Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS
EDUCAÇÃO (33001014001P0)
A CONSTITUIÇÃO DO CAMPO ACADÊMICO EM POLÍTICA E GESTÃO DA EDUCAÇÃO NO NORDESTE DO BRASIL
ISAC PIMENTEL GUIMARAES
TESE
24/02/2016

O presente estudo investigou as relações entre os padrões de produção científica e a política de formação acadêmica, por intermédio das lutas geradas entre as diferentes posições dos agentes em redes de colaboração, no campo da Política e Gestão da Educação nos Programas de Pós- Graduação em Educação da região Nordeste do Brasil, no período de quinze anos (2000-2014). Para tal, amparado no fazer sociológico e na teoria do campo científico de Pierre Bourdieu, a ênfase recai no agente que produz uma representação acadêmica sobre a temática de caráter científico e institucionalizado, bem como os condicionantes sociais de sua prática. Os agentes no interior de tal espaço, dotados de um sistema de disposições, com competências específicas, diferentes espécies de capital e seus interesses, confrontam-se na luta para legitimar determinada concepção acerca das temáticas, local e regional; a qual é, acima de tudo, uma forma de visão do mundo acadêmico-social. Metodologicamente, buscou-se estabelecer a estrutura do espaço de produção acadêmica, por meio da utilização de instrumentos estatísticos, a análise fatorial de correspondências múltiplas e análise de redes sociais, para que se pudesse objetivar e, desse modo, identificar a trajetória de formação acadêmico-profissional dos agentes, a estruturação das redes de colaboração científica, com base na produção bibliográfica de artigos, livros e capítulos de livros, bem como, por meio de entrevistas semiestruturadas observar a materialização do espaço acadêmico, o interconhecimento e o processo de legitimação entre os pares, evidenciado assim a posição das elites acadêmicas no espaço de produção do conhecimento em Política e Gestão da Educação, suas estratégias – individuais e de grupo – de organização e de estabelecimento da agenda de produção científica. A partir dos resultados obtidos na caracterização geral do perfil dos agentes, verificamos que a maioria é do sexo feminino, com formação acadêmica (graduação em pedagogia, mestrado em educação e doutorado em educação) na própria região Nordeste, atrelada ao reduzido acesso aos centros de pesquisa do exterior para realização de pós-doutorado e/ou estágio de pesquisa, tampouco são bolsistas de produtividade do CNPq. Para os cargos na SBPC, ANPEd e ANPAE, notamos que os únicos programas que apresentaram maiores frequências para a presença desses cargos foram PPGE/UFPE, PPGE/UECE e PPGE/UFRN. Por outro lado, os agentes possuem tempo médio de dezenove anos de carreira na universidade pública com atuação, essencialmente, na pesquisa e na docência, embora participem de conselhos de revistas científicas e consultorias ao Ministério da Educação. Portanto, as hipóteses inicialmente levantadas neste estudo reforçam a tese de formação de elites acadêmicas e grupos de referências nos espaços de produção do conhecimento científico em Política e Gestão da Educação que contribuem para o engendramento de práticas sociais legítimas, em torno do jogo para imposição de discursos sobre política educacional válidos academicamente no contexto intensificação das assimetrias regionais.

Política e Gestão da Educação;Política Educacional;Assimetrias Regionais;Campo Científico;Redes de Colaboração
This study investigated the relationship between the standards of scientific production and the academic formation policy, through the struggles generated between the different positions of agents in collaborative networks, in the field of Education Policy and Management in the Postgraduate Programs in Education from the Northeast Region of Brazil, in the period of fifteen years (2000-2014). Thereunto, supported by the sociological doing and by the scientific field theory of Pierre Bourdieu, the emphasis reflects on the agent that produce an academic representation about the theme of scientific and institutionalized character, as well as the social the conditioning of its practice. The agents inside such a space, endowed with a disposition system, with specific competencies, different species of capital and its interests, confront each other in the struggle to legitimize certain conception of local and regional theme; which is, above all, a way of vision of the academic social world. Methodologically, it sought to establish the structure of the academic production space, through the use of statistical tools, the factory analysis of multiple correspondences and analysis of social networks, in order to objectify and, thereby, to identify the pathway of academic-professional formation of the agents, the organization of scientific collaboration networks, based on bibliographical production of articles, books and chapters in books, as well as, from semi-structured interviews, to observe the materialization of academic space, through interknowledge and the process of legitimization among peers, evidencing thus the position of academic elites in the space of knowledge production in the Education Policy and Management, its organization strategies - individual and group - and establishment of scientific production schedule. From the results obtained in general characterization of the agents' profile, we verified that most of them are female, with academic formation (degree in pedagogy, master's degree in education and doctorate in education) in the Northeast itself, linked to the reduced access to foreign research centers to accomplish the post-doctoral and/or the research trainee, they are neither productivity scholar from CNPq. For the jobs at SBPC, ANPEd and ANPAE, we noticed that the only programs that presented higher frequencies for the presence of these situations were at PPGE/UFPE, PPGE/UECE and PPGE/UFRN. On the other hand, they have an average time of nineteen years of career in public university performing, essentially, in research and teaching, although they participate of scientific journals committees and provide advisory service to the Ministry of Education. The hypotheses initially raised reinforce the thesis of the formation of academic elites and reference groups in the space of knowledge production in Education Policy and Management that contribute to the engendering of legitimate social practices around the game for imposition of speeches about educational policy, academically valid in the context of intensification of the regional asymmetries.
Education Policies and Management;Educational Policies;Regional Asymmetries;Scientific Field;Collaboration Networks
1
361
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

EDUCAÇÃO
HISTÓRIA, FILOSOFIA E SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO-EDU
ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA EM EDUCAÇÃO E EDUCAÇÃO ESPECIAL

Banca Examinadora

CARLOS ROBERTO MASSAO HAYASHI
Sim
Nome Categoria
MICHELE SILVA SACARDO Participante Externo
LUIS FERNANDO MAIA LIMA Participante Externo
CARMEN LUCIA BRANCAGLION PASSOS Docente
JESUS PASCUAL MENA CHALCO Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Não