Brasil

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
Ciências e Biotecnologia (31003010079P0)
O PAPEL DE POLIMORFISMOS EM GENES DO SISTEMA GLUTAMATÉRGICO NO DESENVOLVIMENTO DO TRANSTORNO OBSESSIVO-COMPULSIVO
ISABELE GOMES GIORI
DISSERTAÇÃO
04/10/2013

O Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC) é caracterizado por pensamentos, impulsos ou imagens recorrentes e persistentes e que são vivenciados, em algum momento, como inapropriados e incômodos. Causam acentuado estresse e ansiedade, que levam a comportamentos repetitivos ou atos mentais repetitivos que o indivíduo se sente compelido a executar em resposta a uma obsessão ou de acordo com regras rígidas. A etiologia do TOC ainda é desconhecida, mas estudos de gêmeos, famílias, imagem cerebral e tratamento sugerem que o sistema glutamatérgico possa desempenhar importante papel na fisiopatologia do TOC. O objetivo deste estudo foi o de determinar a freqüência de seis polimorfismos de nucleotídeos únicos (SNPs) no gene SLC1A1 (rs12682807, rs2075627, rs3780412, rs301443, rs301430, rs301434) e um SNP no gene GRIN2B (rs1019385) no TOC e sua relação com suas características fenotípicas. Foram estudados 202 pacientes com TOC e 208 controles saudáveis do estado do Rio de Janeiro. Os sintomas foram avaliados através do Inventário de Obsessões e Compulsões Revisado (OCI-R) e do Inventário Florida de Obsessões e Compulsões (FOCI). Os polimorfismos foram analizados através de amplificação do fragmentos de interesse utilizando ensaios Taqman® (Life Technologies do Brasil) específicos para o método de Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) em tempo real. Todos os polimorfismos encontraram-se em equilíbrio de Hardy-Weinberg. Nossos dados mostraram diferenças estatisticamente significativas entre pacientes e controles em relação a frequência dos SNPs rs2072657 (P=0,015) e rs1019385 (P=0,042). Observamos associação significativa entre o polimorfismo rs1019385 e as dimensões de verificação (P=0,032) e colecionismo (P=0,037), e entre rs301434 e a dimensão colecionismo (P=0,034). Podemos inferir, a partir dos dados obtidos que os genes SLC1A1 e GRIN2B parecem estar envolvidos na fisiopatologia do TOC. Todavia, estudos adicionais são importantes para confirmar estes achados na população estudada.

Transtorno Obsessivo-Compulsivo, glutamato, genética, polimorfismos, psiquiatria.
Obsessive-compulsive disorder (OCD) is characterized by recurrent and persistent thoughts, urges, or images that are experienced as intrusive and unwanted and that usually cause marked anxiety or distress (obsessions) and/or repetitive behaviors or mental acts that the person feels driven to perform in response to an obsession, or according to certain rules (compulsions). The etiology of OCD is largely unknown, but family, twin, neuroimaging, and pharmacological studies suggest that glutamatergic system play a significant role on its underlying pathophysiological mechanisms. The objective of this study was to determine to frequency of six single nucleotide polymorphisms (SNPs) in the gene SLC1A1 (rs12682807, rs2075627, rs3780412, rs301443, rs301430, rs301434) and one in GRIN2B (rs1019385) in OCD and their impact on OCD phenotype. We genotyped 202 subjects with OCD and 208 healthy controls, from Rio de Janeiro state, Brazil. Symptom profiles were evaluated using the Florida Obsessive-Compulsive Inventory (FOCI) and the Obsessive-Compulsive Inventory-Revised (OCI-R). The SLC1A1 and GRIN2B polymorphisms were analyzed by specific Taqman® assays (Life Technologies do Brasil) using real time Polymerase Chain Reaction (PCR). The genotype distributions were in Hardy-Weinberg equilibrium. We found significant differences between patients and controls for rs2072657 and rs1019385 polymorphisms (P=0.015, P=0.042 respectively). We also observed significant associations between rs1019385 polymorphism and checking (P=0.032) and hoarding (P=0.037), and rs301434 and hoarding (P=0.034). In conclusion, these preliminary results showed that SLC1A1 and GRIN2B genes may contribute to the etiology of OCD. However, additional studies to confirm the importance of these polymorphisms in OCD are needed.
Obsessive-compulsive disorder, glutamate, genetics, polymorphisms, psychiatry.
1
109
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

Contexto

CIÊNCIAS E BIOTECNOLOGIA - INTERAÇÕES MOLECULARES, CELULARES E SISTÊMICAS
ANÁLISE MOLECULAR, CELULAR E/OU SISTÊMICA DE PROCESSOS BIOLÓGICOS E BIOTECNOLÓGICOS
VARIABILIDADE GENÉTICA HUMANA

Banca Examinadora

FABIANA BARZOTTI KOHLRAUSCH
Sim
Nome Categoria
GUTEMBERG GOMES ALVES Docente
WILLIAM BERGER Participante Externo
VERONICA MARQUES ZEMBRZUSKI Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE - Programas de Fomento a Pesquisa 12

Vínculo

-
-
-
Não