Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO ( BOTUCATU )
BIOTECNOLOGIA ANIMAL (33004064086P1)
ESTUDO SOBRE A REDUÇÃO DO ESTRESSE OXIDATIVO EM SÊMEN EQUINO A PARTIR DA ADIÇÃO DA QUERCETINA NOS DILUENTES DE REFRIGERAÇÃO E CONGELAÇÃO
LUIS FERNANDO MERCES CHAVES SILVA
DISSERTAÇÃO
27/04/2016

O surgimento das biotecnologias aplicadas ao sêmen equino, como a refrigeração e congelação, representaram um grande avanço para equinocultura, principalmente por permitir um melhor aproveitamento do ejaculado, otimizando a utilização de animais considerados geneticamente superiores. Entretanto a aplicação dessas técnicas imprime estresse térmico às células espermáticas, resultando em injúrias físicas e químicas, dentre elas uma elevação significativa na produção de espécies reativas do oxigênio (EROs). Quando em excesso, estes agentes instáveis são capazes de reagir e promover lesão às enzimas, lipídeos de membrana e ácidos nucleicos, reduzindo a viabilidade dos espermatozoides criopreservados. Desta maneira surge a necessidade de se introduzir elementos que desempenhem função antioxidante nos meios de refrigeração e congelação. A quercertina, um polifenol do grupo dos flavonoides, é considerada um poderoso antioxidante por reduzir o surgimento das principais EROs, quelar íons metálicos formadores de radicais livres e estabilizar a peroxidação lipídica. Apesar disto, a eficiência da aplicação deste antioxidante sobre o ejaculado equino durante o processo de criopreservação ainda é controversa e pouco referenciada, sendo necessário mais estudos para que se determine a influência de sua utilização no ejaculado de garanhões durante a refrigeração e congelação.

antioxidante;criopreservação;sêmen;flavonoide;garanhão.
The emergence of biotechnologies applied to the equine semen as cooling and freezing process represented a major breakthrough for Equine, especially for allowing a better use of the ejaculate, optimizing the use of genetically superior animals. However the application of these techniques induces thermal stress on sperm cells, resulting in physical and chemical injuries, among them a significant rise in the production of reactive oxygen species (ROS). These unstable agents when in excess, are able to react and promote damage to enzymes, lipid membrane and nucleic acids, thereby reducing the viability of cryopreserved sperm. Thus is required to introduce elements that perform antioxidant function in cooling and freezing extenders. The quercertina, a polyphenol of the flavonoids group, is considered a potent antioxidant by reducing the emergence of the main ROS, chelate metal ions producers of free radicals and stabilize the lipid peroxidation. Despite this, the efficiency of application of this antioxidant on the equine ejaculate during the process of cryopreservation is still controversial and poorly referenced, requiring further studies in order to determine if there is influence of their use in the ejaculate of stallions during cooling and freezing.
antioxidants;cryopreservation;semen;flavonoids;stallion
1
94
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO ( BOTUCATU )
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

REPRODUÇÃO ANIMAL
BIOTÉCNICAS DA REPRODUÇÃO
Criopreservação do Sêmen Ovino: Diluidores, Crioprotetores e Aditivos

Banca Examinadora

FREDERICO OZANAM PAPA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
JOSE ANTONIO DELL AQUA JUNIOR Docente - COLABORADOR
ANDRE MACIEL CRESPILHO Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Não