Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA
LETRAS (40002012012P8)
ENTRE TRÊS PAREDES: UM OLHAR SOBRE A INTIMIDADE NA PEÇA AS LÁGRIMAS AMARGAS DE PETRA VON KANT
FABRICIO BATISTA BORGES
DISSERTAÇÃO
18/04/2016

Esta dissertação tem por objeto peça As lágrimas amargas de Petra von Kant, escrita em 1972 pelo diretor alemão Rainer Werner Fassbinder. Busca-se refletir sobre as relações íntimas da estilista Petra von Kant vivenciadas em seu quarto, as quais são marcadas por paixões intensas como o ressentimento e o desejo de vingança devido a não possibilidade de vivenciar seus relacionamentos. As personagens buscam atingir seus objetivos e usam o outro para conseguir o que desejam. No quarto de Petra não há possibilidade para um amor altruísta e o sentimento é moeda de troca para conseguir os desejos pessoais. Contextualmente, a sociedade alemã retratada por Fassbinder em sua peça viveu um período que ficou conhecido como “A Reconstrução”, entre 1950 e 1970, momento no qual a Alemanha Ocidental recebeu altos investimentos, sobretudo dos E. U. A., e rapidamente refez as cidades destruídas pela guerra, ocasionando o surgimento da classe média. Contudo, os cidadãos não se reconstruíram com a mesma velocidade e o resultado foi a formação de seres ressentidos que não conseguiram refazer suas vidas e seus relacionamentos devido a não adaptação a uma sociedade centrada na individualização do sujeito. Rainer Fassbinder foi um dos artistas alemães que expuseram as feridas não cicatrizadas de seu povo e suas peças e filmes exibem um olhar crítico sobre a vida íntima e sobre os relacionamentos desgastados, marcados incompletude do sujeito, falta de confiança no outro e impossibilidade de encontrar sentimentos que não estejam baseados em interesses próprios. Petra von Kant é representante dessa classe média caracterizada pelo ressentimento e movida por relações sustentadas na posse do outro e no interesse monetário. A peça, de modo geral, traz uma visão pessimista sobre o homem e sobre a impossibilidade de um final feliz para as personagens fassbinderianas.

Intimidade;Ressentimento;Relações amorosas;Rainer Werner Fassbinder
This dissertation has as major goal to analyze the play The bitter tears of Petra von Kant, written in 1972 by the German director Rainer Werner Fassbinder. It aims to think over the Petra von Kant’s intimate relationships experienced in her bedroom, considering that they are marked by intense passions like resentment and the desire of revenge due to the impossibility to live these relationships. The characters want to achieve their own interests and, for this, they use persons to get what they want. Inside Petra’s bedroom, there is no possibility to an altruist love and the feeling is a bargaining chip to get personal interests. Contextually, the German society portrayed by Fassbinder in his play lived a moment called “The reconstruction”, between 1950 and 1970, when The Western Germany received high investments, mainly by the U. S. A., getting the possibility to quickly reconstruct their destroyed cities after the Second World War. This process causes the emergence of the middle-class. However, citizens were not able to reconstruct themselves in the same speed and they became resentful people who couldn’t remade their lives and their relationships in a very individualist society. Rainer Fassbinder was one of the many German artists who exposed their people’s wounds. His plays and movies showed a critical view about persons’ private life and their hackneyed relationships, marked by the incompleteness of the human being, by the lack of trust and by the impossibility to find feeling without interests. Petra von Kant is a representative figure of this middle-class featured by the resentment and moved by relationships based on possession of people and money relevance. In general, Fassbinder’s play brings a pessimist view of the human being and the inability to a happy ending to their characters.
Privacy;Resentment;Love relationships;Rainer Werner Fassbinder
1
78
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

LITERATURA COMPARADA
REPRESENTAÇÕES E TEXTUALIDADES
Discurso e nação

Banca Examinadora

ANDRE LUIZ JOANILHO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
SONIA APARECIDA VIDO PASCOLATI Docente - PERMANENTE
ROSANE KAMINSKI Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 12

Vínculo

-
-
-
Não