Brasil

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ
Ciências Ambientais (33021015012P5)
DETERMINAÇÃO DE CARBONO TOTAL EM PLANTAÇÕES DE EUCALIPTO E PASTAGENS
HELIO RODRIGUES BASSANELLI
DISSERTAÇÃO
16/12/2013

Devido aos processos de mudanças climáticas e o resultante efeito estufa que como consequência poderão trazer sérios impactos socioeconômicos, tentou-se nessa pesquisa avaliar a hipóteses de que a mudança de uso do solo com cobertura de gramíneas para cobertura vegetal de eucalipto trará um ganho no sequestro de carbono e ser uma possível alternativa para mitigação do efeito estufa. Dessa forma, os objetivos da pesquisa foram: 1) verificar a diferença de estoque de carbono existente em uma plantação de eucalipto e de pastagem situadas em uma mesma bacia hidrográfica; 2) quantificar o carbono total existente na parte aérea, raízes e solo em plantios de clones híbridos de eucalipto e em pastagens de gramíneas Brachiaria decumbens; e 3) estimar o sequestro do carbono pela mudança de uso de pastagem para eucalipto, considerando que a área plantada com essa cultura vem crescendo na região do Vale do Paraíba. O trabalho foi desenvolvido na microbacia experimental Fazenda Santa Marta, no município de Igaratá, Estado de São Paulo. A coleta de dados para estimativa da fitomassa foi pelo método destrutivo de 18 árvores e seis parcelas de pastagem. Foi calculado o Carbono na biomassa aérea e radicular do eucalipto e da pastagem, além da estimativa do carbono nos solos dessas coberturas vegetais. No eucalipto a biomassa aérea foi estimada em 50,17 Mg ha-1 de C e 12,73 Mg ha-1 de C na biomassa radicular, em um período de 4 anos após condução de rebrota do clone C041H. A produtividade anual deste clone foi de 15,72 Mg C ha-1 ano-1. No clone P4295H, plantado em 2003,foram estimadas 114,44 Mg C ha-1 na biomassa aérea e 17,63 Mg C ha-1 na biomassa radicular. A produtividade anual deste clone foi de 13,20 Mg C ha-1 ano-1. No solo sob eucalipto foi estimado um valor de 144,58 Mg C ha-1. Na pastagem de Brachiaria decumbens foram estimadas 0,90 Mg C ha-1 na biomassa aérea e 0,92 Mg C ha-1 na biomassa radicular. No solo sob a pastagem, estimou-se 147,99 Mg C ha-1. Portanto, foram estimadas um total de 207,48 Mg C ha-1 para o C041H, 276,65 Mg C ha-1 para o clone P4295H e149,81 Mg C ha-1 para a área ocupada com pastagem. Dessa forma, houve um sequestro de, entre o eucalipto mais novo e a pastagem de 57,67 Mg C ha-1 e de 126,84 Mg C ha-1 entre o mais velho e a pastagem, considerando a mudança da matriz de uso de pastagem para eucalipto e as mesmas características do solo.

Mudanças no uso do solo; biomassa; estrutura vegetal.
Due to the processes of climate change and the resulting greenhouse effect may have serious socioeconomic impacts, this research attempted to evaluate the hypothesis that the land use change with grass cover to cover eucalyptus will bring a gain in sequestering carbon and be a possible alternative to mitigate the greenhouse effect. In that way, the research objectives were: 1) to verify the difference of existing carbon stock in an Eucalyptus plantation and pasture located in the same watershed, 2) to quantify the total carbon (C) existing in aerial biomass, roots and soil in plantations of Eucalyptus hybrid clones and pasture planted with Brachiaria decumbens, and 3) to estimate carbon sequestration by land cover change from pasture to Eucalyptus taking into consideration that the area planted with this crop has been growing in the Vale do Paraíba. The work was developed in the Fazenda Santa Marta experimental watershed, in the municipality of Igaratá, State of São Paulo. Data collection for the estimation of biomass was based on destructive method of 18 trees and six plots of pasture. We calculated the carbon in biomass and root of Eucalyptus and pasture plots and the carbon content of the soil in both vegetation covers. In eucalyptus biomass was estimated at 50.17 Mg C ha- 1 and 12.73 Mg C ha -1 of C in root biomass in a period of 4 years after regrowth of the clone C041H . The annual productivity of this clone was 15.72 Mg C ha- 1 yr-1 . In P4295H clone planted in 2003 , were estimated 114.44 Mg C ha -1 in aboveground biomass and 17.63 Mg C ha -1 in root biomass . The annual productivity of this clone was 13.20 Mg C ha- 1 yr -1. The soil under eucalyptus was estimated a value of 144.58 Mg C ha- 1. In Brachiaria decumbens were estimated 0.90 Mg Mg C ha- 1 in aboveground biomass and 0.92 Mg Mg C ha- 1 in root biomass . The soil under the pasture was estimated 147.99 Mg C ha- 1 yr--1. Therefore, a total of 207.48 Mg C ha- 1 and was estimated for the C041H , 276.65 207,48 Mg C ha-1 for clone P4295H and e 149,81 Mg C ha- 1 for the pasture area. Thus , there was a carbon sequestration of 126,84 Mg C ha-1 between the youngest Eucalyptus and pasture 57.67 Mg C ha- 1 and 126.84 Mg C ha - 1 between the oldest Eucalyptus and pasture, considering the land change of use of pasture to Eucalyptus and the same characteristics soil.
Land use change, biomas, vegetation structure.
único
50
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ

Contexto

CIÊNCIAS AMBIENTAIS
COMPOSIÇÃO E PROCESSOS ESTRUTURANTES DE BACIAS HIDROGRÁFICAS
REPOSIÇÃO FLORESTAL E EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO UNA - VALE DO PARAÍBA - SP - CBH-PS/FEHIDRO

Banca Examinadora

GETULIO TEIXEIRA BATISTA
Sim
Nome Categoria
ANA APARECIDA DA SILVA Docente
RODOLFO ARAUJO LOOS Participante Externo

Vínculo

Servidor Público
Outros
Profissional Autônomo
Sim