Governo Federal

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO
ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (25001019021P8)
A GROUP DECISION AND NEGOTIATION FRAMEWORK FOR HIRING SUBCONTRACTORS IN CIVIL CONSTRUCTION INDUSTRY
RACHEL PEREZ PALHA
TESE
28/03/2017

A literatura apresenta vários modelos para seleção de fornecedores que discutem as características que podem estar presentes neste tipo de análise, tais como localização de plantas, estrutura organizacional, estrutura de governança e modelos que consideram níveis de incerteza na informação. Normalmente, modelos que focam na seleção em si, impõem a todos os decisores o mesmo método para o processo de seleção, ainda que um grupo de decisores seja responsável pela decisão. Entretanto, uma determinada situação pode ser analisada de diferentes formas a depender do decisor, devido aos diferentes objetivos que estes apresentam e, devido a diversidade encontrada nos projetos de construção civil, diferentes atividades precisam ser subcontratadas e estes impactam o projeto de forma diferente. Normalmente, na indústria da construção civil, o processo de contratação termina em uma fase de negociação entre a construtora e os subcontratados que apresentaram as melhores propostas. Desta forma, a fim de dar suporte para que os decisores de construtoras possam tomar decisões utilizando um processo decisório estruturado, esta tese apresenta um framework para auxiliar decisores na escolha de subcontratados. O framework utiliza dois modelos para tratar cada fase do processo de contratação. O primeiro modelo a ser utilizado é o modelo Aditivo com veto para a problemática de classificação. Um analista deve listar todas as atividades a serem contratadas e as preferências dos decisores são utilizadas para classifica-las em categorias. Esse procedimento permite que os decisores administrem cada subcontratado de acordo com o impacto da atividade sob o projeto, cliente e construtora. Em seguida, o analista precisa avaliar a racionalidade de cada decisor para escolher um método multicritério de ordenação compatível. A agregação das preferências dos decisores é realizada usando um procedimento de votação, o qual é escolhido pelo grupo quando o framework assim o indicar. Por fim, os decisores negociam com os subcontratados que apresentaram as melhores propostas para escolher um. Todos os modelos são apresentados com aplicação numérica na construção civil. Pode ser verificado que o framework proposto traz flexibilidade e permite aos decisores tomarem decisões com informação, permitindo que eles se sintam seguros a respeito do processo de contratação. Uma vez que requer que menos decisores se envolvam no processo decisório, pode haver redução no tempo em que se requer a atenção dos decisores, reduzindo o custo do processo. Adicionalmente, o framework pode ser usado em outros contextos devido à sua flexibilidade.

Procedimento de votação;MCDM/A;Negociação;Modelo aditivo com veto;Problemática de classificação
The literature presents several supplier selection models which discuss what features might be present in this type of analysis, such as plant localization, organizational structure, structures for governance, and models which consider uncertainty in information levels. Usually, models that focus on the selection itself impose the same method for running the selection process on all decision makers (DMs), even when a group of DMs makes the decision. However, a given problem might be evaluated differently depending on the DM, due to his/her having different objectives for the same problem and, due to the diversity found in civil construction projects, different activities have to be hired, and these have different effects on the project. Usually, in the civil construction industry, the hiring process ends up with a negotiation phase between the contractor and the top rated subcontractors. Thereby, in order to support DMs of contractors to follow a structured decision process to reach a better deal, this thesis presents a framework to aid DMs in selecting subcontractors. The framework considers two models to deal with each phase of the hiring process. The first model to be employed is the Additive-veto model for sorting problematic. Thus, an analyst lists the activities to be hired, and the DMs’ preferences are used to sort them into classes. This procedure enables DMs to apply a governance process compatible with the effect such activity may produce in the project, client, and contractor. Following a selection model is used. The analyst has to evaluate the rationality of each DM to choose a compatible MCDM/A method. Later on, when the framework directs the process to a group decision, a voting procedure chosen based on the preferences of the DMs is used to aggregate the DMs’ preferences. At last, the DMs follow a negotiation phase with the top-ranked subcontractors to decide which the best deal is. All models are illustrated with a numerical application in the civil construction industry. It can be verified that the framework proposed brings flexibility and allows DMs to make more informed decisions, enabling them to feel more secure about the hiring process of subcontractors. Since it requires less DMs to get involved in the decision process, the project benefits from reducing the time required from DMs, thus, reduces the cost of the decision process. In addition, the framework proposed can be used in other contexts, due to its flexibility.
Voting procedure;MCDM/A;Negotiation;Additive-veto model;sorting problematic
1
105
INGLES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

Contexto

PESQUISA OPERACIONAL
SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E DECISÃO
APOIO MULTICRITÉRIO A DECISÃO EM SISTEMAS DE PRODUÇÃO E SERVIÇOS

Banca Examinadora

ADIEL TEIXEIRA DE ALMEIDA
Sim
Nome Categoria
ANA PAULA CABRAL SEIXAS COSTA Docente
MARC KILGOUR Participante Externo
EDUARDO UCHOA BARBOZA Participante Externo
LUCIANA HAZIN ALENCAR Docente
DANIELLE COSTA MORAIS Docente

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 17

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim