Governo Federal

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
Ensino (23002018009P9)
INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO MÉDIO: SABERES NECESSÁRIOS À FORMAÇÃO NA EDUCAÇÃO BÁSICA
MARIA FRANCILENE CAMARA SANTIAGO
DISSERTAÇÃO
17/02/2016

Este trabalho tem como objetivo analisar os resultados alcançados nos projetos de pesquisas dos alunos do Ensino Médio, de modo a identificar os saberes profissionais dos professores ao orientarem esses trabalhos. De modo mais específico, esta pesquisa atende aos seguintes propósitos: (i) analisar de quais saberes os professores da área de ciências humanas se apropriam ao orientar os projetos científicos de estudantes do Ensino Médio; (ii) compreender de que forma o professor concebe a pesquisa científica e sua preparação para exercê-la, bem como as condições e os estímulos para a sua realização; e, (iii) investigar as dificuldades que professores enfrentam para orientar os projetos científicos. O estudo desenvolvido parte de uma reflexão sobre o processo de orientação e de acompanhamento dos projetos de iniciação científica que fazem parte das atividades do Ensino Médio em escolas públicas do Oeste Potiguar. A discussão teórica sobre os saberes e sua importância para a formação humana se apoia nos estudos de Tardif (2013), Charlot (2013), além de outros, fazendo uma discussão sobre os projetos de feiras científicas no Brasil e no estado do Rio Grande do Norte. O estudo se caracteriza nos princípios da pesquisa qualitativa, utilizando com instrumento de coleta de dados a análise de documento e a aplicação de um questionário junto a três professores e oito alunos envolvidos no Projeto de Iniciação Científica para a realização da Feira de Ciências de duas escolas que compõem a jurisdição da 13ª Diretoria Regional de Educação e Cultura, sediada em Apodi/RN. Com os dados analisados, identificamos que o trabalho de orientação dos projetos não é feito apenas com os saberes acadêmicos construídos pelo professor na Universidade, havendo recorrência a outros sabres, quais sejam: experienciais, empíricos, científicos e outros. O trabalho pedagógico, por meio dos projetos de iniciação científica, permite uma maior articulação entre alunos e professores e, ao mesmo tempo, possibilita uma mobilização para o processo de ensino e de aprendizagem, conforme indicam os colaboradores. A pesquisa aponta para a importância da realização das feiras de ciências nas escolas, não como uma atividade desarticulada das questões sociais, mas como uma estratégia pedagógica que permite ao aluno a discussão das problemáticas locais no contexto da escola.

Iniciação científica;Saberes;Formação humana.
This paper aims to analyze the results achieved in research projects of high school students in order to identify the professional knowledge of teachers who guide the work. More specifically, this research meets the following purposes: (i) to analyze what knowledge teachers of the human sciences borrow to guide scientific projects of high school students; (ii) to understand how the teacher conceives the scientific research and his preparation to carry it out, as well as the conditions and incentives for its effectuation; and (iii) to investigate the difficulties that teachers face to guide the scientific projects. The study developed was originated from a reflection on the process of guidance and monitoring of scientific projects that are part of high school activities in public schools in the west of the state. The theoretical discussion about knowledge and its importance to human development is based on studies by Tardif (2013), Charlot (2013), among others, discussing about the projects of science fairs in Brazil and in the state of Rio Grande do Norte. The study is characterized by the principles of qualitative research, using as a data collection instrument the document analysis and the application of a questionnaire with three teachers and eight students involved in the Scientific Initiation Project for the realization of the Science Fair of two schools that make up the jurisdiction of the 13th Regional Directorate of Education and Culture, headquartered in Apodi / RN. With the data analyzed, we found that the orientation of the projects is not done only with academic knowledge built by the professor at the University, with recurrence to other kinds of knowledge, which are: experiential, empirical, scientific and others. The pedagogical work, through scientific initiation projects, allows greater interaction between students and teachers and, at the same time, allows a mobilization for the process of teaching and learning, as indicated by the collaborators. The research emphasizes the importance of the realization of science fairs in schools, not as a disjointed activity of social issues, but as a pedagogical strategy that allows the student to discuss local issues in the school context.
Scientific initiation;Knowledge;Human formation.
1
124
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

Contexto

EDUCAÇÃO BÁSICA
ENSINO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS
Feiras de ciências e educação científica: mecanismos de visibilidade no âmbito da popularização da ciência

Banca Examinadora

IVANALDO OLIVEIRA DOS SANTOS FILHO
Sim
Nome Categoria
MARIA LUCIA PESSOA SAMPAIO Docente
FELIPE DE AZEVEDO SILVA RIBEIRO Participante Externo

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim