Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
BIOLOGIA ESTRUTURAL E FUNCIONAL (33009015034P6)
Desordens matriciais da aorta em modelo knockout mgΔ LoxPneo na linhagem 129/Sv da síndrome de Marfan.
RODRIGO BARBOSA DE SOUZA
DISSERTAÇÃO
30/06/2016

A síndrome de Marfan (SMF) é uma doença autossômica dominante que apresenta mutações no gene que codifica a proteína fibrilina-1, constituinte de sistemas de fibras elásticas, amplamente distribuídas na matriz extracelular, promovendo assim as alterações esqueléticas, oculares e vasculares. As alterações vasculares têm sido relacionadas com a mortalidade na SMF, no entanto a etiopatogenia ainda não foi totalmente elucidada, demandando a necessidade de pesquisas com modelos animais. O objetivo deste estudo foi avaliar o fenótipo vascular no modelo mgΔLoxPneo 129/Sv. Método: Foram avaliados 29 camundongos fêmeas: 24 afetados e 5 normais com seis meses de idade. Os animais foram submetidos ao estudo da aorta torácica quanto a morfologia, fenótipos vasculares qualitativos e quantitativos, além da mensuração sérica de TGFβ1. Os 6 fragmentos da parte torácica da aorta entre os segmentos TI-TVIII, fixados em Glutaraldeído a 2,5% tamponado foram avaliados à microscopia ótica (5 fragmentos incluídos em historesina Technovit 7100® e corado pelas técnicas: Azul de Toluidina boratada a 1%; hematoxilina e Eosina, Resorcina-Fucsina de Weigert, Picrosirius Red, e Ácido ósmico para gordura) e eletrônica de transmissão (01 segmento incluído em resina Spurr® ). As imagens foram avaliados com Carl-Zeiss Axio Scope A1® e PHILIPS modelo EM 208S® operado a 80 kV acoplado a software Axiovision 4.8®, respectivamente. Resultado: Os animais com SMF apresentaram lordose torácica acentuada no segmento TI-TVIII associado à deformidade da aorta torácica. No grupo SMF, 18/24 dos animais apresentaram doenças vasculares (15 aneurisma, 6 dissecção clássica, 1 ulcera aórtica e 1 hematoma intramural), sendo 5/18 com múltiplos aneurismas e 6/18 com doenças vasculares múltiplas. Além disso, em 100% dos animais SMF apresentou a fragilidade da túnica adventícia, colágeno tipo III nas dissecções clássicas e fibras de colágenos fragmentados nos aneurismas. Em 95% dos animais SMF ocorreu vacuolização das células endoteliais e na camada da túnica média, que por meio da técnica ácido ósmico para gordura evidenciou que os vacúolos da túnica média eram de lipídeos. Conclusão: O modelo mgΔLoxPneo 129/Sv, apresentou alterações vasculares similares aos da clínica da SMF, sugerindo ser um modelo experimental adequado para o estudo da SMF.

1. síndrome de Marfan. 2. Aneurisma. 3. Matrix extracelular. 4. Microscopia. 5. Ensaio de imunoadsorção enzimática
Marfan syndrome (MPS) is a dominant autosomal disease with gene mutations encoding fibrillin-1 protein, a constituent of elastic fibers systems widely distributed in the extracellular matrix, thus promoting skeletal ocular and vascular disorders. Vascular alterations have been associated with SMF mortality, however the pathogenesis has not been fully elucidated requiring the need for research with animal models. The aim of this study was to evaluate the vascular phenotype in mgΔLoxPneo 129 / Sv model. Method: 29 female mice were evaluated: 24 affected and five normal. Six month old animals were submitted to the study of the thoracic aorta concerning to morphology, qualitative and quantitative vascular phenotypes and serum TGFβ1. The 6 fragments of the thoracic aorta between the TI-TVIII segments were fixed in glutaraldehyde 2.5% and buffered, and then were evaluated by light microscopy (5 fragments included in historesin Technovit 7100® and stained by techniques: Toluidine Blue borated 1% ; hematoxylin and eosin, Resorcinol-Fuchsin Weigert, Sirius Red, and osmic acid to fat) and by transmission electronic microscopy (01 segment included in Spurr® resin). The images were evaluated in Carl-Zeiss Axio Scope A1® and PHILIPS IN 208S® operated at 80 kV coupled to Axiovision 4.8® software, respectively. Result: Animals with SMF showed marked thoracic lordosis in TI-TVIII segment associated with deformities of the thoracic aorta. In SMF group, 18/24 animals showed vascular diseases (15 aneurysm, 6 classic dissection, 1 aortic ulcer and intramural hematoma 1) and 5/18 with multiple aneurysms and 6/18 with multiple vascular diseases. In addition, 100% of the SMF animals showed the fragility of the tunica adventitia, collagen type III in the classic dissections and fragmented collagen fibers in aneurysms. In 95% of SMF animals was observed endothelium cells vacuolization and also in the tunica media, which by osmic acid technique for fat showed that the vacuoles of the tunica media were of lipids. Conclusion: The model mgΔLoxPneo 129 / Sv showed similar vascular alterations seen in the clinical SMF, suggesting a suitable experimental model for the study of SMF.
1. Marfan syndrome. 2. Aneurysm. 3. Extracellular matrix. 4. Microscopy. 5. Enzyme immunoadsorption assay
1
0
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR
BIOLOGIA ESTRUTURAL E FUNCIONAL APLICADA
Genética Clínica e Dismorfologia Craniofacial

Banca Examinadora

LUIS GARCIA ALONSO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
MONICA DE CAMPOS PINHEIRO Participante Externo
FABIO JOSE BONAFE SOTELO Participante Externo
MARILIA DE ARRUDA CARDOSO SMITH Docente - PERMANENTE

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 24

Vínculo

-
-
-
Não