Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS
VETERINÁRIA (42003016008P2)
Biodiversidade de macromicetos da região sul do Rio Grande do Sul
EMANOELE FIGUEIREDO SERRA
DISSERTAÇÃO
23/02/2017

Esta dissertação refere-se ao estudo das espécies de macromicetos (fungos macroscópicos) encontradas em cinco municípios da região sul do Rio Grande do Sul (Capão do Leão, Pelotas, Rio Grande, Tapes e Sentinela do Sul). Devido a suas propriedades bioativas e peculiaridades na obtenção de energia os fungos macroscópicos têm um grande potencial para utilização na alimentação humana, em processos biotecnológicos e na indústria farmacêutica. No entanto, são escassos os estudos que abordem essa temática principalmente para a região sul do Rio Grande do Sul. Dessa forma, essa pesquisa objetivou identificar as espécies de cogumelos que fazem parte da micota local e contribuir com os estudos de distribuição de macromicetos nas mesorregiões metropolitana de Porto Alegre e mesorregião sul rio-grandense. O estudo foi desenvolvido no período de março de 2015 a fevereiro de 2017. Nesta pesquisa são descritas características macroscópicas, microscópicas, propriedades organolépticas e aspectos ecológicos de 18 espécies de cogumelos. Foram encontrados durante o período de estudo macromicetos das espécies: Agaricus campestris, Amanita muscaria, Amanita sp1., Clathrus columnatus, Conocybe sp1., Coprinellus disseminatus, Coprinus comatus, Inocybe curvipes, Laccaria laccata, Lactarius deliciosus, Lactarius sp1., Lepista sordida, Lycoperdon perlatum, Pycnoporus sanguineus, Russula atropurpurea, Scleroderma citrinum, Suillus luteus, Suillus granulatus. Três das 18 espécies foram classificadas apenas a nível genérico. A partir de revisão literária são apresentados também outros estudos que utilizam essas espécies de macrofungos visando a bioprospecção e aproveitamento de suas propriedades bioativas.

macrofungos;gasteromicetos;fungos micorrízicos;sazonalidade;bioprospecção
This dissertation refers to the study of macromycetes species (macroscopic fungi) 11 found in five municipalities in the southern region of Rio Grande do Sul (Capão do 12 Leão, Pelotas, Rio Grande, Tapes and Sentinela do Sul). Because of their bioactive 13 properties and peculiarities in obtaining energy, macroscopic fungi have great 14 potential for use in human food, biotechnological processes and the pharmaceutical 15 industry. However, there are few studies that address this theme mainly for the 16 southern region of Rio Grande do Sul. Thus, this research aimed to identify the 17 species of mushrooms that are part of the local micote and contribute to the studies 18 of distribution of macromycetes in the mesoregions Metropolitan of Porto Alegre and 19 mesoregion south riograndense. The study was developed from March 2015 to 20 February 2017. In this research are described macroscopic, microscopic 21 characteristics, organoleptic properties and ecological aspects of 18 species of 22 mushrooms. Agaricus campestris, Amanita muscaria, Amanita sp1., Clathrus 23 columnatus, Conocybe sp1., Coprinellus disseminatus, Coprinus comatus, Inocybe 24 curvipes, Laccaria laccata, Lactarius deliciosus, Lactarius sp1., Lepista sordida, 25 Lycoperdon perlatum, Pycnoporus sanguineus, Russula atropurpurea, Scleroderma 26 citrinum, Suillus luteus, Suillus granulatus. Three of the 18 species were classified 27 only at the generic level. From literature review are also presented other studies that 28 use these species of macrofungus for bioprospecting and exploration of its bioactive 29 properties.
Macrofungus;Gasteromycetes;Mycorrhizal fungi;bioprospecting;seasonality.
1
66
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

SANIDADE ANIMAL
DIAGNÓSTICO, EPIDEMIOLOGIA E CONTROLE DAS DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS DOS ANIMAIS
ESTUDO RETROSPECTIVO DE MICOSES E MICOTOXICOSES ANIMAIS NA REGIÃO SUL DO BRASIL: 1978-2010

Banca Examinadora

MARIO CARLOS ARAUJO MEIRELES
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
ANA RAQUEL MANO MEINERZ Participante Externo
RENATA OSORIO DE FARIA Participante Externo
PATRICIA DA SILVA NASCENTE Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO - Bolsa no país - Pós-graduação 24

Vínculo

Colaborador
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Não