Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
MEDICINA (GINECOLOGIA) (33009015014P5)
Comparação Entre Terapia Comportamental e Acupuntura na Incontinência Urinária Feminina por Hiperatividade do Detrusor
CORA CORALINA CRUZ
DISSERTAÇÃO
31/12/2016

Objetivo: Comparar os resultados da terapia comportamental e da acupuntura em mulheres com hiperatividade do detrusor, por quatro métodos de avaliação: o diário miccional, questionário de qualidade de vida em incontinência urinária "King's Health Questionnaire", questionário de qualidade de vida para bexiga hiperativa (instrumento "OAB" - V8™), e o Teste do absorvente "PAD TEST". Casuística e métodos: O presente estudo é um ensaio clínico randomizado, controlado. As pacientes concordaram com a proposta de tratamento e assinaram o termo de consentimento livre e esclarecido. Foram selecionadas 120 mulheres de março de 2011 a Novembro de 2014 para 12 semanas de tratamento, 1 vez na semana. Os instrumentos de avaliação foram aplicados antes e após o tratamento, sendo avaliadas com o Diário Miccional de 7 dias, "Pad Test" de 1 hora, Questionário que qualidade de vida em Incontinência Urinária - "KHQ" e o Questionário de qualidade de vida para bexiga hiperativa "OBA" - V8™. As voluntárias foram divididas em 2 grupos (Terapia Comportamental e Acupuntura). Local: Foi realizado na Universidade Federai de São Paulo - Escola Paulista de Medicina (UNIFESP - EPM) RESULTADOS: No diário miccional, a terapia comportamental mostrou ser mais eficaz em reduzir os sintomas de urgência (redução de 82.81%), urge-incontinéncia (redução de 79.65%), noctúria (redução de 73.89%), perdas por esforço (redução de 65.83%) e redução nas trocas de absorventes (redução de 92.86%) (P-valor <0.0001), quando comparada a Acupuntura. No questionário de qualidade de vida "KHQ", o grupo de Terapia Comportamental apresentou pontuação média menor, após o tratamento, em "limitações físicas" e "emoções" (P-valor < 0.0001). Nos itens "saúde em geral", "impacto da incontinência", "limitações nas atividades diárias", "limitações físicas", "emoções", "sono e disposição" e "medidas de gravidade" a Terapia Comportamental, também se mostrou mais eficaz. Já no questionário V8, todas as pacientes analisadas antes do tratamento tinham alto índice para bexiga hiperativa. No grupo Acupuntura, apenas 1 paciente (5.56%) melhorou na pontuação e no grupo Comportamental, 9 pacientes (40.91%) apresentaram melhora após o tratamento. CONCLUSÃO: Considerando os quatro instrumentos de avaliação, as paciente do grupo de Terapia Comportamental apresentaram resultados melhores, quando comparadas ao grupo Acupuntura.

questionário de qualidade de vida
OBJECTIVE: To compare the results of behavioral therapy and acupuncture in women with detrusor overactivity, through four assessment methods: the voiding diary, questionnaire about quality of life in urinary incontinence "King's Health Questionnaire" questionnaire of quality of life for overactive bladder ("OAB" instrument - V8 ™), and the Absorbent test "PAD TEST". METHODS: This study is a randomized, controlted trial. The patients agreed to treatment proposal and signed the free and informed consent. 120 women were selected from March 2011 to November 2014 for 12 weeks of treatment, once a week. The assessment instruments were applied before and after treatment and evaluated with Voiding Diary of seven days, one hour "Pad Test", quality of life Questionnaire in Urinary Incontinence - "KHQ" and the quality of life Questionnaire for overactive bladder "OBA" - V8 ™. The volunteers were divided into 2 groups (Behavioral therapy and acupuncture). Location: It was carried out at the Federal University of São Paulo - Paulista School of Medicine (UNIFESP - EPM) RESULTS: For voiding diary, behavioral therapy patient was more effective in reducing symptoms of urgency (down 82.81%), urge incontinence (down 79.65%), nocturia (down 73.89%), effort losses ( reduction of 65.83%) and reduction in absorbent exchanges (down 92.86%) (P-value <0.0001) when compared to acupuncture. In the quality of life Questionnaire "King's", the behavioral therapy group had lower average scores after treatment for "physical limitations" and "emotions" (P-value <0.0001). In relation to the items "general health", "incontinence impact," "limitations in daily activities," "physical limitations", "emotions", "sleep and disposition" and "severity measures", Behavioral therapy was also more effective . Concerning, the V8 questionnaire, ali patients who were examined before treatment had a high rate for overactive bladder. In acupuncture group, only 1 patient (5:56%) improved in score in Behavioral group, 9 patients (40.91%) improved after treatment. CONCLUSION: Taking into consideration the four instruments of assessment, the patients of the behavioral therapy group showed better results when compared to the acupuncture group.
King's Health Questionnaire
1
75
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

GINECOLOGIA GERAL
AVALIAÇÃO E ANÁLISE DAS TECNOLOGIAS DOS PROCESSOS DE ENSINO DAS POLÍTICAS EM SAÚDE DA MULHER
Comparação entre a terapia comportamental e acupuntura para o tratamento da incontinência urinária feminina por hiperatividade do detrusor

Banca Examinadora

MANOEL JOAO BATISTA CASTELLO GIRAO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
ADRIANA LUCIANA MORENO CAMARGO Participante Externo
MARCIA MARIA GIMENEZ Discente - Doutorado
CLAUDIA CRISTINA TAKANO NOVOA Participante Externo

Vínculo

Servidor Público
Empresa Pública ou Estatal
Ensino e Pesquisa
Sim