Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS
CIÊNCIAS PESQUEIRAS NOS TRÓPICOS (12001015025P7)
Isolamento e Caracterização de locos microssatélites e sua aplicação na identificação de estoque pesqueiro da Piraíba - Brachyplatystoma filamentosum – (Pimelodidae-Siluriformes)”.
LARISSA MELO DAS NEVES BRASIL
DISSERTAÇÃO
16/03/2016

A piraíba – Brachyplatystoma filamentosum, é o maior dentre os bagres migradores Amazônicos. Sua distribuição abrange toda a bacia amazônica, desde os rios do Amapá até a cordilheira dos Andes, habitando tanto em água branca, preta e clara, como também em tributários e lagos de várzea e igapó. Até 2005 as informações a respeito desta espécie eram tratadas em comum com a Brachyplatystoma capapretum, que foi descrita com base em características osteológicas. Nesse contexto, faz-se necessário estudos sobre a biologia dessas espécies, sendo a genética a ciência promissora para elucidar questões como o ciclo biológico, distribuição exata no ambiente amazônico, variabilidade e estoque genético. Estudos genéticos utilizando sequencias de DNA mitocondrial contribuíram revelando que em média B. filamentosum é mais abundante que B. capapretum em rios de águas branca na bacia amazônica. O presente estudo se propôs, através de marcadores moleculares microssatélites, verificar se o e B. filamentosum apresenta estrutura populacional, podendo compor mais de que um estoque genético e se possui segregação genética e se está associada ao tipo de água onde ocorrem. Dezessete marcadores microssatélites foram isolados e caracterizados em 35 indivíduos de B. filamentosum oriundas da região de Belém – PA, Brasil. Foram obtidos 78 alelos, variando entre 1 a 15 alelos por loco, com uma média de 6,00. A heterozigosidade observada (Ho) e esperada (He) variou entre 0,100 à 0,875 (média 0,569) e 0,136 à 0,837 (média 0,558), respectivamente. A amplificação heteróloga resultou em 3 a 12 locos entre seis espécies do gênero Brachyplatystoma: B. capapretum (filhote capapreta), B. vaillantii (piramutaba), B. rousseauxii (dourada) B. platynemum (babão), B. tigrinum (dourada zebra) e B. juruense (flamengo). Os marcadores microssatélites obtidos irão contribuir para futuros estudos genéticos de populações naturais de B. filamentosum e estarão disponíveis para outras espécies do gênero Brachyplatystoma. Dez locos microssatélites foram utilizados para as análises de genética populacional de 178 indivíduos de B. filamentosum amostrados em seis regiões da bacia amazônica, representantes de três diferentes tipos de água. Foi obtido um total de 80 alelos, com uma média de 8 alelos, média das heterozigosidades observada de 0,548 e esperada de 0,598 por loco. Os resultados da AMOVA indicaram moderado fluxo gênico entre as localidades e valores significativos de FST. Não é possível aceitar a hipótese nula de panmixia, de um único estoque para a espécie, pois as análises, de forma geral, indicam estrutura entre algumas localidades, principalmente entre rio Araguaia com os rios rio Branco (FST = 0,113) e Negro (FST = 0,219). O rio Negro também apresentou o rio Madeira (FST =0,101). Os valores de Nm também foram abaixo de 4 entre essas localidades. Desta forma, sugere-se que B. filamentosum seja maneja considerando mais de que um estoque genético, principalmente no rio Negro, Araguaia e Branco. Todavia, não se pode afirmar que essa segregação esteja totalmente associada ao tipo de água.

Brachyplatystoma filamentosum;LOCOS MICROSSATÉLITES
The Piraíba- Brachyplatystoma filamentosum, Is the largest among the migratory Amazonian catfish. Its distribution covers the entire Amazon basin, from the rivers of Amapá to the Andes, living both in white water, black and clear, as well as in tributaries and floodplains and igapó lakes. Until 2005 the information about this species were treated in common with Brachyplatystoma capapretum, which was described based on osteological features. In this context, it is necessary studies on the biology of the species, being the genetics the promising science to elucidate issues such as life cycle, accurate distribution in the Amazonian environment, variability and genetic stock. Genetic studies using mitochondrial DNA sequences contributed revealing that on average B. filamentosum is more abundant than B. capapretum in white water rivers in the Amazon basin. This study aims, through microsatellite markers, check if B. filamentosum presents population structure and can compose more than one genetic stock, if it has genetic segregation and if it is associated with the type of water where is its natural environment. Seventeen microsatellite markers were isolated and characterized in 35 individuals of B. filamentosum coming from the Belem - PA, Brazil. There were obtained 78 alleles that ranged from 1 to 15 alleles per locus, with an average of 6.00%. The observed heterozygosity (Ho) and expected (He) ranged from 0.100 to 0.875 (mean 0.569) and 0.136 to 0.837 (mean 0.558), respectively. The heterologous amplification resulted in 3 to 12 locos of six species of the genus Brachyplatystoma B. capapretum (black piraíba), B. vaillantii (piramutaba), B. rousseauxii (dourada) B. platynemum (Babão), B. tigrinum (dourada zebra ) and B. juruense (Flamengo). The microsatellite markers obtained will contribute to future genetic studies of natural populations of B. filamentosum and will be available for other species of the genus Brachyplatystoma. Ten microsatellite loci were used for population genetic analyzes of 178 individuals of B. filamentosum sampled in six regions of the Amazon basin, representatives of three different types of water. A total of 80 alleles was obtained with average of 8 alleles, the average of heterozygosity observed and expected from 0.548 to 0.598 per locus. The results of AMOVA showed moderate genetic flow between locations and significant values of FST. It is not possible accept the null hypothesis of panmixia, from single stock for the species, because the analyzes indicate structure between some locations, especially between Araguaia River with Branco River (FST = 0.113) and Negro River (FST = 0.219). The Negro River also presented the Madeira River (FST = 0.101). The Nm values were also below 4 between these locations. Thus, it is suggested that B. filamentosum be considered as a single genetic stock, especially in Negro River, Araguaia River and Branco River. However, it is not possible to say that this segregation is fully associated with the type of water.
Brachyplatystoma filamentosum;LOCOS MICROSSATÉLITES;SILURIFORMES
1
84
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

USO SUSTENTÁVEL DE RECURSOS PESQUEIROS TROPICAIS
TECNOLOGIA DE USO DOS RECURSOS PESQUEIROS
-

Banca Examinadora

JACQUELINE DA SILVA BATISTA
DOCENTE - PERMANENTE
Não
Nome Categoria
MARIA DORIS ESCOBAR LIZARAZO Docente - VISITANTE
MIRIAM SILVA RAFAEL Participante Externo
DENISE CORREA BENZAQUEM Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Não