Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO ( BOTUCATU )
ZOOTECNIA (33004064048P2)
EFEITO DA SUPLEMENTAÇÃO DE ZINCO EM GLÂNDULAS HIPOFARINGEANAS E TEOR PROTEICO DA GELEIA REAL EM ABELHAS APIS MELLIFERA L.
MARCELA PEDRAZA CARRILLO
DISSERTAÇÃO
27/06/2016

Os objetivos deste estudo foram avaliar o efeito de suplementação de zinco, na alimentação de inverno das abelhas, e seus reflexos na glândula hipofaringeana (GH) e conteúdo proteico da geleia real. Para isto, foram utilizadas 12 colmeias (03 colmeias por tratamento) distribuídas de forma aleatória nos seguintes tratamentos: Controle (sem suplementação de Zn), T1 com suplementação de 0,5 mg mL-1 de Zn; T2 com suplementação de 1,0 mg mL-1 de Zn e, T3 com suplementação de 1,5 mg mL-1 de Zn. A fonte de zinco utilizada foi Sulfato de Zinco heptahidratado (20% de zinco), diluído em xarope de açúcar, e fornecido a cada 07 dias para os enxames (500 mL). Para a morfometria da glândula, foram coletadas 20 abelhas de cada tratamento com seis dias de idade (previamente marcadas na região do pronoto), nos meses de junho e julho. As lâminas foram processadas em cortes de resina e analisadas utilizando o software de análise de imagem Leica Qwin Plus®. Mensalmente, foi estimulada a produção de geleia real e a concentração de proteínas totais determinada de acordo com o método do Biureto, sendo posteriormente realizadas as separações eletroforéticas em corrida de primeira e segunda dimensão. Os géis obtidos foram escaneados e as imagens analisadas, utilizando- se o programa Image Master Platinum 7.0. Após calculou-se o número de spots protéicos para cada tratamento. Os resultados obtidos foram comparados por ANOVA, seguida do teste de Tukey (P<0,05). Verificou-se que a suplementação com o mineral Zn promoveu, em um primeiro momento, maior desenvolvimento da GH em todos os tratamentos; entretanto, este efeito desapareceu nos meses seguintes, sugerindo modulação na fisiologia ou toxicidade deste mineral para as abelhas. Com relação ao extrato protéico da geleia real, observou-se maior valor no mês julho para o T3. Por outro lado, o número de spots protéicos foi significativamente maior em todos os meses e tratamentos, em relação ao controle. Conclui-se que o zinco pode contribuir para o desenvolvimento da glândula hipofaringeana e enriquecimento protéico da geleia real. Palavras-chave: apicultura, nutrição, proteínas, suplementação mineral

apicultura;nutrição;proteínas;suplementação mineral
The objectives of this study were to evaluate the effect of zinc supplementation in the winter feeding of bees, and the reflection on hipofaringeana gland (GH) and protein content protein in royal jelly. For this, 12 hives were selected (03 hives for treatment) randomly distributed in the following treatments: control (no supplemental Zn), T1 supplemented with 0.5 mg mL-1 Zn; T2 supplemented with 1.0 mg mL-1 of Zn and T3 supplemented with 1.5 mg mL-1 of Zn. The zinc used was zinc sulfate heptahydrate (20% zinc), diluted in sugar syrup, every 07 days for hives (500ml). For morphometry of the gland were collected 20 bees for treatment with six days of age (previously marked on the pronotum region) in the months of june and july. The laminae were processed in resin cuts and analyzed using image analysis software Leica Qwin Plus®. The royal jelly was stimulated your production monthly in the treatments and full protein concentration determined according to the Biuret method, and subsequently electrophoretic separations performed in the first run and the second dimension. The obtained gels were scanned and the images analyzed using the Image Master Platinum 7.0 software. After it was calculated that the number of protein spots for each treatment. The results were compared by ANOVA followed by Tukey test (P <0.05). It was found that supplementation with mineral Zn promoted in the first moment, more development of GH in all treatments; however, this effect disappeared with the passing of months, suggesting modulation in physiology or toxicity of this mineral for the bees. With regard to the protein extract of royal jelly, the higher value was observed in the month July for the T3. Moreover, the number of protein spots was significantly higher in every month and treatments compared to control. It is concluded that zinc can contribute to the development of hipofaringeana gland and protein enrichment of royal jelly.
beekeeping;nutrition;protein;mineral supplements
01
42
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO ( BOTUCATU )
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

NUTRICAO E PRODUCAO ANIMAL
DESEMPENHO ANIMAL E SUSTENTABILIDADE
ESTUDO DO DESEMPENHO PRODUTIVO DA APIS MELLIFERA

Banca Examinadora

RICARDO DE OLIVEIRA ORSI
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
DANIEL NICODEMO Participante Externo
LUIS ANTONIO JUSTULIN JUNIOR Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 1
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO - Bolsa de Mestrado GM e Doutorado GD 22

Vínculo

-
-
-
Não