Brasil

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
Ciências e Biotecnologia (31003010079P0)
AVALIAÇÃO DO POTENCIAL ANTITUMORAL DE PLANTAS DA RESTINGA DE JURUBATIBA: Manilkara subsericea e Eremanthus crotonoides
ELAINE DA SILVA CASTRO
DISSERTAÇÃO
10/12/2012

O câncer é caracterizado pela proliferação descontrolada de células que sofreram mutação em seu material genético, pela invasividade celular e metástase. Sendo o tratamento para o câncer a quimioterapia, radioterapia, a cirurgia e o transplante de medula óssea. Muitas vezes havendo a necessidade de combinar esses tratamentos para erradicação da doença. Mas nem sempre estes métodos são eficazes no tratamento do câncer por isso havendo a necessidade de busca por novos medicamentos que são capazes de combater o câncer. A história dos medicamentos anticâncer está intimamente relacionada aos produtos n aturais, sendo que 67% dos medicamentos utilizados têm em alguma instância sua origem relacionada a uma fonte natural. O objetivo deste projeto foi avaliar a atividade antitumoral de extratos vegetais de espécies da Restinga de Jurubatiba, Manilkara subsericea e Eremanthus crotonoides em linhagens tumorais e não tumorais por diferentes parâmetros de viabilidade celular. A espécie Manilkara subsericea pertence a família Sapotacea, sendo do gênero Manilkara, já a epécie Eremanthus crotonoides pertence a família Asteracea (compositae), sendo do gênero Eremanthus. Os extratos com atividade citotóxica mais intensa foram, em seguida, avaliados quanto à atividade biológica. Os extratos de folha, caule e partições do fruto da espécie Manilkara subsericea não mostraram atividade citotóxica contra as células K562, U87 e Vero. Já os extratos de folha, caule, partições da folha, frações de diclorometano da folha e o isolado centraterina da partição diclorometano da espécie Eremanthus crotonoides apresentaram diferentes níveis de toxicidade contra as células K562, U87, U251 e Vero. A espécie mostrou-se promissora quanto ao tratamento contra células cancerígenas, principalmente para célula K562, onde o isolado centraterina (uma lactona sesquiterpênica) obtido da partição diclorometano apresentou uma IC50 de 0,44μg/mL. O isolado centraterina demonstrou causar morte celular tanto por apoptose quanto por necrose nas células leucêmicas k562. Esta é a primeira descrição de lactonas sesquiterpênicas com atividade antitumoral e seletividade para células leucêmicas para esta espécie de planta da restinga, sugerindo que a espécie Eremanthus crotonoides coletada em cerrado pode ser um ótimo candidato a um novo fármaco com potencial anticâncer. Deste modo nossos estudos revelaram a importância de manter preservada nossa fauna e flora, pois estes representam enorme potencial como fonte de novos produtos farmacêuticos.

chave: anticâncer, antitumoral, produtos naturais, células tumorais, k562, glioblastoma, Restinga de Jurubatiba, Manilkara subsericea, Eremanthus crotonoides.
Cancer is characterized by uncontrolled proliferation of cells that suffered mutation in their genetic material, the cell invasivity and metastasis. As the treatment for cancer chemotherapy, radiotherapy, surgery and bone marrow transplant. Often there is a need to combine these treatments to eradicate the disease. But these methods are does not always effective in treating cancer so there is a need to search for new drugs that are able to combat cancer.The history of anticancer drugs is intimately related to natural products, as 67% of the drugs used nowadays have their origin at some level related to a natural source. The objective of this project was to evaluate the cytotoxic activity of plant extracts of species of Restinga de Jurubatiba, namely Manilkara subsericea and Eremanthus crotonoides, in normal and tumor cell lines by diverse cell viability parameters. The species belongs to the family Manilkara subsericea Sapotacea, being the genus Manilkara, already epécie Eremanthus crotonoides belongs to Asteraceae (Compositae), and the genus Eremanthus Those extracts presenting more intense cytotoxic activity were then evaluated for biological activity. Extracts from leaves, stem and fruit partitions from Manilkara subsericea did not presented cytotoxic activity against K562, U87 and Vero cells. However, extracts from leaves and stem, as well as dichloromethane fractions from leaves and the isolated compound centraterin from E. crotonoides presented different levels of cytotoxicity against K562, U87, U251 and Vero cells. The extracts from this species presented itself as a promising tool for cancerous cell treatment, mostly against K562, where the isolated centraterin (a sesquiterpene lactone obtained from the dichloromethane partition presented a IC50 of 0,44μg/mL. The isolated centraterina shown to cause cell death by apoptosis and by both necrosis in leukemic K562 cells.This is the first description of sesquiterpene lactones with antitumoral activity and selectivity for leukemic cells for this species of plant from restinga, suggesting that E. crotonoides collected from cerrado may be a candidate to the production of novel drugs with anticancer potential. In this manner, the present study reveals the importance of preserving our flora and fauna, since they present a huge potential as a source of novel pharmaceutical products.
anticancer, antitumoral, nactural products, cell tumor, k562, glioblastoma.
01
146
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

Contexto

CIÊNCIAS E BIOTECNOLOGIA - INTERAÇÕES MOLECULARES, CELULARES E SISTÊMICAS
-
-

Banca Examinadora

PATRICIA BURTH
Sim
Nome Categoria
MAURICIO AFONSO VERICIMO Participante Externo
CASSIANO FELIPPE GONCALVES DE ALBUQUERQUE Participante Externo
FRANCISCO DAS CHAGAS ABREU DA SILVEIRA Participante Externo
PRISCILA FALAGAN LOTSCH Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Não