Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC
FÍSICA (33144010001P7)
Effective Superpotencial and the Renormalization Group Equation in a Supersymmetry Chern-Simons-Matter Model in the Superfield Formalism
ANDRES ARTURO GOMEZ QUINTO
TESE
13/10/2016

Nesta tese nosso objetivo foi estudar a Quebra Dinâmica de Simetria (QDS) em uma teoria de Chern-Simons supersimétrica em (2 + 1) dimensões acoplada a N supercampos de matéria, no formalismos dos supercampos. Neste sentido, desenvolvemos um mecanismo para calcular o superpotencial efetivo Keff (‡cl, –) , onde ‡cl é um supercampo de fundo e – o parâmetro de calibre que é introduzido no processo de quantização da teoria. Potenciais efetivos dependentes do parâmetro de calibre já foram estudados no contexto da teoria quântica de campos, e podem levar a consequências não triviais para o estudo da QDS em teorias de calibre. Portanto, nós não assumimos de princípio a invariância de calibre dos resultados em nosso modelo, como usualmente é feito na literatura. Nós desenvolvemos o formalismo das identidades de Nielsen na linguagem dos supercampos, que é o formalismo apropriado para o estudo da QDS quando o potencial efetivo depende do calibre. Nós também discutimos como podemos calcular o potencial efetivo a partir da Equação de Grupo de Renormalização (EGR), a partir do conhecimento das funções de grupo de renormalização, i.e., funções — e dimensão anômala “. Desenvolvemos um cálculo detalhado destas funções a dois laços da teoria de perturbação, encontrando que estas não dependem do parâmetro –, e portanto, usando a EGR, calculamos o superpotencial Keff, mostrando que ele é também independente de –. Então nós discutimos o aprimoramento no cálculo de Keff somando os termos "logaritmos líderes", e comparamos este aprimoramento com aquele obtido na versão não supersimétrica do modelo. Finalmente, fizemos o estudo da QDS encontrando que ela é operacional para todos os valores razoáveis dos parâmetros livres, enquanto que o aprimoramento obtido pela EGR em geral só produz uma pequena correção quantitativa nos resultados, ao invés da dramática mudança qualitativa encontrada em modelos não supersimétricos.

Chern-Simons;Supersimetria;Equação do Grupo de Renormalização;Identidade de Nielsen;Supercampos;Superpotencial;Transformações BRST;Quebra Dinâmica de Simetria
In this thesis we study the Dynamical Symmetry Breaking (DSB) mechanism in a supersymmetric Chern-Simons theory in (2 + 1) dimensions coupled to N matter superfields in the superfield formalism. For this purpose, we developed a mechanism to calculate the effective superpotencial Keff (‡cl, –), where ‡cl is a background superfield, and – a gaugefixing parameter that is introduced in the quantization process. The possible dependence of the effective potential on the gauge parameter have been studied in the context of quantum field theory, and it can have nontrivial consequences to the study of DSB in gauge theories. Therefore, we did not assume from the start the gauge independence of the effective potential in our model, as it is customary in the literature. We developed the formalism of the Nielsen identities in the superfield language, which is the appropriate formalism to study DSB when the effective potential is gauge dependent. We also discuss how to calculate the effective superpotential via the Renormalization Group Equation (RGE) from the knowledge of the renormalization group functions of the theory, i.e., — functions and anomalous dimensions “. We perform a detailed calculation of these functions at two loops, finding that these do not depend on –, and therefore, by using the RGE, we calculate the effective superpotencial Keff, showing that it is also independent of –. Then we discuss the improvement of the calculation of Keff by summing up leading logarithms, and we compare this improvement with the one obtained in the non supersymmetric version of the model. Finally, we study the DSB finding that it is operational for all reasonable values of the free parameters, while the improvement obtained from the RGE in general only produces a small quantitative correction in the results, instead of the more dramatic qualitative change found in non supersymmetric models.
Chern-Simons;Supersymmetry;Renormalization Group Equation;Nielsen Identity;Superfields;Superpotential;BRST transformations;Dynamical Symmetry Breaking
1
156
INGLES
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

FÍSICA
-
-

Banca Examinadora

ALYSSON FABIO FERRARI
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
EVER ALDO ARROYO MONTERO Docente - COLABORADOR
NATHAN JACOB BERKOVITS Participante Externo
ADILSON JOSE DA SILVA Participante Externo
ANDRE PANIAGO LESSA Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 40
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - Pró reitoria de Pós Graduação 8

Vínculo

-
-
-
Não