Brasil

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
Ciências e Biotecnologia (31003010079P0)
ESTUDO DA ASSOCIAÇÃO DE FISSURAS LABIOPALATINAS E POLIMORFISMOS NOS GENES TP53 E MDM2
DANIEL NASCIMENTO LAZARO DA SILVA
DISSERTAÇÃO
26/07/2012

Para que o processo de formação da região craniofacial seja bem sucedido é necessário que uma série de fenômenos, que envolvem células mesenquimais, ocorram durante a formação do lábio e palato. Acredita-se que para haver fusão das cristas do palato secundário e do lábio é necessário que as células que fazem parte do tecido conectivo temporário entrem em apoptose ou, que essas células apenas sofram desdiferenciação, sendo transformadas em células mesenquimais. Considerando o relato de trabalhos que observaram células em apoptose em embriões de camundongos na região contendo o tecido da aborda medial é notório que tal processo seja importante para formação do lábio e do palato. A apoptose é um processo de morte celular importante para formação e degradação de tecidos de um organismo sem haver atividade inflamatória. A p53 é uma proteína, produto do gene TP53, extremamente importante para tal processo. Ela atua na regulação transcricional de proteínas envolvidas no processo e é ativada quando há necessidade de reparar algum dano causado no DNA ou em resposta a ausência de determinados metabólitos, hipóxia, choque térmico, parando o ciclo celular ou fazendo com que a célula entre em apoptose. Este trabalho tem o objetivo analisar se polimorfismos em TP53 e MDM2 estão associados com o risco de desenvolver fendas de lábio e/ou palato. Um grupo de 762 indivíduos, 327 pertencentes ao grupo caso e 433 ao grupo controle, foi utilizado na genotipagem. O polimorfismo SNP 309 de MDM2 e o Arg/Pro de TP53 foram genotipados através de PCR em tempo real, enquanto o polimorfismo do intron 3 (PIN3) de TP53 foi realizado através de PCR convencional com eletroforese em gel de poliacrilamida a 12%. Todos os polimorfismos encontram-se em equilíbrio de Hardy-Weinberg e o PIN3 foi associado como risco de desenvolver fissuras considerando grupo total de casos. Quando houve estratificação dos polimorfismos por subfenótipo o PIN3 de TP53 foi associado com FLP esquerda, enquanto o Arg/Pro evidenciou relação com a FLP direita. Já O SNP309 de MDM2 pode estar associado com fissurados com a presença de agenesias dentárias. A presença da inserção de 16pb, que caracteriza o PIN3, é responsável por alterar a topologia do RNA mensageiro de p53, através da alteração de uma estrutura chamada G-quadruplex. A não associação com o Arg/Pro de TP53 e como o SNP309 de MDM2 pode é possível visto a grande complexidade da via que encaminha a célula a apoptose, havendo outras vias. Sendo assim, o polimorfismo PIN3 de TP53 está associado ao risco de desenvolvimento de fissuras labiopalatinas.

Fendas de lábio e/ou palato, polimorfismos, TP53, Arg/Pro, MDM2, SNP309.
For the process of craniofacial region formation it is necessary that some events involving mesenchymal cells occur during formation of the lip and palate. It is believed that to fuse crests of the secondary palate and lip is necessary that cells make a temporary connective tissue and get to apoptosis, or that those cells can undergo dedifferentiation to be transformed in mesenchymal cells. Considering the reports of studies that have observed apoptotic cells in mouse embryos in this region containing tissue from the medial edge is one evidence that this process is important for lip and palate formation. Apoptosis is an important process of cell death for tissue formation and degradation of an organism with reduced inflammatory activity and is regulated by p53. This protein acts in the transcriptional regulation of proteins involved in the apoptosis process and is activated when there is a need to repair any damage caused in DNA or in response to the absence of certain metabolites, hypoxia, heat shock, stopping the cell cycle or leading to cell apoptosis. p53 quantity is regulated by mdm2 protein, a ubiquitin ligase that causes p53 destruction and consequently p53 low activity. . This work aims to examine whether polymorphisms in TP53 (PIN3 and Arg/Pro) and MDM2 (SNP309) genes are associated with the risk of developing clefts lip and/or palate. Was used a group of 762 individuals for genotyping assays, 327 cases and 433 controls , . The polymorphism SNP309 and Arg/Pro were genotyped by Real Time PCR and intron 3 polymorphism (PIN3) by conventional PCR followed by electrophoresis in 12% polyacrylamide gel. All polymorphisms are in Hardy-Weinberg and PIN3 was associated with a risk of developing clefts considering the total group of cases. When the polymorphisms were stratified by the subphenotypes, TP53 PIN3 was associated with left CLP, while the relationship with PEX4 was observed on right FLP. The SNP309 MDM2 was also associated with cleft in the presence of tooth agenesis. Was described that 16bp insertion atPIN3 polymorphism, is responsible for changing the topology of messenger RNA of p53, by altering a common structure called G-quadruplex. Thus, a polymorphism of intron 3 of TP53 is associated with risk of developing oral clefts.
Oral clefts, Polymorphism, TP53, Arg/Pro, MDM2, SNP309.
01
83
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

Contexto

CIÊNCIAS E BIOTECNOLOGIA - INTERAÇÕES MOLECULARES, CELULARES E SISTÊMICAS
-
-

Banca Examinadora

GUTEMBERG GOMES ALVES
Sim
Nome Categoria
GEORGINA SEVERO RIBEIRO Participante Externo
PRISCILA FALAGAN LOTSCH Participante Externo
MARCIA RODRIGUES AMORIM DOS SANTOS Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Não