Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ
ECONOMIA (40004015007P7)
Dinâmica mundial do uso da energia renovável, energia não renovável e da emissão de CO2 por níveis de IDH: 1995 a 2009
EMERSON GUZZI ZUAN ESTEVES
TESE
20/02/2017

Considerando as alterações climáticas sofridas pelo mundo e o conceito de sustentabilidade, o objetivo desta tese é realizar a decomposição estrutural do uso da Energia Renovável, Energia Não Renovável e da Emissão de CO2 no período de 1995 a 2009 por nível de IDH, utilizando Análise de Insumo-Produto e Structural Decomposition Analysis (SDA), método estatístico comparativo que determina as forças motrizes nas mudanças históricas em indicadores econômicos, energéticos, ambientais, sociais, para avaliar a influência dos diferentes efeitos sobre essas mudanças (variáveis). Os dados foram obtidos da World Input-Output Database - WIOD com tabelas de insumo-produto de 40 países (27 países da União Europeia e outros 13 países selecionados) acrescidas do restante do mundo. Estes países foram divididos, conforme o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), em: Muito Alto (31), Alto (7) e Médio (2). Posto isto, destaca-se que o Efeito Total é composto por Efeito Intensidade (causado por variação no nível do uso de um indicador por unidade da produção total), o Efeito Tecnológico (causado por variação na estrutura dos insumos intermediários na economia), Efeito da Demanda Final (causado por variação na estrutura da Demanda Final) e Efeito Atividade (causado por variação na produção total). Os resultados obtidos mostram que, no caso das Emissões de CO2, os países com IDH Alto e Médio foram os maiores emissores. Também no uso da Energia Não Renovável, os países com IDH Alto e Médio foram os maiores consumidores. Ainda, diferente do esperado para a Energia Renovável, não foram os países com IDH Muito Alto os maiores consumidores, mas os países com IDH Alto e Médio. O estudo é inovador, pois mostra a dinâmica de comportamento das Energias Renovável e Não Renovável por nível de desenvolvimento humano, o que pode influenciar políticas e acordos internacionais com a adoção de metas de consumo das energias.

Matriz insumo-produto;Energia renovável e não renovável;Emissão de CO2;Desenvolvimento sustentável
Considering the importance of climate change to the world and the concept of sustainability, the aim of this thesis is to perform the structural decomposition of the use of Renewable and Non-Renewable Energy and CO2 emissions between 1995 and 2009 by HDI level, using Input-Output Analysis and Structural Decomposition Analysis (SDA), which is a comparative statistical method that determines the driving forces in the historical changes in economic, energy, environmental and social indicators to evaluate the influence of the different effects of these changes (variables). The data were obtained from the World Input-Output Database - WIOD with input-output tables of 40 countries (27 EU countries and 13 other selected countries) plus the rest of the world. These countries were divided by their Human Development Index (HDI) in: Very High (31) High (7) and Medium (2). The Total Effect comprises: Intensity Effect (caused by variation in the level of the use of an indicator unit of the total production); Technological Effect (caused by changes in the structure of intermediate inputs in the economy); Final Demand Effect (caused by variation in final demand structure); and Activity Effect (caused by variation in the total production). The results show that countries with high and medium HDI were the largest CO2 emitters. Regarding the use of Non-Renewable Energy, countries with high and medium HDI were the largest consumers. Differently from what we expected , it was not countries with very high HDI that were the largest consumers of Renewable Energy, but countries with high and medium HDI. The study is innovative because it shows the dynamic behavior of Renewable Energy and Non-Renewable Energy by human development level, which can influence the policies and the international agreements concerning the adoption of energy consumption targets.
Input-output matrix;Renawable and no-renawable energy;CO2 emission;Sustainable development
1
115
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

TEORIA ECONÔMICA
DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO
-

Banca Examinadora

ALEXANDRE FLORINDO ALVES
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
JOSE LUIZ PARRE Docente - PERMANENTE
ANTONIO CARLOS DE CAMPOS Docente - PERMANENTE
FRANCISCO CASIMIRO FILHO Participante Externo
PAULO ROGERIO ALVES BRENE Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 36

Vínculo

CLT
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Não