Brasil

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
Ciências e Biotecnologia (31003010079P0)
POTENCIAIS PROTÓTIPOS SINTÉTICOS (PIRAZOLIL BENZENOSSULFONAMÍDICOS) E NATURAIS (EXTRATOS DE MACROALGAS MARINHAS) COM ATIVIDADE ANTILEISHMANIA
MARIE LUCE DAS FLORES LIRA FERNANDES
DISSERTAÇÃO
27/02/2013

Leishmaniose é uma doença de importância em saúde pública e com distribuição mundial, causada por protozoários do gênero Leishmania. São várias as causas do aumento dos riscos dessa infecção, a saber: a falta de vacinas adequadas, a dificuldade no controle de vetores e reservatórios, o recente aumento da coinfecção com o vírus HIV, a toxicidade do tratamento e a resistência dos parasitos às drogas atuais. O sucesso na procura por novos fármacos pode resultar da combinação entre a pesquisa de novos quimioterápicos com potencial leishmanicida associado ao efeito imunomodulador. Assim, torna-se relevante a busca por novas drogas com potencial leishmanicida e baixa toxicidade para células de mamíferos. Neste estudo avaliamos a atividade antileishmania de moléculas recém-sintetizadas, os derivados pirazolil benzenossulfonamídicos, assim como de extratos brutos e produtos purificados de macroalgas marinhas em ensaios com formas extracelulares de Leishmania amazonensis. Avaliamos também possíveis efeitos citotóxicos desses compostos em ensaios com macrófagos peritoneais murinos. A concentração efetiva de cada composto que produz 50% da resposta máxima possível (EC50), assim como a concentração de citotoxicidade que implica em 50% da viabilidade celular (CC50), em um período de 24 horas, foram determinados. Os compostos sintéticos D1 a D10 apresentaram valores de EC50/24h que variaram entre 5,3 μg/mL a 146,0 μg/mL. Os valores de CC50/24h variaram entre 15,6 μg/mL e 261,7 μg/mL. Os extratos brutos de Caulerpa racemosa, Osmundaria obtusiloba, Stypopodium zonale, Dictyota ciliolata e Dictyota menstrualis apresentaram valores de EC50/24h que variaram entre 0,61 μg/mL e 154,0 μg/mL. Os valores de CC50/24h variaram entre 18,2 μg/mL e 240,0 μg/mL. O índice de seletividade (SI) dos compostos foi determinado, correspondendo a valores entre 0,21 e 9,25 para os produtos sintéticos, e entre 0,31 e 39,33 para os extratos brutos de algas. A mistura de isômeros Pachydictyol A e Isopachydictyol A, isolados de Dictyota menstrualis, apresentou EC50/24h igual 23,5 μg/mL, CC50/24h igual a 30,0 μg/mL e índice de seletividade igual a 1,27. Comparados aos valores da droga de referência Pentamidina (EC50=7,6 μg/mL, CC50=19,5 μg/mL e SI=2,56), selecionamos o composto sintético D6 e o extrato alcoólico de Osmundaria obtusiloba para testes de avaliação da atividade terapêutica em modelo experimental murino. Camundongos BALB/c foram infectados com promastigotas de Leishmania amazonensis. Duas semanas após, foram tratados com o composto D6 ou com extrato de Osmundaria obtusiloba (5 e 20 mg/Kg/dia), via oral, por 28 dias. Grupo controle recebeu Cetoconazol (50 mg/Kg/dia). Monitoramento semanal da massa corpórea foi realizado. Linfonodos poplíteos drenantes foram coletados no final do tratamento para avaliação de carga parasitária. O fato dos animais tratados com derivado pirazolil benzenossulfonamídico D6 ou com o extrato alcoólico de Osmundaria obtusiloba não terem perdido massa corpórea, mostra que esses compostos não interferem neste parâmetro de toxicidade. Além disso, a diminuição da carga parasitária no linfonodo poplíteo drenante indica o potencial terapêutico do composto D6 e do extrato alcoólico de Osmundaria obtusiloba.

Leishmania amazonensis – citotoxicidade – algas – pirazolil benzenossulfonamidas – Osmundaria obtusiloba - tratamento
-
-
1
127
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

Contexto

CIÊNCIAS E BIOTECNOLOGIA - INTERAÇÕES MOLECULARES, CELULARES E SISTÊMICAS
A IDENTIFICAÇÃO DE PROTÓTIPOS BIOATIVOS E MOLÉCULAS DE IMPORTÂNCIA EM SISTEMAS BIOLÓGICOS E BIOTECNOLÓGICOS
ESTUDO DA ATIVIDADE BIOLÓGICA DE PRODUTOS SINTÉTICOS E NATURAIS EM LEISHMANIA

Banca Examinadora

VERONICA FIGUEIREDO DO AMARAL
Sim
Nome Categoria
VALERIA LANEUVILLE TEIXEIRA Docente
CLAUDIA MARCIA BORGES BARRETO Participante Externo
JUSSARA MACHADO LAGROTA CANDIDO Docente

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUNDACAO CARLOS CHAGAS FILHO DE AMPARO A PESQUISA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO-FAPERJ - Apoio ao Estudo de Doenças Negligenciadas e Reemergentes–2012 24

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Pesquisa
Não