greater than eight hours.
ambience;animal welfare;ICLF
2
73
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

NUTRIÇÃO E PRODUÇÃO ANIMAL
NUTRIÇÃO E PRODUÇÃO DE HERBÍVOROS E FORRAGICULTURA
-

Banca Examinadora

MAITY ZOPOLLATTO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
PATRICK SCHMIDT Docente - PERMANENTE
JULIO KUHN DA TRINDADE Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Sim