Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
Interdisciplinar em Ciências da Saúde (33009015070P2)
Ensino Híbrido na Formação Profissional em Fisioterapia: Potencialidades, Desafios e Fragilidades
THATIANE LOPES VALENTIM DI PASCHOALE OSTOLIN
DISSERTAÇÃO
17/03/2017

A postura ativa do estudante na construção do conhecimento é o princípio norteador do processo de ensino-aprendizagem no ensino de Cinesiologia. Acredita-se que o uso da estratégia blended learning vai ao encontro do perfil dos universitários contemporâneos. O uso do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) favorece o aumento do desempenho dos estudantes ao flexibilizar o processo de ensino-aprendizagem e estimula o protagonismo dos alunos na busca e produção de conhecimento através da interatividade e da maior aproximação da realidade, demandas e expectativas deles advindas. Dada a grande diversidade de temáticas e focos de atuação, a presença de monitores, atuando como auxiliares didáticos e tutores, faz-se necessária como facilitadores e promotores da interação docente-estudante. O objetivo foi analisar a influência do blended learning nos processos de ensino, aprendizagem e avaliação dos módulos de 2015 a 2016. Consistiu em estudo descritivo exploratório prospectivo de abordagem mista com predominância qualitativa. Os dados de histórico de acesso e participação nas atividades disponíveis no AVA, os dados de desempenho acadêmico e os dados de participação na monitoria foram coletados. O questionário sobre o uso do AVA foi aplicado ao final dos módulos e subsidiou a construção da entrevista semiestruturada, as quais foram analisadas por meio de análise do discurso. Os dados quantitativos foram analisados descritivamente. As correlações entre as variáveis foram avaliadas pelos coeficientes de Pearson ou Spearman. A influência da estratégia do blended learning no desempenho acadêmico foi investigada em modelo de regressão linear múltipla do tipo stepwise. A maioria dos estudantes referiu ter utilizado o AVA previamente, bem como considera que o uso do AVA requer orientação e período de ambientação. Mais de 60% dos estudantes buscou auxílio da tutora e quase 80% buscou auxílio dos colegas. Com acesso quinzenal, pode-se observar que os dias em que o AVA mais utilizado tem aula presencial e feito através de computador e notebook. O acesso ao AVA é fácil e simples e sua organização facilita seu uso. Além disso, o AVA é eficiente para disponibilizar conteúdos, promover interatividade e realizar avaliações. No entanto, a comunicação e o feedback precisam melhorar. Para 87,6 % dos estudantes, o uso do AVA contribui para o aprendizado. A quantidade e qualidade dos conteúdos e atividades são satisfatórias ou excelentes, bem como o tempo disponível para sua realização. Segundo os estudantes, tanto materiais de leitura quanto vídeos são utilizados. A maioria dos estudantes referiu ter tido um bom aproveitamento e participação nos módulos. Houve uma associação entre o módulo II e pior desempenho acadêmico, bem como um aumento significativo do acesso ao AVA. Foram obtidas correlações moderadas entre os dados de uso do AVA e os índices de desempenho acadêmico. Nos modelos de regressão linear múltipla stepwise, os principais determinantes dos índices de desempenho acadêmico foram os dados de participação na monitoria. Os aspectos mais marcantes dos módulos foram o conteúdo prático, a identificação da relação com a atuação profissional e a necessidade de maior integração entre os conhecimentos adquiridos no eixo comum com os relativos ao eixo específico. O uso do WhatsApp tornou a interação, o esclarecimento de dúvidas e enfrentamento de dificuldades mais fácil, prático e rápido. O uso do AVA é um facilitador e direcionador do processo de ensino e aprendizagem, permitindo uma formação mais flexível, prática, livre, autorregulada e próxima do cotidiano conectado dos estudantes. A monitoria é um espaço oportuno de aprendizagem que respeita o ritmo do aprender característico de cada um. Todos os estudantes entrevistados garantiram que suas dúvidas e dificuldades foram sanadas seja pelos monitores ou pela tutora, presencial ou virtualmente. Portanto, o uso da estratégia blended learning é eficaz e viável nos módulos de Cinesiologia I e II.

formação em saúde;educação superior;blended learning;educação à distância;fisioterapia
The active position of the student in the construction of knowledge is the guiding principle of the teaching-learning process in Kinesiology teaching. It is believed that the use of blended learning strategy meets the profile of contemporary university students. The use of the Virtual Learning Environment (VLE) favors the increase of students' performance by making the teaching-learning process more flexible and stimulates the students' role in the search and production of knowledge through interactivity and closer approximation of their reality, demands and expectations. Due to the great diversity of themes and focus areas, the presence of monitors, acting as teaching assistants and tutors, is necessary as facilitators and promoters of teacher-student interaction. The objective was to analyze the influence of blended learning in the teaching, learning and evaluation processes of the modules from 2015 to 2016. It consisted of a prospective exploratory descriptive study of mixed approach with qualitative predominance. Data on access and participation history in VLE activities, academic performance data, and participation data on monitoring were collected. The questionnaire on VLE use was applied at the end of the modules and subsidized the construction of the semi- structured interview, which were analyzed through discourse analysis. Quantitative data were analyzed descriptively. Correlations between the variables were evaluated by the Pearson or Spearman coefficients. The influence of blended learning strategy on academic performance was investigated in a multiple linear stepwise regression model. Most students reported having used VLE in the past, and felt that using VLE required orientation and adjustment time. More than 60% of the students sought help from the tutor and almost 80% sought help from their colleagues. With biweekly access, it can be observed that the days in which the VLE most used has a face-to-face lecture and is done through a computer and a notebook. Access to VLE is easy and simple and your organization makes it easy to use. In addition, VLE is effective in delivering content, promoting interactivity, and conducting assessments. However, communication and feedback need to be improved. For 87.6% of students, the use of VLE contributes to learning. The quantity and quality of the contents and activities are satisfactory or excellent, as well as the time available for their accomplishment. According to the students, both reading materials and videos are used. Most of the students reported having had a good use and participation in the modules. There was an association between Module II and worse academic performance, as well as a significant increase in access to VLE. Moderate correlations were found between VLE use data and academic achievement indexes. In the multiple stepwise linear regression models, the main determinants of academic performance indices were participation data in monitoring. The most noteworthy aspects of the modules were the practical content, the identification of the relationship with the professional performance and the need for greater integration between the knowledge acquired in the common axis and those related to the specific axis. The use of WhatsApp made interaction, clarifying doubts and coping with difficulties easier, more practical and faster. The use of the VLE is a facilitator and driver of the teaching and learning process, allowing a more flexible, practical, free, self-regulated and close to the connected daily routine of students. Monitoring is a timely learning space that respects the pace of learning characteristic of each. All the students interviewed ensured that their doubts and difficulties were solved either by the monitors or the tutor, in person or virtually. Therefore, the use of the blended learning strategy is effective and viable in Kinesiology modules I and II.
health education;higher education;blended learning;distance education;physical therapy
1
138
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

-
-
EQUILÍBRIO E APTIDÃO CARDIORRESPIRATÓRIA EM PACIENTES COM ESCOLIOSE IDIOPÁTICA DO ADOLESCENTE.

Banca Examinadora

VICTOR ZUNIGA DOURADO
DOCENTE - PERMANENTE
Não
Nome Categoria
EVANDRO FORNIAS SPERANDIO Participante Externo
ROSANA APARECIDA SALVADOR ROSSIT Docente - PERMANENTE
VINICIUS DEMARCHI SILVA TERRA Participante Externo
SIDNEY MARCEL DOMINGUES Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Não