Brasil

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
Ciências e Biotecnologia (31003010079P0)
Variações polimórficas em genes ligados ao neurodesenvolvimento: um estudo de associação com o Transtorno Obsessivo-Compulsivo
FERNANDA BRITO MELO FELIPPE
DISSERTAÇÃO
25/09/2015

O transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) é considerado o quarto diagnóstico psiquiátrico mais frequente na população (~ 2,5%). É um transtorno de ansiedade, caracterizado pela presença de obsessões e/ou compulsões. Existem evidências de que fatores genéticos influenciem o desenvolvimento do TOC, mas ainda não estão claro como estes fatores aumentariam a suscetibilidade do indivíduo ao transtorno. A maioria dos estudos de associação foca em genes relacionados à neurotransmissão e estes estudos geralmente apresentam uma diversidade de resultados. Uma hipótese bastante atual propõe que genes importantes no desenvolvimento do Sistema Nervoso Central (SNC) estejam relacionados ao TOC. Alguns estudos verificaram que camundongos knockout para os genes SAPAP3 (DLGAP3) e SLITRK1 mostravam sintomas e comportamentos semelhantes aos do TOC. Já dois Genome Wide Association Studies (GWAS) realizados até o presente mostram evidências da importância dos genes PBX1, RYR3 e LMX1A. O objetivo deste estudo é analisar seis SNPs (Single Nucleotide Polymorphisms) em cinco genes com funções relacionadas ao neurodesenvolvimento. Um total de 199 amostras de pacientes e 204 amostras de controles foram genotipadas através da metodologia TaqMan®. Na análise caso-controle foram observadas associações significativas para o SNP rs2275558 do gene PBX1, na distribuição alélica e em um modelo dominante para o alelo A (P = 0,01; OR 1,930; 95% CI 1,25-2,98). Na análise da dimensão de verificação foram observadas associações significativas para o SNP rs9593835 do gene SLITRK1 somente em homens, na distribuição genotípica, alélica e em um modelo dominante do alelo C (P = 0,03; OR 2,20 95% CI 1,12-4,33). Para a dimensão de neutralização foram observadas associações significativas para o SNP em LMX1A (rs4657411), na distribuição genotípica e em um modelo de recessividade do alelo A, na amostra total (P = 0,01; OR 2,58; 95%CI 1,29-5,13). Para essa mesma dimensão, o SNP em SAPAP3 (rs6662980) foi observado um valor de P próximo à significância (alelo A), em homens (P = 0,05; OR 1,94 95% CI 1,05-3,60). Na dimensão de lavagem, foram observadas associações significativas para o SNP em LMX1A (rs4657411), na distribuição alélica (P = 0,02; OR 3,14 95% CI 1,30-7,60), genotípica e em um modelo de recessividade do alelo A, em mulheres (P = 0,01; OR 3,83 95%CI 1,46-10,09). Portanto, nossos resultados apontam uma importante influência desses polimorfismos estudados no TOC. Estudos adicionais utilizando amostras maiores são necessários para confirmar estes resultados.

Transtorno Obsessivo-Compulsivo, neurodesenvolvimento, polimorfismos
Obsessive-compulsive disorder (OCD) is considered the fourth most common psychiatric diagnosis in the population (~ 2.5%). It is an anxiety disorder characterized by obsessions and / or compulsions. There is evidence that genetic factors influence the development of OCD, but not yet clear how these factors increase the susceptibility of the individual to the disorder. Most Association studies focus on genes related to neurotransmission and these studies generally have a variety of results. A very current hypothesis proposes that genes important in the development of the central nervous system (CNS) are related to OCD. Some studies have found that mice knockout for SAPAP3 gene (DLGAP3) and SLITRK1 showed symptoms and behaviors similar to those of OCD. Two Studies Genome Wide Association (GWAS) already conducted to date show evidence of the importance of PBX1, RYR3 and LMX1A genes. The objective of this study is to analyze six SNPs (single nucleotide polymorphisms) in five genes with functions related to neurodevelopment. A total of 199 patient samples and 204 control samples were genotyped using the TaqMan® methodology. In analyzing case-control significant associations were observed for SNP rs2275558 of the PBX1 gene on the allelic distribution and a dominant model for the A allele (P = 0.01; OR 1.93; 95% CI 1.25-2.98). In the checking dimension were observed significant associations for SNP rs9593835 of SLITRK1 gene, only in men, in the genotype and allele distribution, and in a dominant model of the C allele and allele genotype (P = 0.03; OR 2.20 95% CI 1, 12-4.33). For the neutralizing dimension a significant association were observed for the SNP on LMX1A (rs4657411), in the genotype distribution and a recessive A allele model, in the total sample (P= 0.01; OR 2.58; 95% CI 1.29-5.13). For the same dimension for SNP in SAPAP3 (rs6662980) was observed P value close to significance (allele A) in men (P= 0.05; OR 1.94 95% CI 1.05-3.60). In the washing dimension were observed significant associations for the SNP in LMX1A (rs4657411), in the allelic (P = 0.02; OR 3.14 95% CI 1.30-7.60), genotypic distribution and a recessive model of A allele in women (P = 0.01, OR 3.83 95% CI 1.46-10.09). Therefore, our results indicate an important influence of these polymorphisms studied in the OCD. Additional studies using large samples are needed to confirm these results.
Obsessive-Compulsive Disorder, neurodevelopment, polymorphisms
01
89
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

Contexto

CIÊNCIAS E BIOTECNOLOGIA - INTERAÇÕES MOLECULARES, CELULARES E SISTÊMICAS
-
-

Banca Examinadora

FABIANA BARZOTTI KOHLRAUSCH
Sim
Nome Categoria
LUCIANNE FRAGEL MADEIRA Docente
PATRICIA SAVIO DE ARAUJO SOUZA Participante Externo
HELENA DE SOUZA PEREIRA Participante Externo
VERONICA MARQUES ZEMBRZUSKI Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Não