Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO
CIÊNCIA ANIMAL (23003014013P2)
ISÓTOPOS ESTÁVEIS DE C E N COMO INDICADORES DA DIETA DA TILÁPIA DO NILO (Oreochromis niloticus) CULTIVADA EM TANQUES-REDE EM RESERVATÓRIO DO SEMIÁRIDO BRASILEIRO
CYNTIA RAFAELA FERREIRA DE MORAES
DISSERTAÇÃO
25/02/2016

A presente pesquisa investigou a contribuição relativa dos alimentos naturais e dietas comerciais assimilados na nutrição de tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) cultivada em tanques-rede no Reservatório de Santa Cruz-Apodi/RN. Todas as coletas das dietas e indivíduos foram realizadas entre agosto e novembro de 2013, nos tanques-rede do reservatório. Os indivíduos durante todo o cultivo, além de assimilar o alimento natural, foram alimentados com ração comercial de 40 e 32% de proteína bruta durante três fases de cultivo. Para as amostragens de isótopos foram retiradas amostras da musculatura dorsal de 15 indivíduos capturados, e recolhidas 15 amostras de ração, perifíton e seston (filtragem da água local). Todas as amostras foram secas em estufa com temperatura entre 55-60 °C por um período variando entre 36-72 horas, e moídas em almofariz manual e pistilo até formar um pó fino. Foram realizadas raspagens do material nas amostras de filtros. As amostras em pó foram armazenadas em cápsulas de estanho para realização da análise de isótopos estáveis de 13C e 15N para as amostras de tecidos e dietas, que foram realizadas pelo laboratório UC Davis Stable Isotope Facility, Universidade da Califórnia – EUA. Em campo foi realizado o monitoramento das variáveis limnológicas com o uso de um multisensor. No laboratório de Limnologia e Qualidade de Água – LIMNOAQUA, foram realizadas análises da água de cultivo, com o intuito de caracterizar as condições abióticas dos tanques-rede. Os resultados das razões de isótopos de C e N para as dietas e peixes e das taxas de contribuições das dietas foram analisados utilizando o software R, versão 3.2.2. Para os dados de isótopos estáveis de C e N, para as amostras que apresentaram distribuição normal e variância homogênea foi aplicada uma ANOVA one-way e teste a posteriori de Tukey. Nos casos em que os pressupostos da ANOVA não foram satisfeitos foi aplicado o teste não-paramétrico de Kruskal-Wallis e teste pareado de wilcoxon. Os valores das razões isotópicas foram analisados individualmente por período. Em relação aos valores das taxas de contribuição das dietas, foram analisadas em conjunto para cada período. Foi utilizado o Modelo de Mistura Mixsiar para determinar a contribuição relativa das dietas. As variáveis limnológicas não apresentaram variações no período estudado, apenas ocorreram variações para as concentrações fósforo total na fase final de cultivo e clorofila-a em todo o período estudado. As amostras de ração apresentaram diferenças significativas em sua composição isotópica de 13C, e para os valores de 15N nas amostras teciduais de peixes entre os períodos I e II, ocorrendo taxas discriminantes distintas na relação tecido-dieta para ambos os elementos isotópicos de C e N em todas as dietas. Os resíduos de ração ofertada contribuíram para a elevada disponibilidade das dietas naturais, especialmente para a dieta com base no seston. A dieta de perifíton (26,6 %) apresentou contribuições reduzidas em relação as dietas de seston (39,2 %), e ração (34,3 %) para os peixes cultivados em Santa Cruz. Neste contexto, pode-se concluir que a dieta natural – seston e perifíton - (65,8%) contribuiu no crescimento da tilápia do Nilo cultivada em tanques-rede, alterando o paradigma de que apenas a ração fornecida é assimilada pelos peixes, contribuindo de forma quase que exclusiva no crescimento desta espécie

Reservatório. Tanques-rede. Tilápia do Nilo. Dietas. Isótopos estáveis
This study investigated the relative contribution of natural food and commercial diets assimilated into the Nile tilapia nutrition (nilloticus niloticus) cultured in cages in the reservoir of Santa Cruz-Apodi / RN. All samples of diets and individuals were held between August and November 2013 in the reservoir cages. Individuals throughout the cultivation, as well as take in the natural food, were feed a control 40 and 32% crude protein for three stages of cultivation. For sampling isotopes dorsal muscle samples were taken from 15 individuals captured, collected food samples 15, periphyton and seston (local water filtration). All samples were dried in an oven at a temperature between 55-60 °C for a period ranging from 36-72 hours, and ground in a mortar and pestle manual to a fine powder. were performed sweeps on material samples filters. The powder samples were stored in tin capsules for conducting the analysis of stable isotopes 15N and 13C for tissue samples and diets which were performed at UC Davis Stable Isotope Laboratory Facility, University of California - USA. The field was monitored the limnological variables with the use of a multisensor. In laboratory Limnologia and Water Quality - LIMNOAQUA, analyzes were performed of growing water, in order to characterize the conditions of abiotic cages. The results of the ratios of C and N isotopes for diets and diets of fish and the contribution rates were analyzed using the R software, version 3.2.2. For data of stable isotopes of carbon and nitrogen, for samples with normal distribution and homogeneous variance was applied one-way ANOVA and Tukey test a posteriori. Where the ANOVA assumptions were not satisfied we used the nonparametric Kruskal-Wallis test and paired Wilcoxon. The values of the isotopic ratios were analyzed individually by period. Regarding the values of the contribution rates of the diets were analyzed together for each period. It was used Mixsiar Mixture Model to determine the relative contribution of diets. Limnological variables did not vary during the study period, only variations were observed for total phosphorus concentrations in the final cultivation stage and chlorophyll-a in the entire study period. Samples of feed showed significant differences in isotopic composition of 13C, and the values of 15N in tissue samples from fish between periods I and II, occurring distinct discriminating rates in diet-tissue interface for both isotopic elements of C and N in all diets. The waste feed supplied contributed to the high availability of natural foods, especially for diet based on seston.The periphyton diet (26.6%) had reduced contribution compared the diets of seston (39.2%) and fish feed (34.3%) for fish reared in Santa Cruz. In this context, it can be concluded that natural diet - seston and periphyton - (65.8%) contributed to the growth of Nile tilapia cultured in cages, changing the paradigm that only provided food is assimilated by the fish, contributing so almost exclusively on the growth of this species.
Reservoir. Net cages. Nile tilapia. Diets. Stable isotopes
1
81
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

SANIDADE E PRODUÇÃO ANIMAL
-
-

Banca Examinadora

GUSTAVO HENRIQUE GONZAGA DA SILVA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
RONALDO ANGELINI Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Não