Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
PEDIATRIA E CIÊNCIAS APLICADAS À PEDIATRIA (33009015019P7)
AVALIAÇÃO DA CONDIÇÃO NUTRICIONAL, NÍVEIS PRESSÓRICOS E PERFIL METABÓLICO EM CRIANÇAS COM ELEVADO PESO AO NASCER
DANIEL LOPEZ LEDO
DISSERTAÇÃO
24/11/2016

Objetivo: Identificar possível associação entre elevado peso ao nascer (EPN) com sobrepeso/obesidade, aumento dos níveis de pressão arterial, alteração do perfil lipídico e do metabolismo da glicose em crianças e adolescentes de 6 a 12 anos de idade. Métodos: Estudo transversal com escolares, matriculados em escola pública, na região metropolitana de São Paulo. Dados antropométricos, antecedentes familiares e níveis pressóricos foram obtidos de 719 crianças e 518 coletaram exames laboratoriais. As variáveis de risco para DCV foram: circunferência abdominal, pressão arterial (PAS/PAD), Índice de Massa Corpórea (IMC), perfil lipídico, glicemia, insulina e resistência à insulina (HOMA). O peso de nascimento foi classificado em 3 grupos: baixo peso ao nascer (BPN < 2500g), peso adequado (PAdq: 2500g ≤ PN < 4000g) e elevado peso ao nascer (EPN ≥ 4000g). Resultados: Em 719 crianças avaliadas, a média de idade foi de 9,5 ± 2,0 anos e 371 (51,6%) eram do sexo masculino. Não houve diferença estatisticamente significante em relação à classificação da condição nutricional e o peso ao nascer. Os valores médios de Z IMC, cintura/altura e Z Estatura/Idade foram maiores nos escolares com EPN, entretanto, sem diferença estatisticamente significante em relação aos outros grupos. Crianças/adolescentes com EPN não apresentaram pior perfil lipídico ou da glicose e resistência à insulina. O grupo com BPN apresentou maior percentual de inadequação para PAS, PAD e triglicérides em relação aos grupos com PAdq e EPN, mesmo após ajuste para o sexo. Conclusão: Não se encontraram associações entre nascer com elevado peso e obesidade, níveis pressóricos, alteração no perfil lipídico e resistência à insulina em crianças e adolescentes.

peso ao nascer;recém-nascido;criança;obesidade;pressão arterial;distúrbio do metabolismo dos lipídeos
Objective: To identify a possible association between high birth weight (HBW) and overweight / obesity, increased blood pressure levels, altered lipid profile and altered glucose metabolism in children and adolescents between 6 and 12 years of age. Methods: A cross-sectional study with students, enrolled in a public school in the metropolitan region of Sao Paulo. Anthropometric data, family history and blood pressure levels were obtained from 719 children and 518 collected laboratory tests. 25 Risk variables for CVD were waist circumference, blood pressure (SBP/DBP), body mass index (BMI), lipid profile, blood glucose, insulin and insulin resistance (HOMA). The birth weight was classified into 3 groups: low birth weight (LBW < 2,500g), appropriate weight (AW: 2,500g ≤ BW < 4000g) and high birth weight (HBW ≥ 4000g). Results: In 719 children evaluated, the average age was 9.5 ± 2.0 years old and 371 (51.6%) were male. There was no statistically significant difference in relation to the classification of nutritional status and birth weight. The average values of Z BMI, waist/height and Z high/age were higher in schoolchildren with HBW, however, without statistically significant difference in relation to the other groups. Children/adolescents with HBW didn’t have a worse lipid or glucose profile and insulin resistance. The group with low birth weight showed the highest percentage of unsuitability for SBP, DBP and triglycerides compared to groups with AW and HBW, even after adjustment for sex. Conclusion: No associations were found between being born with high weight and obesity, blood pressure levels, changes in lipid profile and insulin resistance in children and adolescents.
1. Birth Weight. 2. Newborn. 3. Child. 4. Obesity. 5. Blood Pressure. 6. Disorders of Lipid Metabolism.
01
52
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

PEDIATRIA E CIÊNCIAS APLICADAS À PEDIATRIA
CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO NORMAL E PATOLOGICO
Peso ao nascer e fatores associados ao risco de doenças cardiovasculares (DVC) - repercussões no crescimento, condição nutricional e alterações metabólicas

Banca Examinadora

MARIA WANY LOUZADA STRUFALDI
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
TULIO KONSTANTYNER Participante Externo
MARIA DO CARMO PINHO FRANCO Participante Externo

Vínculo

Colaborador
Outros
Ensino e Pesquisa
Sim