Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
MEDICINA VETERINÁRIA (PATOLOGIA E CIÊNCIAS CLÍNICAS) (31002013016P8)
INFLUÊNCIA DE FÁRMACOS NO SISTEMA-RENINA-ANGIOTENSINA DO GLOBO OCULAR DE CÃES HÍGIDOS: DESENVOLVIMENTO FARMACOTÉCNICO E AVALIAÇÃO CLÍNICA.
ERIANE DE LIMA CAMINOTTO
TESE
21/10/2015

CAMINOTTO, Eriane de Lima. Influência de fármacos no Sistema-Renina-Angiotensina do globo ocular de cães hígidos: desenvolvimento farmacotécnico e avaliação clínica. 2015. 52 p. Tese (Doutorado em Medicina Veterinária, Ciências Clínicas). Instituto de Veterinária, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2015. O glaucoma é uma das doenças que mais causa cegueira em cães e não possui cura, apenas tratamento. A dificuldade na drenagem do humor aquoso (HA) resulta no aumento da pressão intra-ocular (PIO) que representa um fator de risco significativo para a ocorrência dessa afecção, conduzindo à danos irreversíveis como a perda progressiva do campo visual e da visão como um todo, morte das células ganglionares da retina (CGR), perda de axônios do nervo óptico e escavação do mesmo. Além deste, diversos mecanismos podem contribuir para o desenvolvimento e progressão desta doença como, por exemplo, os desequilíbrios do sistema-renina-angiotensina (SRA) e as doenças cardiovasculares e renais. A mensuração da PIO e o exame do fundo de olho são os métodos mais utilizados para diagnosticar essa afecção. O tratamento de escolha se baseia em colírios que estimulam a drenagem do HA e/ou diminuam sua produção resultando no controle da PIO; porém em muitos casos a terapia não atinge o efeito desejado e culmina em cegueira. Na tentativa de mudar essa perspectiva terapêutica, o presente trabalho comparou, em cães sadios e normotensos da raça Beagle, a ação sistêmica e ocular de três fármacos: maleato de timolol 0,5% (beta-bloqueador não seletivo usado nos casos de glaucoma), captopril 0,1% e 0,5% (inibidor de ECA1 nunca antes estudado nesta maior concentração em cães) e aceturato de diminazeno – DIZE 0,1% e 0,5% (ativador endógeno de ECA2, nunca antes pesquisado em olhos caninos). Os dois últimos fármacos foram formulados para uso oftalmológico visando a redução da PIO, uma vez que é sabido sobre a existência do SRA a nível ocular e que os mesmos já foram administrados sistemicamente com sucesso na redução pressão arterial sistêmica (PAS). Dessa forma, antes e após os tratamentos, 18 cães foram submetidos ao Teste Lacrimal de Schirmer (TLS1) e à coleta sanguínea para dosagem da concentração da enzima conversora de angiotensina (ECA1) do soro. Durante três dias consecutivos antes dos tratamentos e em três horários distintos (6h, 12h e 18h) todos os animais passaram por quatro exames, seguindo sempre a mesma ordem: avaliação do diâmetro pupilar, aferição da PIO, aferição da FC e da PAS. Após a obtenção dos valores normais, os animais tiveram o olho esquerdo submetido aos protocolos pré-determinados inicialmente com 1 gota, a cada 12 horas, por 7 dias na menor concentração e, nos demais 7 dias, na maior concentração. Os olhos adelfos foram o controle e, todos os dias nos três horários distintos os cães passaram pelos mesmos exames iniciais. Todos os fármacos tiveram boa penetrabilidade e ausência de efeitos adversos a nível ocular. Quanto à produção lacrimal, o captopril é o mais indicado para os pacientes glaucomatosos e portadores de ceratoconjuntivite seca, enquanto que o timolol é contra-indicado para os mesmos. Todos diminuíram os valores da PIO, sendo que na segunda semana de tratamento, com concentrações maiores, as reduções foram mais significativas. A bradicardia foi observada nos animais tratados com captopril 0,5%, com uma redução de quase 9% na FC, quando comparado com o captopril em menor concentração.

glaucoma;sistema renina angiotensina;cães
CAMINOTTO, Eriane de Lima. Drug influence on System-Renin-Angiotensin eyeball dogs: pharmacotechnical development and clinical evaluation. 52 p. 2015. Thesis (Doctorate in Veterinary Medicine, Clinical Sciences). Institute of Veterinary, Rural Federal University of Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2015. Glaucoma is a disease that causes more blindness in dogs and has no cure, only treatment. The difficulty in the drainage of aqueous humor (AH) results in an increase in intraocular pressure (IOP), representing a significant risk factor for the occurrence of this condition, leading to irreversible damage to the progressive loss of visual field and vision as a whole death of retinal ganglion cells (RGC), loss of axons in the optic nerve and excavation of the same. In addition to this, several mechanisms may contribute to the development and progression of this disease, for example, unbalances of the renin-angiotensin-system (RAS), and cardiovascular and renal diseases. The measurement of IOP and the examination of the fundus are the methods used to diagnose this condition. The treatment of choice is based on eye drops that stimulate drainage of HA and / or decrease their production resulting in IOP control; however in many cases the treatment does not attain the desired effect, culminating in blindness. In an attempt to change this therapeutic perspective, this study compared, in healthy and normotensive Beagle dogs, systemic and ocular action of three drugs: timolol maleate 0.5% (non-selective beta-blocker used in cases of glaucoma) , captopril 0.1% and 0.5% (ECA1 inhibitor never before studied in greater concentration in dogs) and aceturato of diminazene - DIZE 0.1% and 0.5% (endogenous activator of ACE2, never before researched in eyes canines). The latter two drugs were formulated for ophthalmic use for the reduction of IOP, since it is known about the existence of SARS eye level, and that they have been successfully administered systemically at reducing systemic arterial pressure (SAP). Thus, before and after treatment, 18 dogs underwent the Schirmer Tear Test (TLS1) and blood collection for measuring the concentration of angiotensin-converting enzyme (ECA1) serum. For three consecutive days before treatment and at three times (6h, 12h and 18h) all animals have gone through four exams, always following the same order: evaluation of pupil size, IOP measurement, measurement of HR and SAP. After obtaining the normal range, the animals had the left eye subjected to predetermined protocols initially with 1 drop every 12 hours, 7 days a lower concentration and, in the other seven days, in the highest concentration. The adelfos eyes were control and every day in the three different times dogs went through the same initial exams. All drugs were good penetration and no adverse eye level. As for tear production, captopril is the most suitable for glaucoma patients and patients with keratoconjunctivitis sicca, while timolol is contraindicated for them. All decreased IOP values, and in the second week of treatment, with higher concentrations, reductions were more significant. The bradycardia was observed in captopril-treated animals 0.5%, with a reduction of almost 9% in HR compared to captopril in lower concentrations. Keywords: glaucoma, system renin-angiotensin-aldosterone, dogs.
glaucoma;system renin-angiotensin-aldosterone;dogs
1
52
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

CIÊNCIAS CLÍNICAS
DOENÇAS NUTRICIONAIS E ENDÓCRINO-METABÓLICAS DOS ANIMAIS
PROCESSOS FISIOPATOLÓGICOS E MODALIDADES TERAPÊUTICAS DOS DISTÚRBIOS CLÍNICOS, ENDOCRINO-METABÓLICOS E ACIDO-BASE DOS ANIMAIS

Banca Examinadora

LUIS CARLOS REIS
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
JONIMAR PEREIRA PAIVA Docente - PERMANENTE
FABRICIA VIANA FONSECA Participante Externo
JOAO ANTONIO TADEU PIGATTO Participante Externo
WELLINGTON DA SILVA CORTES Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO - Bolsa Produtividade em Pesquisa 36

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim