Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE PAULISTA
Patologia Ambiental e Experimental (33063010005P2)
Modelo in vitro para o estudo da resposta de macrófagos desafiados com Malassezia furfur ou Malassezia pachydermatis
ROSSANA TEOTONIO DE FARIAS MOREIRA
TESE
12/12/2016

As leveduras lipofílicas, Malassezia pahydermatis e Malassezia furfur, fazem parte do microbioma cutâneo, vivendo em uma relação comensal com os hospedeiros; mas, diante de fatores predisponentes podem assumir comportamento patogênico e causar graves infecções invasivas no homem, especialmente em neonatos prematuros submetidos à administração de nutrição parenteral suplementada com lipídios. Nas infecções, em particular naquelas invasivas, pouco se sabe a respeito da resposta imunológica inata ou adaptativa desencadeada pelas espécies de Malassezia. Sendo a fagocitose um importante mecanismo da resposta imune foi objetivo deste trabalho padronizar modelo de fagocitose in vitro por macrófagos da linhagem RAW 264.7 desafiados por M. furfur e M. pachydermatis, comparando-se o comportamento das duas espécies e avaliando-se a produção de óxido nítrico e citocinas durante o processo de fagocitose. Macrófagos murinos da linhagem RAW 264.7 foram desafiados com cepas de M. furfur CBS-1878 e M. pachydermatis CBS-1696, nas razões de 5:1 e 2:1 (razão leveduras:macrófagos) em intervalos de leitura de 6h, 24h e 48h após os desafios, determinando-se os índices fagocíticos. Realizou-se nos mesmos intervalos de tempo, a dosagem de óxido nítrico por método colorimétrico e de citocinas pró- e anti-inflamatórias (IL-2, IL-4, IL-6, IL-10, IL-17A, IFN-γ e TNF-α) por citometria de fluxo. Os resultados mostraram maior índice fagocítico na razão de 5:1, tanto para M. pachydermatis quanto para M. furfur, no intervalo de 24 h. Foram observadas diferenças entre as espécies, verificando-se índices fagocíticos superiores quando os macrófagos foram desafiados com M. pachydermatis. Nas leituras de fagocitose às 48h, houve evasão das leveduras, detectando-se grande proliferação dos micro-organismos e morte de macrófagos, particularmente ante M. pachydermatis. Houve grandes variações na produção de óxido nítrico pelos macrófagos, nos diferentes intervalos de tempo, ante as duas espécies e dentre as citocinas pesquisadas nos sobrenadantes das culturas de macrófagos infectados com M. pachydermatis e M. furfur, apenas foram detectadas TNF-α e IL-4, em que macrófagos infectados com M. furfur determinaram maior produção da citocina pró-inflamatória TNF-α e com M. pachydermatis, aumento da produção da citocina anti-inflamatória IL-4. A ocorrência de fagocitose de M. furfur e M. pachydermatis por macrófagos in vitro e a presença de citocinas pró- e anti-inflamatórias reforçam o caráter dinâmico da relação destas leveduras com o hospedeiro.

Malassezia furfur;Malassezia pachydermatis;Fagocitose;Óxido Nítrico;Citocina
Malassezia pahydermatis and Malassezia furfur are lipophilic yeasts of the cutaneous microbiome, living in an interface between pathogenic and commensal organisms. These organisms are occasionally responsible for serious invasive infections in humans, especially in preterm infants undergoing supplemental lipid supplementation. In invasive infections, little is known about the innate or adaptive immune response triggered by the Malassezia species. Since phagocytosis is an important mechanism mediating the adaptive immune response, it is important to be better clarified.. Our The aim of this research was to standardize phagocytosis model in vitro by RAW 264.7 lineage murine macrophages challenged by M. furfur and M. pachydermatis, comparing the behavior of the two species and oxide nitric and cytokine production resulting from the phagocytic process. Murine macrophages were challenged with CBS-1878 M. furfur and CBS-1696 M. pachydermatis in concentrations of 5:1 and 2:1 (yeasts:macrophages ratio) M. furfur in reading intervals of 6h, 24h and 48h following the challenges, to determine the phagocytic indexes. Evaluation of oxide nitric and pro- and anti-inflammatory cytokines (IL-2, IL-4, IL-6, IL-10, IL-17A, IFN-γ and TNF-α) concentrations were performed in the same intervals, respectively, by colorimetric method and flow cytometry. Results showed a higher phagocytic index at a 5:1 concentration and 24h interval, both for M. pachydermatis and M. furfur. Differences were observed between species: M. pachydermatis-infected macrophages had superior phagocytic indexes. Phagocytosis evaluation at 48h, showed yeast evasion, significant microorganisms proliferation and macrophage death, particularly by M. pachydermatis. Significant variations in the macrophage oxide nitric production were observed at the different time intervals in both species. Only TNF-α and IL-4 cytokines were detected in the supernatant of M. pachydermatis and M. furfur macrophage-infected cultures. M. furfur-inoculated macrophages presented increased TNF-α pro-inflammatory cytokine production, while M. pachydermatis-inoculated macrophages had increased IL-4 anti-inflammatory cytokine production. Macrophage phagocytosis of M. furfur and M. pachydermatis in vitro and the presence of pro- and anti-inflammatory cytokines reinforce the dynamic character of the relationship between these yeasts and the host.
Malassezia furfur;Malassezia pachydermatis;Phagocytosis;Oxide Nitric;Cytokine
01
47
PORTUGUES
UNIVERSIDADE PAULISTA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

PATOLOGIA AMBIENTAL E EXPERIMENTAL
PATOGENIA DAS ENFERMIDADES INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS
FAGOCITOSE DE Malassezia furfur E Malassezia pachydermatis IN VITRO. PESQUISA DE CITOCINAS E ÓXIDO NÍTRICO

Banca Examinadora

SELENE DALLACQUA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
LIKA OSUGUI Participante Externo
ELIZABETH CRISTINA PEREZ HURTADO Docente - PERMANENTE
MELHEM, MARCIA S C Participante Externo
PAULA ANDREA DE SANTIS BASTOS Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
ASSUPERO ENSINO SUPERIOR LTDA - Bolsa de Doutorado 34

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Não