Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
CIÊNCIAS SOCIAIS EM DESENVOLVIMENTO, AGRICULTURA E SOCIEDADE (31002013007P9)
A cozinha e suas práticas: o cozinhar doméstico, seus aprendizados, permanências e alterações
THAIS ELETHERIO CORDEIRO
DISSERTAÇÃO
26/06/2017

CORDEIRO, Thaís Eletherio. A cozinha e suas práticas: o cozinhar doméstico, seus aprendizados, permanências e alterações. 2017. 111 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais). Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ. 2017. Este trabalho tem por objetivo compreender as maneiras como o cozinhar doméstico cotidiano é aprendido, mantido e alterado em meio a uma crescente cacofonia de discursos sobre o comer e o cozinhar. As diversas abordagens das teorias das práticas foram usadas como lente analítica para observar o cozinhar do dia a dia. Com foco na ação e no processo de rotinização das práticas, este conjunto de teorias permite observar a influência mútua entre os sentidos dados à culinária, os aprendizados e as transformações do fazer comida e do ambiente material, que permitem a constituição e as alterações do cozinhar. Através de uma abordagem de pesquisa qualitativa, foram realizados encontros etnográficos nas casas de 12 mulheres, entre 29 e 60 anos, moradoras da cidade do Rio de Janeiro/RJ e portadoras de ensino superior completo. O recrutamento das participantes buscou contemplar a fase adulta do ciclo de vida, considerando fatores como nupcialidade e fecundidade. Os principais resultados da pesquisa foram: 1) a consideração da culinária doméstica enquanto prática composta, a qual tem sua manutenção na rotina e na não reflexão das ações; 2) a percepção de uma mudança de sentido do cozinhar doméstico, de uma atividade com objetivo de nutrição do corpo para uma atrelada ao prazer; 3) a presença de um aprendizado multifacetado, iniciado ainda na infância, a partir da observação do cozinhar materno e da ludicidade, e permeado por outras práticas como o comer fora e o viajar.

comida;culinária doméstica;sociologia da alimentação;teorias das práticas
CORDEIRO, Thaís Eletherio. The kitchen and their practices: the domestic cooking, their learnings, permanencies and changes. 2017. Dissertação (Master Science of Social). Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ. 2017. This study intends the comprehension of the forms how domestic cooking is learned, transformed and maintained, considering the cacophony of discourses about eating and cooking. Different approaches of practice theories were applied as tools to analyze every day cooking. By focusing on action and on the routinization process of practices, this theoretical orientation allows the observation of mutual influence between the senses attributed to culinary, the learning and transformation of cooking, and material environment. With a qualitative research approach, we performed ethnographic encounters in the houses of 12 woman, between 29 and 60 years old, who lived in the city of Rio de Janeiro/RJ and had a college degree education level. The recruitment sought to contemplate the adulthood phase in the life cycle, taking in consideration factors like natality and nuptiality. The main results of the study were: 1) the consideration of domestic cooking as a compound practice, which has their reproduction in the routine and not on deliberative actions; 2) the perception of changes in the sense attributed to domestic cooking, from an activity made with the purpose of nutrition for the body, to one that is made in pursue of pleasure; 3) the presence of a multifaceted learning process, initiated in childhood, by observation of the cooking skills of the mother and by playfulness, and permeated by other practices, like traveling and eating out.
comida;culinária doméstica ✖sociologia da alimentação ✖teorias das práticas ✖
0
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

DESENVOLVIMENTO, AGRICULTURA E SOCIEDADE
INSTITUIÇÕES, MERCADO E REGULAÇÃO
A ambientalização dos movimentos de consumidores

Banca Examinadora

MARIA DE FÁTIMA FERREIRA PORTILHO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
CLAUDIA JOB SCHMITT Docente - PERMANENTE
LIVIA MARTINS PINHEIRO NEVES Participante Externo
MARIA DE FÁTIMA FERREIRA PORTILHO Docente - PERMANENTE

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO - Bolsa de Mestrado no País GM 24

Vínculo

Colaborador
Empresa Privada
Profissional Autônomo
Não