Governo Federal

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO
ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (25001019021P8)
AN ANALYSIS OF HOMICIDES IN RECIFE, BRAZIL
DEBORA VIANA E SOUSA PEREIRA
TESE
01/08/2016

No Brasil, desde 2000, aproximadamente 50,000 foram mortas todos os anos. Em um espaço de 30 anos (1980 – 2000), mais de 1 milhão de homicídios foram registrados. Em 2012, a taxa de homicídio no Brasil era 29 homicídios para cada 100,000 habitantes. Todos os estados brasileiros excedem o limite de epidemia estabelecido pela Organizaçã o Mundial de Saúde. Nesse contexto, o presente estudo tem o objetivo de investigar os homicídios em Recife, levando em consideração análises temporal, espacial, ambiental e multicritério. A análise temporal mostra que a diferença de homicídios entre estações do ano e meses não é estatisticamente significativa. Porém, existe um aumento significante de homicídios durante os finais de semana (42 por cento de todos os homicídios) e noites (62 por cento). E ainda, os resultados espaciais mostram que os padrões e spaciais são diferentes dento das dimensões temporais em muitos casos. Os achados da análise espacial revelam que homicídios são muito concentrados na cidade do Recife e que em um espaço de tempo de cinco anos (2009 -2013) todos os homicídios ocorreram em m enos de 10 por cento dos segmentos de rua. E ainda, o teste do padrão dos pontos espaciais mostrou que os padrões espaciais não foram est áveis no decorrer dos anos. Porém, quando se considera das dimensões temporais (como sugerido pela análise temporal), os padrões foram estáveis ao longo dos anos – com exceção de dias de semana e noites/madrugadas. Além disso, através da análise ambiental encontrou-se que desigualdade, casas alugadas e número de residentes têm uma relação positiva com homicídio. Por outro lado, renda, educação, iluminação pública, den sidade populacional e densidade da rede de ruas têm uma relação negativa. Os achados dessa s análises indicam que os homicídios em Recife podem ser entendidos pela perspectiva da teoria da desorganização social e da teoria das atividades de rotina. Finalmente, abordagem multicritério foi aplicada para destacar áreas vulneráveis aos homicídios em Recife. Considerou-se seis variáveis para avaliar a vulnerabilidade e as áreas foram identificados pelo PROMETHEE II e pelo índice local de Moran. Outra aplicação foi feita no bairro de Boa Viagem e foi possível realizar uma análise mais detalhada. Três diferentes abordagens foram testadas para Boa Viagem e sugeriu-se algumas ações no sentido de reduzir a criminalidade no longo prazo.

Vulnerabilidade.;Homicídios;Análise temporal;Análise espacial;Análise ambiental;Teoria da desorganização social;Teoria das atividades de rotina;Apoio multicritério à decisão
In Brazil, since 2000, approximately 50,000 people are murdered every year. In a span of 30 years (1980 – 2010), more than 1 million homicides were registered. In 2012, the homicide rate in Brazil was 29 homicides per 100,000 inhabitants. All Brazilian states exceed the threshold of epidemic established by World Health Organization. In this context, the present study has the objective of to investigate homicides in Recife, taking into account temporal, spatial, environmental, and multicriteria analysis. The temporal analysis shows that the difference of homicides between seasons and months is not statistically significant. However, there is a significant increase in homicides during the weekends (42 percent of all homicides) and evenings (62 percent). Moreover, the spatial results show that the spatial patterns are different within the temporal dimensions in many cases. The findings from spatial analysis reveal that homicides are very concentrated in the city of Recife and in a time span of fi ve years (2009-2013) all the homicides occurred in less than 10 percent of the street segments. In addition, our test showed that the spatial pattern was not stable over the years. However, when we consider the temporal dimensions (as suggested by temporal analysis), the patterns were stable along the years – except for weekdays and night/dawn. Furthermore, through the environmental analysis, we found that inequality, rented houses, and number of residents have a positive relationship with homicide. On the other hand, income, education, public illumination, population density, and street network density have a negative relationship. The findings of these analyses indicate that homicide in Recife can be understood by the perspective of social disorganization theory and routine activity theory. Finally, multicriteria approach was applied to highlight vulnerable areas to homicide in Recife. We considered six variables to evaluate vulnerability and the areas were identified by PROMETHEE II method and local Moran’s I. Other application was made in Boa Viagem neighborhood, so we were able to perform a more detailed analysis. Three different approaches were tested for Boa Viagem and we suggested some actions in order to reduce criminality in long term.
Homicide. Temporal analysis. Spatial analysis;Environmental analysis;Social disorganization theory;Routine activity theory;Multicriteria decision aid;Vulnerability.
1
165
INGLES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

Contexto

GERÊNCIA DA PRODUÇÃO
PLANEJAMENTO E GESTÃO DA COMPETITIVIDADE
GESTÃO DE PROJETOS

Banca Examinadora

CAROLINE MARIA DE MIRANDA MOTA
Sim
Nome Categoria
CIRCE MARIA GAMA MONTEIRO Participante Externo
ANA PAULA CABRAL SEIXAS COSTA Docente
DENISE DUMKE DE MEDEIROS Docente
JOSE LUIZ DE AMORIM RATTON JUNIOR Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUNDACAO DE AMPARO A CIENCIA E TECNOLOGIA - FACEPE - Bolsas de pós-graduação 41

Vínculo

Colaborador
Empresa Pública ou Estatal
Ensino e Pesquisa
Não