Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
CIÊNCIAS SOCIAIS EM DESENVOLVIMENTO, AGRICULTURA E SOCIEDADE (31002013007P9)
A CONSTRUÇÃO DA TEORIA E DA PRÁTICA DA RESTAURAÇÃO ECOLÓGICA E A EMERGÊNCIA DE NOVAS PERSPECTIVAS SOBRE AS RELAÇÕES ENTRE NATUREZA(S) E SOCIEDADE(S)
DANIEL DELATIN RODRIGUES
TESE
01/06/2017

RODRIGUES, Daniel Delatin. A construção da teoria e da prática da restauração ecológica e a emergência de novas perspectivas sobre as relações entre natureza(s) e sociedade(s). 2017. 223 p. Tese (Doutorado de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade). Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Departamente de Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, 2017. O objetivo desta tese foi analisar a teoria e a prática da restauração ecológica. Formada como campo científico na década de 1980 a restauração ecológica propôs um novo tipo de compromisso com a biodiversidade que se diferenciava muito das estratégias assumidas pelo preservacionismo e conservacionismo no século passado. Mais do que proteger ou conservar, a prática de restauração ecológica busca criar ecossistemas. Inúmeras controvérsias envolverão os especialistas da área a respeito de como isso pode ou deve ser feito. Essa tese irá acompanhar o processo de formação desse campo buscando ressaltar, a partir dos instrumentos teóricos vindo da sociologia e antropologia da ciência, quais horizontes de ação são constituídos pela prática. O trabalho foi realizado a partir de três linhas principais: análise dos editoriais de duas revistas especializadas na área entre os anos de 1981 e 2016, para identificar o campo problemático dos cientistas; análise da formação do campo no Brasil e, por fim, a discussão sobre as relações entre restauração ecológica, ruralidades e agriculturas no Brasil. O objetivo foi delimitar a emergência de diferentes formas de restauração ecológica. Veremos que a teoria e a prática do campo estão indissoluvelmente ligadas a três aspectos: ao tipo de ciência considerada apta pelos cientistas para definir as ações; à definição de um sistema de referência que deve orientar os cientistas na criação dos ecossistemas e ao modo como serão definidas as relações entre humanos e não-humanos. Ela irá trabalhar projetando relações potenciais de uma multiplicidade de agentes. Nesse trabalho a restauração ecológica será considerada como uma tecnologia (eco)política que concerne à criação e modulação de relações socioecológicas e não apenas ecológicas.

ecologica
RODRIGUES, Daniel Delatin. The construction of the theory and practice of ecological restoration and the emergence of new perspectives on the relationships between nature(s) and society(s). 2017. 223 p. Thesis (Doctorate in Social Sciences in Development, Agriculture and Society). Institute of Humanities and Social Sciences, Departament of Development, Agriculture and Society. Federal University of Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, 2017. The aim of the thesis was analyse the theory and practice of ecological restoration. Formed as a scientific field in the 1980s, ecological restoration proposed a new type of engagement with biodiversity which differed considerably from the strategies taken by preservationism and conservationism in the last century. More than protecting or conserving, the practice of ecological restoration seeks to create ecosystems. Numerous controversies on how it is possible to create new ecosystems will involve ecological restoration‘s specialists. Starting from a dialogue with sociology and anthropology of science, the thesis explores the formation process of this field and aims to highlight what horizons of action are constituted by the ecological restoration‘s practices. The work was done following three main lines. First it analyses two specialized journals editorials - written between 1981 and 2016 - to identify the most problematic issues defined by the scientists. Later the thesis explores the configuration of the field in Brazil and, finally, it discusses the relations between ecological restoration, ruralities and agriculture in Brazil. The aim is to circumscribe the emergence of different forms of ecological restoration. We will show that the theory and practice of this field of study are indissolubly linked to three aspects: the type of science which is considered by scientists able to define actions; the definition of a reference system that should guide scientists in the creation process of ecosystems and the different understanding of humannonhuman relations. Ecological restoration works by projecting potential relationships among a multiplicity of agents. In this work ecological restoration will be considered as an (eco) political technology which involves the creation and modulation of socio-ecological relations and not only ecological.
ecologica
0
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

DESENVOLVIMENTO, AGRICULTURA E SOCIEDADE
NATUREZA, CIÊNCIA E SABERES
AGRICULTURA E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NAS PROBLEMÁTICAS DA "EVIDENCE BASED POLICIES"

Banca Examinadora

MARIA JOSE TEIXEIRA CARNEIRO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
EDGAR DE BRITO LYRA NETTO Participante Externo
CLAUDIA JOB SCHMITT Docente - PERMANENTE
MARKO SYNESIO ALVES MONTEIRO Participante Externo
LUIZ FERNANDO DUARTE DE MORAES Participante Externo
MARIA JOSE TEIXEIRA CARNEIRO Docente - PERMANENTE

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO - Bolsa de Doutorado no País GD 48

Vínculo

Colaborador
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim