Brasil

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ
Ciências Ambientais (33021015012P5)
CONTRIBUIÇÃO DE QUINTAIS RESIDENCIAIS PARA A CONSERVAÇÃO DA DIVERSIDADE DE AVES URBANAS: a realidade versus a percepção do homem
SOLANGE FATIMA GONCALVES
DISSERTAÇÃO
19/05/2016

Com o avanço da urbanização e o desenvolvimento tecnológico o Homem se distância cada vez mais da natureza. A urbanização leva a uma redução da riqueza e diversidade de espécies nativas observada no mundo todo. O Brasil ainda carece de estudos sobre a diversidade de vida silvestre em quintais residenciais, entretanto, alguns países como Estados Unidos da América, Canadá, Austrália e principalmente Reino Unido contam com instituições não-governamentais que certificam jardins residenciais como habitat de vida silvestre, incentivando práticas sustentáveis por meio dos habitantes das cidades. Nesse contexto, as áreas verdes urbanas particulares ou públicas podem ser uma alternativa para amenizar os efeitos da urbanização, servindo como refúgio de fauna, assim como uma forma de reconectar as pessoas à natureza, estimulando a consciência de conservação da biodiversidade. As aves são bastante utilizadas como bioindicadores nos estudos sobre mudanças no ecossistema e chamam a atenção do cidadão comum pela beleza visual e sonora. Este estudo teve como objetivo verificar a possível contribuição dos quintais residenciais para a diversidade de aves urbanas. Concomitantemente foi avaliada a percepção dos moradores em relação à importância de seus quintais para a riqueza de aves. Para isso foram analisadas variáveis como área do quintal; altura da copa das árvores e cobertura arbustiva. Fatores como alimentação suplementar, presença de cães, gatos e/ou outros também foi registrado. A identificação das espécies de aves e quantificação de indivíduos se fez por meio de contato auditivo e visual e auxílio de guias ornitológicos. O estudo foi realizado na área central e bairros no entorno do centro de Jacareí, cidade da região Metropolitana do Vale do Paraíba, São Paulo, Brasil. As observações foram realizadas no período de Janeiro à Julho de 2015.

urbanização;desenvolvimnto;aves;quintais;conservação da biodiversidade
With the advancement of urbanization and technological development man is away more and more of nature. Urbanization leads to a reduction of the richness and diversity of native species observed worldwide. Brazil still lacks studies on the diversity of wildlife in residential backyards, however, some countries like the United States, Canada, Australia and especially the UK rely on non-governmental institutions that certify home gardens as wildlife habitat, encouraging sustainable practices through the city dwellers. In this context, private or public urban green areas can be an alternative to mitigate the effects of urbanization, function as wildlife refuge, as well as a way to reconnect people to nature, encouraging biodiversity conservation awareness. Birds bioindicators in studies on changes are often used as in the ecosystem and attract the attention of ordinary citizens by sound and visual beauty. This study aimed to evaluate the possible contribution of residential backyards to the diversity of urban birds. Concomitantly evaluated the perception of residents about the importance of their yards to the wealth of birds. For this were analyzed variables such as backyard area; canopy height and shrub cover. Factors such as supplementary feeding, the presence of dogs, cats and / or other was also recorded. The identification of bird species and quantification of individuals made through auditory and visual contact and assistance of ornithological guides. The study was conducted in the central area and neighborhoods surrounding the center of Jacarei, city of Paraiba Valley metropolitan area, São Paulo, Brazil. Observations were carried out from January to July 2015.
urbanization;development;birds;backyards;biodiversity conservation
único
74
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ

Contexto

CIÊNCIAS AMBIENTAIS
COMPOSIÇÃO E PROCESSOS ESTRUTURANTES DE BACIAS HIDROGRÁFICAS
BIODIVERSIDADE DE FAUNA E FLORA EM BACIAS HIDROGRÁFICAS

Banca Examinadora

MARIA CECILIA BARBOSA DE TOLEDO
Sim
Nome Categoria
MARCELO DOS SANTOS TARGA Docente
JANAINA SANT ANA MAIA SANTOS Participante Externo

Vínculo

Servidor Público
Empresa Pública ou Estatal
Outros
Sim