Brasil

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ
Engenharia Civil (40004015041P0)
Análise da capacidade resistente de pilares de concreto submetidos à flexo-compressão conforme a ABNT NBR 6118:2014 e outras referências normativas
ADILSON APARECIDO GONCALVES JUNIOR
DISSERTAÇÃO
19/02/2016

A sociedade moderna apresenta critérios de consumo mais exigentes que em outras épocas. Obras duráveis, flexibilidade do projeto arquitetônico e grandes vãos livres fazem parte das necessidades. Nas estruturas de concreto, o desenvolvimento do concreto de alta resistência (CAR) e o refinamento dos métodos de cálculo são práticas fundamentais para que esses requisitos sejam atendidos. Incentivado por este cenário, houve um movimentação recente para atualizar a ABNT NBR 6118:2007, norma que trata dos procedimentos de dimensionamento das estruturas de concreto. A introdução do CAR em seu conteúdo foi a alteração mais significativa que ocorreu. É diante deste contexto que no presente trabalho foi proposto realizar a análise dos critérios da norma brasileira aplicados na determinação da capacidade resistente de pilares de CAR, com seção retangular, submetidos à flexo-compressão. Para isto, foi desenvolvido, com o auxílio do programa MATLAB R2009a, um programa computacional que permite a produção de envoltórias de momentos resistentes com os critérios da norma brasileira e também das normas do Eurocode (Eurocode 2 (2002)) e do ACI (ACI 318 (2014)). A avaliação da norma brasileira foi feita de duas formas básicas. No primeiro caso, compararam-se os resultados produzidos pela ABNT NBR 6118:2014 com os gerados por meio das demais normas em estudo. Numa segunda parte, realizou-se a análise dos resultados produzidos através do diagrama tensão-deformação parábola-retângulo, da ABNT NBR 6118:2014, com os resultados obtidos com a aplicação do diagrama retangular indicado na mesma norma. De forma geral, para a norma brasileira observou-se que a taxa de crescimento da capacidade resistente é mais expressiva no grupo dos concretos convencionais, sendo esta reduzida a uma variação bem menor no grupo do CAR. Comportamento análogo foi obtido quando aplicado o Eurocode 2 (2002). Comparando as duas normas, verificou-se que a norma brasileira apresenta-se de forma mais conservadora do que a do Eurocode para todas as classes de resistência do concreto. Agora, quando considerado o anexo da norma do Reino Unido, o UK National Annex to Eurocode 2 (2002), a NBR passa a apresentar valores resistentes maiores do que os calculados com os critérios desta. Já o comportamento das envoltórias de momentos resistentes do ACI 318 (2014) apresentou-se de forma bem particular, sendo que a taxa de crescimento dos valores de resistência não demonstrou grandes variações do concreto convencional para o CAR. Comparando os resultados com a norma brasileira, verificou-se, de forma geral, que a NBR apresenta-se menos conservadora para as classes de concreto com menor resistência, e mais conservadora para o CAR. Na comparação dos diagramas tensão-deformação da ABNT NBR 6118:2014, verificou-se para todos os casos analisados que os momentos resistentes produzidos pelo diagrama retangular são maiores do que os resultantes do diagrama parábola-retângulo.

pilares de concreto armado;diagrama tensão-deformação;Matlab
Modern society has more demanding consumer criteria than at other times. Durable construction, architectural design flexibility and wide spans are items of the package of needs. In concrete structures, the development of high strength concrete (HSC) and the refinement of calculation methods are fundamental practices so that these requirements be attended. Encouraged by this scenario, there was a recent movement to update the ABNT NBR 6118:2007, Brazilian Standard that deals with the design procedures for concrete structures. The introduction of HSC in its content was the most significant change that has occurred. It's on this scenario that for this present study was proposed the analysis of the Brazilian Standard criteria applied in determining the loading capacity of HSC columns with rectangular section subjected to combined flexural and axial compressive. For this, it was developed, with the helping of MATLAB R2009a program, a computational program which allows the production of envelopes of bending resistance according with the criteria of the Brazilian Standard and also to the rules of the Eurocode (Eurocode 2 (2002)) and ACI (ACI 318 (2014)). The evaluation of the Brazilian standard was done in two basic ways. In the first case, the results produced by ABNT NBR 6118:2014 were compared with those produced by the others standards. The second part, it was analyzed the results produced by the stress-strain diagram parable-rectangle of the ABNT NBR 6118: 2014 with the results when it was applied the rectangular diagram of the same standard. In general, for the Brazilian Standard it was observed that the growth rate of the resistant capacity is more significant in the conventional concrete group, this being reduced to a much smaller variation in HSC group. Analogous results were observed when it was applied Eurocode 2 (2002). Comparing the two standards, it was noticed that the Brazilian Standard presents more conservatively than the Eurocode for all concrete strength classes. However, when it was considered the "UK National Annex to Eurocode 2 (2002)", then the NBR presented higher resistance values than those were calculated by this standard. Now, the behavior of envelopes of bending resistance obtained by ACI 318 (2014) was very particular. The growth rate of resistance values didn't show big changes of the conventional concrete for the HSC. Comparing the results with the Brazilian Standard, it was noticed, in general, that the NBR is less conservative for concrete classes with lower resistance and more conservative for HSC. Comparing the two stress-strain diagrams of the ABNT NBR 6118: 2014, it was noticed for all cases analyzed that the bending resistance produced by the stress-strain diagram rectangular are greater than those resulted from stress-strain diagram parable-rectangle.
reinforced concrete columns;Stress-strain diagram;Matlab
1
225
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ

Contexto

ENGENHARIA DE ESTRUTURAS
TECNOLOGIA DOS MATERIAIS ESTRUTURAIS
Avaliação do desempenho da cinza do bagaço de cana-de-açúcar na produção de concretos

Banca Examinadora

ROMEL DIAS VANDERLEI
Sim
Nome Categoria
JOSE SAMUEL GIONGO Participante Externo
RAFAEL ALVES DE SOUZA Docente

Vínculo

Servidor Público
Empresa Pública ou Estatal
Empresas
Sim