Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO ( ARAÇATUBA )
CIÊNCIA ANIMAL (33004021075P8)
Efeitos etológicos e endócrinos do enriquecimento ambiental sobre o bem-estar de cães mantidos em canil
LETICIA VINHAS RAMPIM
DISSERTAÇÃO
19/05/2017

O enriquecimento ambiental consiste em técnicas para modificação do ambiente físico ou social de animais mantidos em cativeiro. Utilizado desde a década de 1970 para promover o bem-estar de animais silvestres cativos, o enriquecimento ambiental ainda é pouco utilizado para animais domésticos. A falta de desafios na vida doméstica de um animal tende a gerar distúrbios comportamentais. Estes distúrbios têm sido apontados como a maior causa de abandono de cães e gatos. Este trabalho teve como objetivo avaliar a promoção de bem -estar em cães de biotério e cães de Terapia Assistida por Animais (TAA), através de técnicas de enriquecimento ambiental, sendo avaliado o comportamento, a diversidade comportamental e as concentrações de cortisol sérico. Nos cães de biotério, foi possível observar diminuição de comportamentos de ansiedade e vocalização. Já nos cães de TAA, houve diminuição dos comportamentos de atenção e aumento dos comportamentos de brincadeira. Houve diferença significativa da diversidade comportamental somente no grupo dos cães de biotério e os mesmos também obtiveram diminuição significativa nas concentrações de cortisol. Não foi detectada correlação entre a diversidade comportamental e as concentrações de cortisol. O enriquecimento ambiental mostrou-se uma técnica eficaz para promover o bem-estar de cães mantidos em biotérios, mas não se mostrou tão eficaz em cães de TAA mantidos em canil, fazendo-se necessário a investigação de técnicas diferentes para este grupo de cães de trabalho.

Comportamento;cortisol;manejo
Environmental enrichment is used to modify the physical or social environment of animals kept in captivity. Used since the 1970s to promote the welfare of captive wild animals, environmental enrichment is still little bit used for domestic animals. The lack of challenges in the domestic life of an animal tends to generate behavioral disorders. These disorders have been pointed out as a major cause of abandonment of dogs and cats. The objective of this work was to promote well-being in lab dogs and dogs of Animal-Assisted Therapy (AAT), through environmental enrichment techniques. Behavior, behavioral diversity and serum cortisol concentrations were evaluated. In the lab dogs, it was possible to observe the reduction of anxiety and vocalization behaviors. In AAT dogs, there was a decrease in attention behaviors and an increase in play behavior. There was a significant difference in the behavioral diversity only in the group of the lab dogs and they also obtained a significant decrease in cortisol concentrations. There was no correlation between a behavioral diversity and cortisol concentrations. Environmental enrichment has proved to be an effective technique to promote the welfare of dogs kept in labs, but it has not been shown to be effective in work dogs from AAT kept in kennels, thus making it necessary to investigate different techniques for this group.
Behaviour;Cortisol;animal husbandry
1
50
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO ( ARAÇATUBA )
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

FISIOPATOLOGIA MÉDICA E CIRÚRGICA
FISIOPATOLOGIA MÉDICA E CIRÚRGICA DE PEQUENOS ANIMAIS
PROJETO CÃO CIDADÃO - UNESP

Banca Examinadora

VALERIA NOBRE LEAL DE SOUZA OLIVA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
SERGIO DINIZ GARCIA Participante Externo
NATALIA FELIX NEGREIROS Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 12

Vínculo

-
-
-
Não